skip to Main Content
5 de abril de 2020 | 04:40 pm

POLÍCIA RETÉM BANDEIRA NA HORA DO VOTO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Eleitores cadastrados em seções dos colégios Estadual, Amélia Amado e Lourdes Veloso estão sendo proibidos pela Polícia Militar de votar com bandeiras de seus respectivos candidatos. As seções ficam na 27ª Zona Eleitoral, no bairro São Caetano.
O Pimenta testemunhou várias pessoas sendo impedidas de votar com a bandeira, mas os policiais dizem que não estão autorizados a falar sobre de onde partiu a ordem.
A legislação eleitoral (Lei 9.504/97) permite que o cidadão vote com a bandeira do seu candidato ou partido, mas de forma “silenciosa e individual”, sem aglomerações. Essa manifestação pode ocorrer com o uso de “bandeiras, broches e adesivos”, conforme o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Esta publicação possui 3 comentários
  1. ELEITORES BADERNEIROS ISSO SIM. NAO INTERESSA DE QUAL PARTIDO SEJA, A ORDEM TEM QUE SER MANTIDA E A POLÍCIA ESTAVA LÁ PARA ISSO. SOU ELEITOR DO COLÉGIO ESTADUAL E VI A CENA.
    ELES NAO ENTRAM E VOTAM, FICAM PELOS ARREDORES FAZENDO ARRUAÇA, BARULHO, TUMULTUANDO A ELEIÇÃO.
    A POLÍCIA MILITAR TEM QUE SER FIRME MESMO, SENÃO VIRA BAGUNÇA. DEVIA FAZER O MESMO EM OUTROS COLÉGIOS ELEITORAIS.
    CHEGA DA BADERNA.

  2. Gostaria que os blogueiros fizessem constar o meu protesto contra o esquema da polícia militar nos 2 turnos da votação 2010, onde os policiais fizeram um isolamento na Avenida Presidente Kennedy em frente aos Colégios Eraldo Tinoco, Estadual e Amélia Amado, causando assim um enorme caos para os eleitores da própria cidade de Itabuna e eleitores que votam em cidades circunvizinhas, os quais nessecitavam trafegar pela referida avenida. Absurdo! Falta de organização! Incompetência!

  3. A nossa briosa PM, que mal sabe os dispositivos do Código Militar, agora quer legislar sobre matéria eleitoral, criando novo dispositivo.
    Talvez estivessem a mando do Capitão de Areia.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top