skip to Main Content
28 de maio de 2020 | 04:05 am

O BURGOS E O FORMIGLI

Tempo de leitura: < 1 minuto

O título da nota poderia ser “o Burro e a Formiga”, com o primeiro personagem representando, naturalmente, a estupidez, e o segundo, a fragilidade, a incapacidade de vencer uma força que se impõe a tudo no governo do prefeito de Itabuna, Capitão Azevedo.
A história tem a ver com a sucessão de calotes que resultaram no fechamento do Restaurante do Povo. Segundo o site Cia da Notícia, há tempos o secretário da Ação Social, José Formigli Rebouças, vinha reclamando ao secretário da Fazenda, Carlos Burgos, dos atrasos de pagamento. E este, como de praxe, fazendo ouvidos de mercador.
A situação de desabastecimento chegou a tal ponto, que a coordenação do Restaurante passou a utilizar o “pinga-pinga” de R$ 2,00 deixado pelos clientes para comprar alimentos em Sacolões. Era uma compra irregular, pois esse dinheiro deveria ser depositado em uma conta do município, mas foi o jeito para dar uma sobrevida ao estabelecimento.
Não deu mais. A burrice, como tem frequentemente ocorrido neste governo, venceu.

Esta publicação possui 8 comentários
  1. Esse governo leva tudo: NÃO DEPOSITA O INSS(ISSO PQ É DESCONTADO), DÁ CALOTE AOS FORNECEDORES, ATRASA O SALÁRIO DOS SERVIDORES, NUNCA DEPOSITOU O FGTS (ENROLOU APENAS COM UM TAL DE PARCELAMENTO FINGIDO), ATRASA O VALE TRANSPORTE (TAMBÉM DESCONTA NO SALÁRIO DO SERVIDOR)… Enfim, vai ser pior do que isso mais adiante, Azevedo.

  2. Quem mais deu votos a Azedo foi o povão, principalmente os necessitados e os com poucos recursos que tem no Bandejão do Restaurante do Povo uma saída para seu sustento e a luta do dia-a-dia, mais o IM-Prefeito não vê e só deixar a família Burgos de boa, ou seja, mamando nas tetas da vaca… o mais irônico… o leite sai do pobre. Triste presente de uma cidade centenária!!!

  3. Ô pimenta
    Esse secretário de Assistência Social Formiga já está na hora de se aposentar. Ele caiu de para-quedas nessa gestão porque ele foi indicação da mulher de Azevedo. Ela faz faculdade na UNIME e ele é professor dela lá…

  4. É 25! Tão reclamando do que? Tudo isso que está acontecendo em Itabuna era perfeitamente previsível. O que se pode esperar de um governo que é camandado por um MAFIOSO um sargentinho e um capitãozinho MARIONETE? Eu já sabia, pena que uma cidade tenha que passar por isso… Vereadores corruptos, que se vendem e permitem o caos. Onde está o paladino da comunicação Ricardo Bacelar? No passado criticava o mal feito dos governantes e hoje mora no bolso do prefeito. E assim como ele, são quase todos os vereadores. Portanto, na próxima eleição vote com sabedoria…

  5. PQP – de todas as mazelas do atual governo essa foi a mais escandalosa e esdrúxula que aconteceu.Meu Deus que governo é esse … nem se quer sabe administrar um simples Restaurante Popular!!! Como é que pode??? Estou estarrecido… Sem falar que esse atual governo fez festa para reinauguração quando fez uma “reforma” no mesmo,há bem pouco tempo atrás, sem contar também que é o Restaurante Popular que cobra mais caro(2,00) pelo alimento no Brasil e uma qualidade de comida que deixa a desejar e longe.
    Essa foi demais… Toma vergonha Prefeito…

  6. Galera a oposição hoje é Roberto de Sousa cade os outros?
    O Cralos Burros falou que não vai pagar os salarios dos fiscais,
    horas extras dos funcionarios estão obrigando tirar em foga e não vai pagar as enfermeiras vcs acham que vai pagar fornecedores.
    Voces tem que ver o carrão de Carlos Serra Pelada, o de Mauricio Sabido Ataide.

  7. A definição estupidez é pouco para o Prefeito de fato (Burgos), incompetência também, enquanto isso o incompetente Prefeito de Direito (Azevedo), onde ele está que não toma as providências necessárias ao assunto? O Restaurante Popular é uma ação que vem beneficiando diretamente empregados, desempregados e pessoas de baixa renda (pobre) que se utilizam do restaurante popular para matar a fome diária, mas enquanto isso o Prefeito deixa quebrar. Onde anda o promotor Clodoaldo? Agora que é o momento dele apurar, mas se preocupou tanto com as festa da cidade que certamente se esqueceu do principal objetivo da promotoria (Improbidade administrativa é o ato ilegal ou contrário aos princípios básicos da Administração, cometido por agente público, durante o exercício de função) pelo que parece é justamente isso que o Secretário da Fazenda de Itabuna tá cometendo. A Câmara de Vereadores, o Ministério Público Federal, Justiça Eleitoral ONDE ANDA esse povo? O restaurante foi implantado em parceria com o MDS, cadê esses representantes da Justiça estadual, federal e do povo.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top