skip to Main Content
29 de outubro de 2020 | 07:20 am

ROBINSON ALMEIDA DESCARTA "CONTROLE DA MÍDIA"

Tempo de leitura: < 1 minuto

(Foto Vaner Casaes).

A Folha, edição de hoje, incluiu a Bahia dentre os estados brasileiros que pretendem exercer o controle da mídia. O assessor geral de Comunicação da Bahia, Robinson Almeida, rebate. Segundo ele, o conselho foi criado pela Constituição Estadual de 1989, nada tem a ver com o debate que hoje é travado no Brasil e possui mero caráter consultivo. “Sua missão é melhorar e aperfeiçoar a área de comunicação social no Estado. Tem caráter consultivo, sem ensejar qualquer controle sobre os conteúdos produzidos pela mídia”, esclarece.
Por fim, Robinson ressalta o “caráter democrático” do governo Wagner, defensor da “liberdade de expressão e de imprensa”. Jaques Wagner, aliás, foi dos primeiros a se insurgir contra a crescente crítica, em nível federal, contra os veículos de comunicação e a cobertura das eleições 2010.

Esta publicação possui 2 comentários
  1. HUMMMMMM. “…Moça que pariu sem véu. Filho que bateu no pai. Briga feia de compadre, afilhado que atentou comadre, morreu e não teve paz. Isso tudo é coisa feita nesse mundo. BOLA DE FOGO…É DISCO VOADOR !!!!!!

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top