skip to Main Content
20 de junho de 2021 | 10:05 pm

ÍNDIOS PODEM FECHAR ESTRADAS NO DIA 31

Tempo de leitura: < 1 minuto

Os índios tupinambás que estão promovendo ocupações em fazendas no sul da Bahia – nos municípios de Ilhéus, Una e Buerarema – poderão fechar os acessos rodoviários a estas cidades no próximo dia 31 de outubro, quando acontece o segundo turno das eleições. A ameaça já chegou ao conhecimento da Polícia Federal, que adotará medidas para evitar os bloqueios.
Na manhã desta terça-feira, 26, o presidente da Associação dos Pequenos Produtores Rurais de Ilhéus, Buerarema, Una e Canavieiras, Luiz Henrique Uaquim, falou no programa “Bom Dia Bahia” (Rádio Nacional) sobre o clima de tensão na área reivindicada pelos índios e que um relatório da Funai definiu como historicamente habitada pela etnia tupinambá.
Uaquim confirmou a ocorrência de nove invasões de terras na região neste mês de outubro (nesta segunda-feira, 25, o site Jornal Bahia Online divulgou que o número de ocupações já seria 18). Uma das propriedades ocupadas é um sítio do médico e empresário Eduardo Tarik Fontes, onde os índios mantêm um funcionário em cárcere privado.
“Já levamos as informações à Polícia Federal e as providências serão tomadas”, afirmou Uaquim. O representante dos pequenos produtores também falou sobre o risco de uma explosão de violência na área do conflito. Ele enfatizou que sua associação não se responsabilizará por “ações individuais”.

Esta publicação possui 10 comentários
  1. Meus amigos do Pimenta, não vai demorar para termos aqui na região uma GUERRA CIVIL, pois, as autoridades competentes não tomam uma posição, os fazendeiros tomarão. Você não acha que os fazendeiros estão quietos demais? Pois é, um plano tem que ser bem calculado para não ter erro.

  2. é mta ousadia…
    engraçado q tem indio branco, preto, amarelo…se for assim todos nós somos indios, afinal é a mistura da raça, somos todos descendentes! entao basta se cadastrar na funai!?!
    qr dizer…o fazendeiro estuda anos, trabalha pra comprar sua terra, e vem a tribo p/ invadir se achando no direito?? pq nao vai trabalhar p/ poder comprar?
    essa constituiçao ja está mais do q na hora de ser refeita…tem mta coisa q nao eh justa..

  3. ISSO É BOM PRA MUITOS AGRICULTORES TOMAREM VERGONHA NA CARA, MUITOS APOIAM O PT E GRAÇAS A ESSE PT QUE OS INDIOS ESTÃO DEITANDO E ROLANDO INVADINDO FAZENDAS E OUTRAS COISA A MAIS COMO DROGAS ARMAS E MAIS COISAS E AS AUTORIDADES NADA FAZEM PRA DEFENDER OS POBRE COITADOS DOS AGRICULTORES BASTA GENTE VAMOS DA O TROCO NAS URNAS A NOSSA ARMA É O NOSSO VOTO

  4. Nós sempre apoiamos os menos favorecidos, pois acreditamos que tudo deve ser repartido e solidário. No entanto, algumas pessoas (nazista-político) de má fé, infiltraram nesses movimentos e descambaram para a violência e para o crime. Em pleno século 21, alguns ambientalistas e ONGs de proteção ao índio, não podem ficar gerando idéias e argumentos para infligir às leis e invadir propriedades e terras produtivas, causando vandalismo e prejuízos às pessoas inocentes. Outro fator de destaque é que, não se pode vencer alguma discussão e reivindicação na bala, na foice ou na força, têm que haver limite e muito bom senso. A FUNAI necessita rever sua posição e estratégia nas questões indígenas, fazendo uma avaliação rigorosa sobre quem é índio ou quem é aproveitador (pseudo-clone) dessa etnia. Os governos estadual e principalmente o federal, tem que agir rápido nessa questão, antes que haja uma mal ainda maior.

  5. DE: POLÍTICOS DO SUL DA BAHIA:
    Nesta segunda-feira o prefeito de Buerarema, Mardes Monteiro (PT), recebeu uma intimação para prestar depoimento sobre o processo envolvendo uma sessão da câmara de vereadores do município.
    .
    O oficial de justiça estava desde quinta-feira tentando entregar a intimação ao prefeito, mas apenas nesta segunda-feira conseguiu obter êxito.
    .
    A decisão deste processo será crucial para a continuação ou não de Mardes na prefeitura de Buerarema.

  6. Fico indignado e assustado pelos acontecimentos envolvendo índios e fazendeiros em nossa região. O que era para ser uma convivência pacífica e harmoniosa, tem se transformado em um barril de pólvora. É tudo que muita gente infiltrada e maléfica deseja ver acontecendo. O Brasil tem mais de 500 anos, somos todos iguais perante as leis, nascemos de uma mesma terra e formamos um só povo, a nação brasileira. O governo federal precisa intervir URGENTEMENTE nesse conflito, ante que vire uma matança sem precedentes. Sempre apoiei as causas indígenas, mais tem gente usando essa gente para se beneficiar financeiramente e politicamente. Vamos buscar a paz e o entendimento, somos todos irmãos e pertencemos ao mesmo país. O Brasil é nosso e é imenso, vamos usufruir de suas riquezas e de suas terras pacificamente. A guerra só é necessária quando a razão não prevalece e a insanidade aflora. Meus queridos irmãos vamos viver com fé e em paz, pois assim, resolveremos nossas indiferenças e anseios.

  7. O que vem ocorrendo dos municípios de Itajú do Colonia, Ilhéus, Pau Brasil ,Buerarema, Una e etc., é reflexo de governos passados e agora o PT leva a culpa, na época do PSDB de Fernando Henrique Cardoso é muito pior, a primeira Dama era indigenista e por isso o apoio era imenso, mas o Supremo Tribunal Federal, Conselho Indigenista e Missionário (ligado a Igreja Católica), a FUNAI e a Justiça Federal tem grande culpa em tudo isso, ou lei nesse país é somente para quem rouba galinha, deixa de pagar pensão alimentícia, sonega imposto ou trafica drogas?
    A lei é para ser cumprida, se todos são iguais perante a lei, pq índio ou brancos ou negros no meio dos índios a lei protege? Qual a diferença entre raças?

  8. O futuro prefeito de Buerarema, Cacique BABAU, mais uma vez teve a ousadia de informar das suas próximas invasões. A 1ª será a do Prefeito de São José da Vitória, o Sr. Jeová Nunes, alegando que, depois da vitória de Dilma, ele (Babau) e os seus SECRETÁRIOS, tomarão posse da Fazenda e comemorar a vitória da madrinha da facção indigena; a 2ª será a do Sr. Ioiô como é conhecido na região do Santana, e o fazendeiro não se absteve, logo, contratou alguns meninos que tem sangue no olho e mãe no inferno, para fazer parte do quadro da fazenda. Parabenizo a atitude do Sr. Ioiô, tomou as suas providências, se os outros fazendeiros diga-se de passagem, frouxos, tomassem a mesma atitude, a situação hoje seria outra.
    Essa assossiação de fazendeiros, não vai a lugar algum, todas as tentativas foram e serão em vão. O governo federal e a polícia federal, jamais farão nada p/ proteger os fazendeiros, tudo isso é uma manobra política, por isso, que insisto em dizer: tem que ser olho por olho e dente por dente; na região do santaninha, camacanzinho, a Cacique de Olivença a Valdelice, credenciou + 7 caciques e, as invasões estão sendo feitas de forma brutal, armas de grosso calibre, espancamentos, etc.
    Agora, eles (caciques) estão brigando e para saber quem tem mais poder. As invasões estão desenfreadas. O que eu não sabia era que existia Índio, negro,barbudo, branco dos olhos azul, loiro, etc. Imagine se a Dilma vencer as eleições! Ficará estampado em todas manchetes de jornais: GUERRA CIVIL NO SUL DA BAHIA, tenha a certeza que isso irá acontecer, não fiquem pensando que todos os fazendeiros são frouxos, existem uns 10 fazendeiros que estão só esperando o momento certo, serão poucos, pois, só rolará os cabeças. Feito isso, acaba essa putaria. Até o dia 31/10/10 muitas coisas irão acontecer, aguardem!

  9. aTÉ QUANDO VAMOS VER PESSOAS MORREREM NAS FILAS DOS HOSPITAIS HOJE SÃO PESSOAS Q NÃO CONHECEMOS AMANHÃ PODE SER UM DE NÓS PADECENDO EM UMA DESSAS FILAS SERÁ Q É ESSE FUTURO Q QUEREMOS PARA NOSSOS IDOSOS PARA NOSSOS FILHOS BUERAREMA Una, São josé da vitoria SOFRE NÃO SÓ COM O DESEMPREGO MAS TAMBÉM HOJE SOFRE COM INVAsões de terras de indios ,de sem terras e ela diz q vai dá continuidade, isso quer dizer que parece que estamos no paraiso pobre esta sofrendo sim o Brasil precisa melhoirar e sem terras e indios só estão esperando ela ganhar pra invadir tudo .REFLITAM E TOMEM A DECISÃO CERTA NO DIA 31 DE OUTUBRO

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top