skip to Main Content
18 de fevereiro de 2020 | 09:32 pm

RELIGIOSOS DIVULGAM MANIFESTO EM APOIO A DILMA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Encabeçado por sete bispos, entre eles dom Thomas Balduíno, bispo emérito de Goiás Velho (GO) e presidente honorário da Comissão Pastoral da Terra (CPT), e d. Pedro Casaldáliga, bispo emérito de São Felix do Araguaia (MT), foi divulgado hoje um manifesto de “cristãos e cristãs evangélicos e católicos em favor da vida e da vida em abundância”, que contava no início da tarde com mais de 300 adesões de religiosos e fiéis.
O texto será entregue a Dilma Rousseff (PT) na segunda-feira, no Rio, na mesma cerimônia em que a candidata à Presidência receberá apoio de intelectuais e artistas.
Os adeptos rechaçam que “se use da fé para condenar alguma candidatura” e dizem que fazem a declaração de voto “como cristãos, ligando nossa fé à vida concreta, a partir de uma análise social e política da realidade e não apenas por motivos religiosos ou doutrinais”.
No manifesto, eles deixam claro que “para o projeto de um Brasil justo e igualitário, a eleição de Dilma para presidente da República representará um passo maior do que a eventualidade de uma vitória do Serra (José Serra, presidenciável pelo PSDB)”.
O documento recebeu o apoio dos bispos Demétrio Valentini (Jales, SP); Luiz Eccel (Caçador, SC); Antônio Possamai, bispo emérito de Rondônia; Xavier Gilles e Sebastião Lima Duarte, bispo emérito e bispo diocesano de Viana (MA). Também apoiam Dilma dezenas de padres e religiosos católicos como Frei Betto, pastores evangélicos, o monge da Comunidade Zen Budista (SP) Joshin, o teólogo Leonardo Boff, o antropólogo Otávio Velho e a professora da Universidade de São Paulo (USP) Maria Victoria Benevides.
Leia mais

HERDEIRO EXPLICA PROTESTO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Guilherme Castro Silva, herdeiro do comerciante Gilson Serafim da Silva, entrou em contato com o Pimenta, com o intuito de explicar a manifestação realizada hoje no centro de Ilhéus. Conforme o blog divulgou mais cedo, faixas foram colocadas em frente a um prédio na Rua Dom Pedro II, em protesto contra a demora na conclusão de um inventário.
Silva informou que o processo tramita na 1ª Vara de Família, Sucessões, Órfãos e Interditos, onde a última audiência ocorreu em 26 de dezembro de 2008. “Temos três advogados e todos os meses entramos com alguma petição (na tentativa de fazer o processo andar)”, disse.
O comerciante Gilson Serafim deixou sete herdeiros (entre eles há menores) e – segundo Guilherme Silva – não existe disputa entre eles. “Também não há pressa de vender o prédio, embora já tenhamos recebido ofertas em valor superior a R$ 1 milhão”, declarou.

O protesto chamou atenção no centro de Ilhéus

CAOS NA PREFEITURA DE BUERAREMA

Tempo de leitura: 2 minutos

O médico Mardes Monteiro assumiu a Prefeitura de Buerarema no último dia 21 de setembro, em cumprimento a um mandado da justiça eleitoral. Mas a comemoração pela vitória não pode durar muito porque a situação na administração do município é de caos total.
De acordo com o responsável pela contabilidade do governo, Rubens Rodrigues, o descalabro é tão grande que a gestão não tem sequer um histórico contábil. Há pendências junto à Receita Federal e INSS, como a não informação da GFIP e ausência de recolhimento do Pasep, além de dívidas volumosas com a Embasa e a Coelba.
Durante os 13 meses que passou à frente da administração, o ex-prefeito Eudes Bomfim não pagou as contas de água e a dívida acumulada supera os R$ 400 mil. Já o débito referente a contas de energia elétrica deixadas em aberto é de R$ 60 mil e ainda há uma dívida de R$ 412 mil com a Oi, mas essa é herança do governo Orlando Filho.
O prefeito recém-empossado ainda acusa a equipe anterior de dar destino incerto a bens do patrimônio municipal. Computadores, veículos e até geladeiras teriam desaparecido e Monteiro já disse que solicitará da justiça a expedição de um mandato de busca e apreensão.
O estado caótico não será resolvido a curto prazo, conforme salienta Rubens Rodrigues. Nos próximos meses, o governo deverá procurar reorganizar a folha, missão que tem dificuldades além da falta de recursos. “Levaram do RH até as fichas com os cadastros de servidores”, denuncia. Há várias categorias de funcionários com pelo menos dois meses de salários atrasados.
“Até o final do ano, a Prefeitura não terá condições de restabelecer seus trabalhos normais”, afirma Rodrigues. Ele ainda acrescenta que as pendências com INSS e Receita impedem que o município obtenha a CND (Cetidão Negativa de Débitos), o que inviabiliza a formalização de convênios financeiros.

PRESO MOTORISTA QUE CAUSOU ACIDENTE NA BA-001

Tempo de leitura: < 1 minuto

PM Ceará prende motorista que provocou acidente (Foto André Silva/Pimenta).

O motorista Nilton de Jesus Carvalho foi preso pela Polícia Militar a pouco mais de dois quilômetros do local onde ocorreu o acidente que matou o pastor evangélico Ivaldo Oliveira, 57, e Jeferson Marques dos Santos, 32, na rodovia Itacaré-Ilhéus (BA-001).
Nilton de Jesus é apontado como o causador da colisão entre a carreta que dirigia e o Fiat Uno ocupado por Ivaldo e Jeferson. Os dois ficaram presos às ferragens e morreram no local do acidente.
A polícia localizou Nilton há cerca de meia hora, no quilômetro 5 da BA-001, visivelmente embriagado e com arranhões por todo o corpo. Investigações dão conta de que o motorista da carreta virou a noite consumindo bebida alcoólica numa boate de Itacaré.
A colisão ocorreu por volta das 9h30min desta quinta-feira, quando Ivaldo e Jeferson, conhecido como Juquinha, voltavam de Ilhéus para Itacaré. Eles ainda teriam tentado evitar a colisão, mas o Fiat Uno foi colhido praticamente em cima da ciclovia da BA-001.
Há um clima de consternação na paradisíaca Itacaré. Jeferson era querido na cidade, principalmente na comunidade de Taboquinhas. Ivaldo era liderança religiosa no município, além de ocupar a diretoria de Agricultura da Prefeitura de Itacaré. Os corpos estão no Departamento de Polícia Técnica de Itabuna (DPT) e a previsão é de que sejam liberados em uma hora.

FÉLIX JR. DIZ QUE DENÚNCIA DE COMPRA DE VOTOS É ARMAÇÃO

Tempo de leitura: < 1 minuto

O deputado federal eleito Félix Júnior (PDT) considera que não passa de armação a denúncia contra ele publicada na edição de ontem do Correio da Bahia.  A reportagem do diário mostra supostos partidários de Félix comprando votos em Itajuípe, no sul da Bahia (confira aqui).
Sem citar nomes, o empresário e deputado eleito disse que a armação teria sido feita por “pessoas insatisfeitas com a minha eleição e com o fato de termos obtido uma boa aceitação dos eleitores baianos, que nos deram quase 150 mil votos”.
Ainda por meio de sua assessoria, o parlamentar disse que confia na Justiça e afirma que “a verdade vai prevalecer”. Por fim, destaca ter sido o “único” que teve votos em todos os 417 municípios baianos.

"DILMISTAS" VÃO ÀS RUAS EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O PT e partidos aliados definiram uma estratégia para conquistar indecisos e reforçar o apoio à presidenciável Dilma Rousseff. Nesta quinta-feira, 14, os “dilmistas” fazem corpo-a-corpo no bairro Santo Antônio, com concentração na praça Alice Monteiro.
Amanhã, no mesmo horário, a ação será na Mangabinha e saída do Bar do Butão. No sábado, às 9 h, os petistas e coligados farão bandeiraço na avenida do Cinquentenário e na praça Adami. As atividades de rua foram definidas em encontro realizado no comitê da campanha, ontem.

JOSIAS DE OLHO NO PARANAGUÁ

Tempo de leitura: < 1 minuto

Apesar de afirmar que não se trata de uma prioridade como projeto político, o deputado federal eleito Josias Gomes (PT) não descartou disputar a prefeitura de Ilhéus em 2012.
Tido como uma das figuras centrais na definição do apoio do PT a Newton Lima, Josias, no entanto, diz que esta é uma decisão que não pode ser tomada na base do “topo ou não topo” e, sim, fundamentada em projetos para a nova realidade de Ilhéus com a chegada de grandes investimentos, como o Complexo Intermodal Porto Sul, avaliado em R$ 6 bilhões.
Segundo ele, as energias estarão reservadas ao mandato como deputado federal e “porta-voz do sul da Bahia e de Ilhéus”. A possibilidade de disputar a prefeitura foi aventada após Josias sair das urnas, na Terra de Gabriela, com 5.296 votos.

OFENSIVA TUCANA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Os tucanos pretendem fazer um esforço concentrado na região Nordeste para reduzir a diferença que a petista Dilma Rousseff impôs a José Serra no primeiro turno. Somente na Bahia, Serra virá ainda duas vezes até a eleição, visitando as cidades de Salvador e Feira de Santana.
Em outros grandes centros nos quais o candidato não poderá estar, por conta do pouco tempo de campanha, a ordem é marcar presença com outras lideranças do PSDB e do DEM. Itabuna e Ilhéus, por exemplo, serão invadidas pelos serristas no próximo dia 21 de outubro, num verdadeiro “arrastão”.
Quem coordena o movimento é o deputado estadual eleito Augusto Castro.

PSC APOIA DILMA ROUSSEFF

Tempo de leitura: < 1 minuto

Partido com forte influência do segmento evangélico, o PSC – que tem entre seus membros a deputada estadual reeleita Ângela Sousa – orientou seus filiados a fortalecer a campanha de Dilma Rousseff nos estados e contrapor a onda de boatos que vem comprometendo o desempenho da petista neste segundo turno.
Dada a sua presença nas igrejas cristãs, onde a boataria anti-PT se disseminou com grande eficiência, o PSC é visto como uma peça estratégica no contra-ataque aos tucanos.
Na Bahia, além de Ângela Sousa, o partido elegeu mais quatro deputados estaduais e conta com outros dois federais representando o Estado. “Todos nós estamos engajados na campanha de Dilma Rousseff e vamos mobilizar nossas bases para garantir essa vitória”, declara a deputada ilheense.
Ângela frisa que já havia pedido votos para a petista no primeiro turno, “por acreditar que a sequência ao projeto político do governo Lula é melhor para o Brasil e a Bahia”.

IBGE: ILHÉUS TERÁ – NO MÁXIMO – 180 MIL HABITANTES

Tempo de leitura: < 1 minuto

Não são boas as perspectivas para as finanças do município de Ilhéus, no futuro. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), o município terá, no máximo, 180 mil moradores ao final do Censo 2010 que está em processo de conclusão.

O contingente populacional é determinante, por exemplo, para definir quanto cada prefeitura recebe do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Há 10 anos, foram contados 219.266 habitantes na Terra de Gabriela.
Com 78% dos domicílios visitados, Ilhéus apresenta soma até aqui 170.056 habitantes, dos quais 82.327 são homens e 87.718, mulheres, segundo o coordenador local do IBGE, Sandoval Manciola, em reunião com representantes da prefeitura de Ilhéus.
Manciola conversou com o chefe de Gabinete da Prefeitura de Ilhéus, José Nazal Pacheco, e informou que falta ao instituto recensear apenas 86 setores no município. Pela sua experiência, reforçou o chefe local do IBGE, o município terá entre 175 mil e 180 mil habitantes.
O município protocolou em abril deste ano, na Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), um pedido de revisão dos limites territoriais. A SEI é uma autarquia ligada à Secretaria Estadual de Planejamento. A medida, conforme José Nazal, visa evitar perdas de terras para municípios como Itabuna, Uruçuca e Una.

Back To Top