skip to Main Content
18 de fevereiro de 2020 | 10:58 pm

SEGUNDO WAGNER, DILMA TAMBÉM É "VERDE"

Tempo de leitura: < 1 minuto

(foto Manu Dias)

No encontro que teve ontem em Brasília com a candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, o governador reeleito da Bahia, Jaques Wagner, declarou que vê a petista com grande identificação com a pauta da sustentabilidade e do desenvolvimento com respeito ao meio ambiente.
Dirigindo-se à candidata, Wagner afirmou: “acho que você é tão verde quanto era nos tempos de ministra”. Para o governador, não haverá transferência automática dos votos de Marina Silva. “Esse é um voto mais consolidado, voto de opinião”, avaliou.
Wagner acredita que Dilma tem mais identidade com as causas defendidas por Marina. Ele opinou que no segundo turno a campanha enfatize o embate entre os projetos políticos, em vez de um confronto de personalidades.
O governador também estabeleceu uma meta: se no primeiro turno Dilma teve 63% dos votos na Bahia, ele pretende lutar para que o número no segundo turno chegue a 75%.

OS CANDIDATOS DO PT EM CANAVIEIRAS

Tempo de leitura: < 1 minuto

O PT de Canavieiras se dividiu nestas eleições, com uma parte apoiando Geraldo Simões e a outra lutando à caça de votos para o ex-deputado e ex-presidente estadual do partido, Josias Gomes. Acabaram os dois eleitos e, no município, separados por apenas 89 votos.
Geraldo somou 1.244 votos em Canes. Josias, 1.155.
Valeu muito para Josias o empenho do presidente da executiva local do PT, Edvaldo Pombal, que trabalhou para reverter um quadro de desgaste na imagem de seu candidato. Deu certo.

OAB-ITABUNA DESPERTA PARA O CAOS NA SAÚDE

Tempo de leitura: < 1 minuto

A OAB-Itabuna enviou ofício ao governo estadual cobrando informações sobre os repasses feitos ao Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães (Hblem) pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesab).
A entidade observa desequilíbrio entre o que é repassado para o hospital de Itabuna (R$ 1,5 milhão/mês) e os valores destinados mensalmente ao Hospital Geral Luiz Viana Filho (média de R$ 3 milhões).
A OAB-Itabuna também deverá questionar o prefeito Capitão Azevedo (DEM), pois o Hblem é de responsabilidade do município, mas a prefeitura há muito tempo vem dando sucessivos calotes no hospital.
O prefeito até rebaixou o valor que deveria ser repassado mensalmente pelo município, de R$ 300 mil para R$ 200 mil. O presidente da OAB-Itabuna, Andirlei Nascimento, vai cobrar o capitão…

FIREFOX AMEAÇA O LÍDER INTERNET EXPLORER

Tempo de leitura: < 1 minuto

Quem usa os navegadores Internet Explorer, da Microsoft, o Firefox, da Mozilla, ou o Chrome, do Google, sabe a diferença e qual o melhor entre eles. Os pimentistas preferem o Firefox. De vez em quando, o Chrome. Internet Explorer? “Nem a pau, juvenal”.
Pois vem agora a StatCounter, especialista em análise de mercado, com uma notícia inimaginável há seis, cinco anos: o Internet Explorer, o browser (navegador) da Microsoft teve participação de 49,87% em setembro. Na cola, o Firefox, que é gratuito, atingiu 31,5 do mercado de navegadores. Já o Chrome, também gratuito, ficou com 11,54%.
Em 2008, por exemplo, cerca de 66% do mercado era do Explorer. A StatCounter, no entanto, aponta que o Chrome vem crescendo em velocidade maior que o segundo colocado, Firefox.

12 MIL VOTOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Edson obteve pouco mais de 12 mil votos.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) publicou a votação dos candidatos considerados “fichas sujas” que tiveram negados os seus respectivos registros de candidatura em todo o Brasil.
De acordo com o tribunal, o médico e ex-presidente da Câmara de Vereadores de Itabuna, Edson Dantas (PSB), obteve 12.237 votos na corrida por uma vaga na Câmara Federal. Antes de ser julgado “ficha suja”, Edson previa ter algo como 40 mil votos.
O médico caiu na “malha” da Justiça Eleitoral ao ter contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) relativas ao período de 2007 e 2008, quando presidiu a Câmara de Vereadores.

PERDA LAMENTADA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Ontem, jornalistas e políticos conversavam na redação do Pimenta sobre as derrotas sofridas por nomes respeitados aqui e alhures. Entre eles, o deputado baiano João Almeida, líder do PSDB na Câmara Federal.
Os 80.180 votos foram insuficientes para a reeleição do tucano.
O PSDB baiano elegeu Antônio Imbassahy (112.630 votos) e Jutahy Magalhães (110.268).

AZEVEDO EM BAIXA

Tempo de leitura: 2 minutos

Azevedo: temporada ruim.

É certo que as pesquisas locais detectavam uma rápida deterioração da popularidade do prefeito Capitão Azevedo (DEM), mas estas eleições mostraram que o mandatário itabunense tem baixa capacidade de transferência de votos para os seus candidatos.
O prefeito “elegeu” como seus tanto Roberto Britto como Luiz Argôlo, ambos do PP e candidatos à Câmara Federal. Os dois saíram “magrinhos” das urnas em Itabuna. Argôlo com 4.289 (4,49% dos votos válidos) e Britto com 1.823 votos (1,91%).
Pior, ele deu zignal em Augusto Castro, do PSDB, que acabou eleito deputado estadual, e apoiou o também tucano Solon Pinheiro, que sonhava com uma vaga à Assembleia Legislativa. Castro teve 8.019 votos em Itabuna, ante 2.345 de Solon, este derrotado.
Pior ainda: nem bem confirmada a sua eleição a deputado estadual, Coronel Santana (PTN) mandou avisar ao ocupantes temporários do Centro Administrativo Firmino Alves que em 2012 disputará a prefeitura de Itabuna. Santana, apesar de ser apontado como santo protetor de Azevedo desde os tempos da Ciretran, foi preterido neste pleito de 2010. Resultado: saiu daqui com 13.143 votos. Pra ele, melhor assim.
E, para temperar essa salada indigesta, mais uma: Azevedo não colocou a cara na campanha de nenhum candidato ao governo, apesar de “fazer sabão” com Paulo Souto, Jaques Wagner e Geddel Vieira Lima. Liberou seus secretários para as campanhas de Geddel e Souto. E deixou Wagner – o eleito – chupando dedo.
As urnas de Itabuna também deixaram em maus lençóis os ex-prefeitos Fernando Gomes e Geraldo Simões. Fernando apoiou os candidatos a deputado Renato Costa (estadual) e Lúcio Vieira Lima (federal). Renato foi derrotado na sua pretensão de retorno à Assembleia Legislativa. Obteve aqui pouco mais de 7,6 mil votos. FG deu a Lúcio só 1.218 votos em Itabuna.
Geraldo Simões teve depositado no seu cesto itabunense apenas 23.639 votos, ante 35 mil em 2006. Por isso, sua votação em todo o estado também foi mais baixa do que há quatro anos. Ele diz que a queda tem a ver com as críticas da imprensa ao seu mandato e à informação de que não mais concorreria à reeleição…

RADARES ESCONDIDOS EM ILHÉUS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Pode-se até questionar a coerência da lei, mas o fato é que ela determina a instalação de placas indicativas onde existem radares para controlar a velocidade dos veículos. Os motoristas apressadinhos, logicamente, agradecem a previsão legal que os impede de ser pegos desavisados.
Em Ilhéus, porém, há pelo menos três “pardais” (apelido do equipamento), instalados nas avenidas Itabuna e Lomanto Júnior, além da via principal do bairro Savóia, a que dá acesso às praias da zona norte. Mas nenhuma informação sobre a presença dos mesmos.
Nesses pontos, o limite de velocidade é de 50 quilômetros por hora, embora haja motoristas que passem “voando”. Estes já estão recebendo em suas casas uma belíssima multa, decorada com a foto do veículo envolvido na infração.
A grande maioria, no entanto, certamente irá recorrer da penalidade, alegando exatamente a falha da Prefeitura em não colocar placas informando a presença dos radares. É, como se diz no mundo forense, causa ganha.

DECEPÇÃO ELEITORAL GERA DEMISSÃO MUNICIPAL

Tempo de leitura: < 1 minuto

A coisa tá feia em Itapé, onde o prefeito Jackson Rezende, do PP, testou seu cacife eleitoral e acabou vendo os candidatos por ele apoiados para a Câmara dos Deputados e Assembleia Legislativa terem votações aquém do esperado no município.
Para aumentar o desespero do prefeito, os candidatos que tiveram o apoio de Humberto Matos e Pedro Jackson Brandão, seus adversários, foram melhor aquinhoados pelas urnas.
Segundo informações, a decepção de Rezende vai se materializar na demissão de funcionários de confiança, aos quais o prefeito acha que faltou empenho na campanha.
Alterado às 12h55min.

HORA DE TRABALHAR!

Tempo de leitura: < 1 minuto

Os moradores do condomínio Águas de Olivença já não sabem a quem apelar. Desde a semana passada convivem com o odor insuportável exalado dos restos mortais de uma baleia jubarte encalhada na praia de uma das regiões mais visitadas de Ilhéus.
Homens da prefeitura foram até o local, fizeram uma “cova rasa” e empurraram o corpo da baleia, deixando boa parte descoberta. Fedentina horrível, segundo descreve quem passa por lá.
Teremos um feriadão pela frente neste final de semana e imaginemos o espanto de turistas (já que o município tá nem aí para os moradores do condomínio)…

Back To Top