skip to Main Content
27 de fevereiro de 2020 | 05:14 am

UM ABORTO A CADA 33 SEGUNDOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Tema que se tornou recorrente nesta campanha pela sucessão presidencial, o aborto mata uma mulher a cada dois dias no Brasil, de acordo com dados do Sistema Único de Saúde (SUS). Matéria publicada na edição deste domingo do jornal O Globo, destaca ainda que uma gravidez é interrompida a cada 33 segundos no país.
A abordagem do assunto nos programas eleitorais é vista como equivocada pela pesquisadora Paula Viana, do grupo Curumim. Segundo ela, “o debate não deveria tratar de quem é contra e quem é a favor, mas de como é possível resolver um problema de saúde pública”.
A pesquisadora observa ainda que “mulheres de todas as classes sociais, idades, escolaridades e religiões abortam” e que “muitas acabam no serviço público de saúde, onde são negligenciadas, julgadas e condenadas”.
Segundo estimativas de médicos, para cada caso de aborto que chega ao hospital, outros quatro ocorrem às escondidas, de maneira clandestina. Não é à toa que, em 2009, 183,6 mil  mulheres que fizeram aborto sofreram complicações.

Esta publicação possui 13 comentários
  1. No último congresso nacional do PT foi aprovada a questão da descriminalização do aborto. A questão não é oportuna? Não deve ser debatida? O que aconteceu com os deputados do PT que foram contra o aborto? Abortar é se livrar de um pedaço de carne ou eliminar uma vida em gestação?O nascituro porque não tem nome deixa de ser uma vítima? Não é uma questão apenas religiosa é tambémuma questão ética. Não devemos legalizar assassinatos e utilizar o SUS para essa carnificina.

  2. Pois é, os políticos são tolídos e forçados a suprimirem o tema nos seus programas de governo. A candidata Dilma, que teve esta coragem, esta sendo massacrada e acusada de incentivar o aborto assistido. O problema e da hipocrisia das religiões e os seus segmentos anacrônicos, que por visões equivocadas, induzem os seus fíes os sofismas. O aborto corre paralelo nos quatros cantos do País,praticado nos fundos das clínicas clandestinas ou quando não com comprimidos de cytotec e afins comprados nas farmácias das esquinas , todos sabemos.É preciso ter força e ser destemida quanto ao tema, que deverá sim, fazer parte do programa de governo, assim, respeitar o direito da mulher-mãe de tomar a decisão, principalmente nos casos de gravidez por estrupo ou má formação genética dp feto.

  3. O problema é que os candidatos estão querendo ficar de bem com a Igreja e com o povão, cuja maioria é contra o aborto (só não sabem porque têm tal opinião), …!!!
    No entanto, esse pessoal se esquece que muita gente sem a mínima consciência, principalmente adolescentes, estão tendo relações sexuais sem camisinha, sem poder assumir socialmente um filho, mas biologicamente, infelizmente, são capazes de gerar uma vida, …!!!
    Além de casos totalmente descabidos de continuação de uma gravidez, tais como: Resultado de aborto e/ou abuso sexual contra mulheres, casos de deficiente mental que engravida sem ter noção do que fizeram com ela, e por aí vai, …!!!
    O que acontece, na realidade, é o seguinte: Como não podem fazer o procedimento legalmente, dentro das normas de segurança, aí muitas mulheres – ou mesmo adolescentes – procuram “açougueiros”, em clínicas clandestinas, e se sujeitam a mutilar seus corpos e/ou morrer de hemorragia e/ou infecção, além de matar a criança que está sendo gerada, pagando fortunas por isso, …!!!
    Quando bastaria apenas a sociedade deixar de hipocrisia, mas discutir, deliberar e votar normas de conduta, de postura, como em qualquer país considerado civilizado. Evidentemente, esse não é o nosso caso, …!!!
    Nem sempre o que é biologicamente possível é viável socialmente, pois envolve várias questões, dentre elas, questões de educação, maturidade, financeira, dentre outras, …!!!
    O problema maior é que tanto a Igreja católica quanto alguns segmentos de evangélicos são totalmente retrógrados, …, nunca revisam seus princípios, …!!!
    Como a única coisa permanente no Universo é a mudança e apenas os idiotas não mudam, …, o nosso povo, cuja maioria é analfabeto e/ou pouco educado, despreparado, termina sendo a favor de certas coisas, mas sem ter a menor noção do que está defendendo, pois sequer têm argumentos bem fundamentados para tal, …!!!
    O que se ouvo por aí é: Defendo porque a Igreja disse, porque o Pastor falou, mas opinião própria mesmo, …, nada, …!!!
    Como são os votos desse pessoal que os candidatos querem, aí é uma hipocrisia só nas entrevists e nos programas eleitorais, …!!!
    É praticamente obrigatório pensar tal qual um idiota, um tapado, …!!!
    Triste povo brasileiro, …!!!

  4. Exatamente. A discussão é mais ampla. O tema deve ser tratado como uma questão de saúde pública. Não dar para ficar camuflando um assunto que todos sabemos ser público e notório. Brasileiras abortam na surdina e o que deve ter, é uma política voltada justamente para esta questão(nenhum governo pode fechar os olhos). Há casos que devem ser cuidadosamente estudados.

  5. O velho fundamentalismo religioso da época da Inquisição e do regime dos aiatolás querendo se instalar aqui nessa campanha, buscando se apartar da ciência, como de ela negasse a Deus ( quando nega na verdade e o controle tacanho de certos lideres religiosos que so vêem esse meio de controlar os fieis ). Não que a religião dos outros seja ruim, inclusive a minha também se intrometei de forma equivocada no assunto, apenas acredito que tem que se usar de razoabilidade nesses casos.

  6. INDEPENDETE DE QUEM É CONTRA OU A FAVOR, FORA O ABORTO ESPONTANEO, QUEM COMETE ABORTO É CRIMINOSA OU CRIMINOSO QUEM AJUDA A TAL PRATICA. “SENHOR MISTER PT”(PIMENTA NA “MOQUECA”) PARA DE PUXAR A SARDINHA PARA O LADO DE DILMA E PENSE QUE UMA VIDA NÃO PODE SER CEIFADA POR UMA IRRESPONSABILIDADE DE MUITAS MULHERES QUE PRATICAM SEXO SEM SE PREOCUPAR SE VAI GERAR UMA VIDA OU ATÉ MESMO ARISCAR CONTRAIR UMA DOENÇA CONTAGIOSA. ANTES DE ABORTAR, É PRECISO CONSCIENCIA E NIGUÉM É INOCENTE NO QUE TANGE A INFORMAÇÃO, ATÉ AS INFAMES NOVELAS DA EMISSORA GLOBO INFORMAM A RESPITO DE PREVENÇÃO MESMO SUPERFICIALMENTE, AS ESCOLAS TEM ABORDADO O TEMA, MAS O SER HUMANO É TEIMOSO E TEM QUE SER PENALIZADO PELO ATO ILEGAL DO ABORTO

  7. Sou contra o aborto (a não ser nos casos já liberados pela lei). Sou contra, não por questões religiosas, mas por entender que essa prática não deve ser usada de forma frequente e excessiva (se for descriminalizado é o que provavelmente acontecerá) como método anticoncepcional.
    Penso que deve ser permitido no país a educação sexual, atingindo tanto as escolas como a veiculação de propagandas educativas nos principais veículos de comunicação, propagandas fortes que mostrem o que realmente acontece, tanto com mulheres quanto com homens, quando se faz sexo sem qualquer tipo de proteção. Propagandas que exijam responsabilidade por parte das pessoas, palestras gratuitas que ensinem o uso correto dos diferentes métodos contraceptivos.
    Propagandas que trabalhem a cabeça de muitos homens hipócritas que não querem utilizar a camisinha e depois ameaçam e obrigam a mulher a fazer aborto.
    Prevenir é melhor do que remediar, por isso uma educação intensiva e agressiva é melhor do que descriminalizar o aborto.
    Aborto NÃO É método contraceptivo!!!!

  8. Pura hiprocisia aqui nesses comentários
    O PT não é a favor do ABORTO, não fazemos nenhuma apologia ao ABORTO, a nossa politica não é legalizar o aborto, mas sim descriminalizar quem o cometeu.
    Mais de 10.000 mulheres morrem por ano no Brasil, por terem cometido aborto. Essas mulheres na sua maioria sao jovens, negras e de classe baixa, enquanto essas cometem o aborto, em casa ou em clinicas clandestinas sem a menor condição, as jovens brancas de classe alta cometem o aborto em clinicas especializadas e “autorizadas” pelo poder público e pela sociedade.
    Deus deu a todos uma coisa: O livre arbitrio, e isso está sendo ceifado das mulheres, elas não podem decidir o que fazer com o seu proprio corpo
    E por ultimo o fato de que o governante tem que ter politicas para salvar toda a população, e tb politicas que evitem que o mal maior aconteça, para isso temos que ter medicos preparados para receber na rede publica uma jovem que cometeu aborto, bem como medicos preparados para convesar com uma jovem que quer fazer um aborto, psicologos, terapeutas e assistente social e por ultimo medicos na rede publica que estejam preparados para realzar o melhor procedimento caso essa jovem ainda mantenha a vontade de interromper a gestação.

  9. Cad caso é um caso!Nao compete a igreja julgar o que é certo ou errado dentro da pratica médica!Vamos deixar de lado a politicagem e a hipocrisia, quwe o assunto é muito sétrio e tem que ser julgado b4em criteriosamente. Nao é Serra quer quis da uma de medico no governo de FHC e nem da D. Vilma que é muito mais pratica e objetiva que o Serra , tem que meter o bedelho nesse assunto! Aliaz ésse nao é assunto para discursao plítica nem de uma lado e nem de outro! porque nao passam a discutir a EDUCAÇAO, SAUDE E SEGURANÇA que atualmente ésta sendo o maior preocupaçao dos brasileiros??????

  10. Ao menos a Dilma tem uma opinião formada sobre o assunto, enquanto o Serra vai se aproveitando da onda de boatos e se quer tem alguma posição. Agora que veio mudar o discurso, igualmente como mudou o relacionamento com o PV e Marina.
    Então é o pior de todos, pois é oportunista ao extremo e com coisa séria.
    Hoje tem debate na Band e o enfrentamento será evidente. Tomara que a Dilma seja mais firme e responda a altura de receber o meu voto em 30 de outubro. 😀

  11. As vítimas de estupro e violência sexual deveriam ter auotorização da justiça para o aborto. O que mais impera nas igrejas católicas e evangélicas, que criaram esta celeuma contra Dilma com intuito de prejudicar sua campanha, é a hipocrisia, o rabo preso. Conheço duas crentes(evangélicas) que abortaram de pastores casados(maridos alheios) e uma morreu. Vão pra igreja fazer o que?Só pode ser falta de assunto. Deveriam se perguntarem ou pesquisarem se esse SUS criado por Serra, que ela fala tanto na saúde, se funciona? A saúde está caótica porque o SUS dele não tem estrutura nenhuma para tal.Dilma Neles!!!!!

  12. SOU CONTRA E SEREI ETERNAMENTE CONTRA O ABORTO,O QUE SERÁ DESSE PAÍS COM A LEGALIZAÇÃO DO ABORTO,UM BANDO DE SAFADAS QUE FAZEM SEXO SEM A MENOR RESPONSABILIDADE O ABORTO SENDO CRIME ,IMAGINE SE FOR LEGALIZADO,ISSO AQUI VAI VIRAR UMA CARNIFICINA(A NÃO SER EM CASOS QUE JÁ SÃO LEGALIZADOS),SEREI ETERNAMENTE CONTRA.NA MINHA OPINIÃO,O QUE DEVE SER FEITO SÃO CAMPANHAS SOBRE OS MÉTODOS ANTICONCEPCIONAIS,QUE NÃO SÃO POUCOS.MAS LEGALIZAÇÃO DO ABORTO,NUNCA!!!!

  13. E os hipócritas querem fingir que isso não acontece, e os “legumes” que ficam na frente da TV, e que têm um terreno baldio no lugar do cérebro, acreditam que o aborto é coisa do diabo. Sinceramente.
    Enquanto a maior parte dessa massa for idiotizada diariamente pela televisão e quejandos, viveremos nestas trevas. Se o PSDB voltar a governar este país iremos retroceder como só em 1964 aconteceu.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top