skip to Main Content
8 de maio de 2021 | 04:37 am

GOVERNO BAIANO E VERACEL DISPUTAM TERRA NO EXTREMO-SUL

Tempo de leitura: < 1 minuto

Uma fazenda de 1.333 hectares, em Eunápolis, registrada em cartório desde 1997 como de propriedade da empresa Veracel Celulose, é reivindicada pelo governo baiano. A área foi invadida em novembro de 2008 por famílias do Movimento de Luta pela Terra (MLT), 63 das quais continuam ocupando o imóvel.
Segundo reportagem publicada nesta sexta-feira, 15, pelo jornal A Tarde, o MLT solicitou avaliação à Coordenadoria de Desenvolvimento Agrário, órgão ligado à Secretaria da Agricultura do Estado da Bahia. Em outubro de 2009, a CDA expediu um laudo, declarando que a fazenda pertence ao Estado e deve ser destinada a assentamentos de reforma agrária.
A briga foi parar na justiça e uma audiência está marcada para o próximo dia 26. A Veracel promete apresentar documentos, inclusive a cadeia sucessória do imóvel, e provar que a fazenda lhe pertence.  Segundo a empresa do ramo de celulose, 980 hectares da propriedade são utilizados para o plantio de eucalipto, sendo o restante considerado área de proteção ambiental.

Este post tem um comentário

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top