skip to Main Content
4 de abril de 2020 | 09:32 am

ÍNDIO É ASSASSINADO EM PAU BRASIL

Tempo de leitura: < 1 minuto

O índio José de Jesus Silva, de 37 anos, foi morto a tiros na noite de sábado (23), em Pau Brasil, no sul do estado. A família dele informou que José foi baleado quando voltava de uma das fazendas em conflito na região. Ele teria ido levar comida para os índios da tribo Pataxó Hã-hã-hãe que ocupam a fazenda há cerca de 20 dias.
O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Itabuna e ainda não foi liberado. Em entrevista à TV Santa Cruz, Jorge Jesus Silva, irmão de José, disse que homens em um moto teriam atirado contra o índio e que ele foi vítima de uma emboscada. Informações do Correio.

Esta publicação possui 4 comentários
  1. Gostaria em 1º lugar, de parabenizar a este cidadão q teve a coragem de cortar no aço mais um marginal. Olhem meus amigos do pimenta, Buerarema, está precisando de homens destemidos e que usem CUECAS, pois, os fazendeiros desta cidade são todos frouxos, onde já se viu alguns pilantrinhas se passando por índios, e mesmo se fossem índios, não teria problemas, cortava em aço do mesmo jeito. Gostaria de saber o endereço desse homem coragem e, trazer p/ Buerarema e ensinar aos bueraremenses o que é ter coragem. Todos os dias eu oro a DEUS, para que ele devolva o Espírito de Antonio Carlos Magalhães no corpo de outra pessoa, pois, depois que O HOMEM DA BAHIA (ACM) morreu, todas essas prezepadas começaram a acontecer. Se ACM, estivesse vivo, não existiria Babau e nem Baboa. Infelizmente, homens como ACM, LAMPIAO, SADAN HUSSEIN…são únicos, esses deveriam ter sido clonados. Existe uma maneira dos fazendeiros resolverem esta questão já que a Justiça faz vista grossa:
    1 – Os marginais (índios), tiveram a inteligência de criar uma facção e digo de passagem, bem armados de ponto 40 à Metralhadora, para invadir o q não lhes pertencem, sabendo q a Justiça faz vista grossa;
    2 – Os fazendeiros são homens de posses,influência e inteligência, formem um grupo, contratem vários homens de São Paulo e Rio de Janeiro, tragam p/ região, dê todos os canais e, mandem cortar todos no aço, eu disse todos até as crianças, temos que exterminar a raça;
    Pois é, essa é a idéia, se alguém tiver outra melhor que se manifeste, ou vai ficar esperando pela Justiça? A Justiça já se manifestou meus amigos, quando soltou Babau. Tem que enfrentar a realidade, ou defende o que é seu ou…A nossa região sempre foi esquecida pelos políticos, não será agora que eles irão se interessar. Vamos em frente!!!

  2. Violência gera violência!Mas … ja que o Estado é impotente com relaçao aq tudo isso ,a quem devemos procurar?Polícia Federal tem que ficar calada e quieta .O Governador nao concorda, o Presidente tb nao. E que está a favor de tanta balbúrdia , irresponsabilidade,latrocínios,e descomprimento da lei??? Sera que teremos que aguardar tudo isso acontecer de braços cruzados? Afinal de contas temos ou nao direito de termos propiedades rurais

  3. Eu não sou à favor da violência, mas concordo em dá umas sacudidas nesses elementos que passam a vida inteira sem trabalhar esperando que outros façam para êles se beneficiarem;
    Invasão de propriedades já virou moda, mas só aqui no Brasil!
    Ah! e o que tem aparecido de “indios” falsificados não é brincadeira!!!

  4. Macuco, se seu desejo é levar a Buerarema o assassino do “indio”, vai ter que se contentar com o filho do lider da invasão em Pau Brasil/Itajú. O inquerito sobre o assassinato está concluído, mas não sei porque não sai em nenhum jornal. Saiu uma notinha mixa na TV Santacruz.
    Quero aproveitar para indicar ao pessoal do Pimenta apurar esta notícia.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top