skip to Main Content
9 de julho de 2020 | 01:44 pm

"É UMA ELEIÇÃO OFICIOSA, NÃO OFICIAL"

Tempo de leitura: < 1 minuto

O líder do governo na Câmara de Vereadores de Itabuna, Milton Gramacho (PRTB) contesta a eleição da chapa encabeçada pelo colega Ruy Machado (PRP) para a presidência da Mesa Diretora.
Gramacho sustenta que o questionamento apresentado pelo vereador Roberto de Souza sobre a formação da chapa e a “desconvocação” (viva Odorico Paraguassu!) da sessão desta terça-feira, 30, pelo presidente Clóvis Loiola, invalidam a eleição.
Confira no player abaixo:

"FECHARAM A CASA, COMO SE AQUI FOSSE UMA BODEGA"

Tempo de leitura: < 1 minuto

Machado (o menorzinho, fazendo o "V" da vitória) e os vereadores que o apoiaram (foto Fábio Roberto)

Em entrevista concedida ao PIMENTA, logo após a eleição da nova Mesa Diretora da Câmara de Itabuna, da qual será presidente, o vereador Ruy Machado (PRP) assegurou que não permitirá dependência do legislativo diante do executivo. Ele também criticou o atual presidente, Clóvis Loiola, que desmarcou a sessão programada para eleger a Mesa e mandou trancar o plenário nesta terça-feira, 30.
“Eles fecharam a casa como se aqui fosse uma bodega”, afirmou Machado, em seu estilo característico. O vereador também declarou que mantém bom relacionamento com o colega Roberto de Souza (PR), que foi alijado da chapa eleita hoje.
Clique no player abaixo para ouvir o bate-papo.

COMPRA, AZEVEDO!

Tempo de leitura: < 1 minuto

Buracos nunca mais. Compre, prefeito José Nilton Azevedo, esta engenhoca tabajara que resolverá um dos mais tristes problemas da cidade.

A leitora “Luiza Cereja” enviou a sugestão. Resta saber se o avô de Pietro ou o Pascoal “Preda”, sumidades na área de engenharia, vão aprovar. A sugestão tá dada, “Zevedim”.

TSE LIBERA GERALDO SIMÕES

Tempo de leitura: < 1 minuto

Acabou a agonia para o deputado federal reeleit0 Geraldo Simões (PT-BA). O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) acaba de liberar o registro de candidatura do parlamentar. O tribunal analisava um recurso do PMDB do ex-ministro Geddel Vieira Lima que tentava incluir o deputado entre os fichas-sujas e, assim, impedir a sua posse.
A defesa de Geraldo insistiu na tese de que os fatos que levaram à reprovação de contas como prefeito de Itabuna, por parte do Tribunal de Contas da União (TCU) não caracterizavam dolo, mas erro técnico. Geraldo Simões foi reeleito com 75.977 votos e vai cumprir o seu terceiro mandato como federal.

BAHIA TERÁ R$ 110 MILHÕES PARA NOVOS AEROPORTOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

A construção de novos aeroportos nas cidades de Barreiras e Vitória da Conquista tiveram recursos da ordem de R$ 110 milhões aprovados nesta terça-feira (30), pela Comissão Mista do Orçamento do Congresso. As duas emendas foram articuladas pelos deputados baianos ACM Neto (DEM) e a senadora eleita, Lídice da Mata (PSB).
O repasse será de R$ 60 milhões para o terminal de Barreiras, no oeste baiano, e mais R$ 50 milhões para o de Vitória da Conquista, na região sudoeste.
A obra em Conquista já conta com R$ 40 milhões assegurados através de uma emenda individual do senador ACM Júnior (DEM). O novo repasse ainda deve ser aprovado em plenário na sessão conjunta da Câmara e do Senado. Informações do Bahia Notícias.

CÂMARA APROVA MP QUE INCLUI 10 MIL PRODUTORES NO PAC DO CACAU

Tempo de leitura: 2 minutos

Geraldo: emenda beneficia 10 mil produtores.

A Câmara dos Deputados aprovou, há pouco, a Medida Provisória 500, que permite ao governo federal e empresas públicas comprar e vender ações sem deixar de ser majoritário. Na prática, foi uma MP para validar a capitalização de R$ 120 bilhões da Petrobras. A medida teve como relator o deputado federal Geraldo Simões, que incluiu emenda beneficiando diretamente 10 mil produtores de cacau.
A MP, acredita Geraldo, fará deslanchar o PAC do Cacau. “Antes, não havia legislação que amparasse as negociações no caso de produtores de outros programas de financiamento da lavoura. Faltava o arcabouço jurídico”, diz. A aprovação da medida provisória foi confirmada há pouco pelo deputado, em contato com o PIMENTA. “Antes, não havia prazo nem tabela de desconto para estes produtores”, assinala, numa referência à Emenda 472, de autoria do senador César Borges.
Com a emenda, que ainda precisa ser aprovada pelo Senado, o prazo de renegociação da dívida (que havia encerrado em dezembro do ano passado) vai até 30 de junho de 2011. Os produtores agora incluídos com a MP 500, assinala Geraldo, terão oito anos de carência e prazo de 20 anos para quitar a dívida da renegociação.
Geraldo Simões comemora a aprovação. “O mais difícil eram os recursos e a vontade do governo em conceder desconto. Isso já temos”. O PAC do Cacau foi lançado em maio de 2008 pelo presidente Lula, na praça Dom Eduardo, em Ilhéus. Até agora, pouco mais de dois mil produtores tiveram acesso a parte dos R$ 2,52 bilhões do Programa.

PROCURADOR VOLTA À BLOGOSFERA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O procurador federal Israel Nunes não aguentou a abstinência do “bom vício”. Hoje, anunciou o seu retorno à blogosfera. “O site volta com a mesma cara e princípios motivadores, de espaço democrático e de transparência dos negócios públicos”.
Ele promete manter a divulgação de dados, matérias e informações sobre as finanças públicas. Israel gerou muita polêmica ao denunciar desmandos na gestão ilheense e flagar “malfeitos” de secretários, como o titular da Fazenda, Jorge Bahia.

SOLLA PROMETE SOLUÇÃO PARA O HOSPITAL DE COARACI

Tempo de leitura: < 1 minuto

Notícias vindas de Coaraci dão conta de uma rearrumação que permitirá sobrevida ao Hospital de Coaraci. O secretário de Saúde do Estado, Jorge Solla, se comprometeu a desapropriar o imóvel onde encontra-se instalado o hospital, garantindo a continuidade das operações da unidade de saúde.
Na semana passada, o hospital foi a leilão e acabou arrematado por R$ 390 mil, o que seria insuficiente até para quitar as pendências trabalhistas da Santa Casa de Misericórdia de Coaraci.  Espera-se que Solla cumpra, efetivamente, a promessa. A história é confirmada por membros da prefeitura local. Alívia para a gestora Josefina Castro (PT).

COZINHA DO HBLEM ESTÁ PARA FECHAR

Tempo de leitura: < 1 minuto

Com problemas na canalização de gás e deterioração de diversos equipamentos, a cozinha do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, em Itabuna, pode fechar as portas. A produção já foi reduzida a 50% e as refeições deixaram de ser oferecidas aos funcionários, o que gera protestos do Sindicato dos Servidores Municipais de Itabuna (Sindserv).
De acordo com o Sindserv, como foram proibidos de almoçar no hospital, os funcionários têm que fazer suas refeições em casa e a consequência imediata foi a redução da jornada de trabalho para seis horas diárias. Representantes da entidade afirmam que essa situação compromete ainda mais o funcionamento do hospital.
O mais preocupante é que esse sucateamento está atingindo outros setores do hospital, como já ocorreu com a lavanderia, que chegou ao ponto de ser desativada. Hoje, o serviço – que antes era realizado no próprio Hblem – passou a ser prestado por uma empresa de Ilhéus, ao custo mensal de R$ 20 mil.

MACHADO FALA COMO PRESIDENTE

Tempo de leitura: < 1 minuto

O vereador Ruy Machado (PRP) foi eleito há pouco para a presidência da Câmara de Vereadores de Itabuna no biênio 2011-2012. Sua chapa teve oito votos (veja na nota abaixo quem estava na sessão).
Cinco vereadores tentaram boicotar a sessão: o presidente Clóvis Loiola, Solon Pinheiro, Raimundo Pólvora, Milton Gramacho  e Roberto de Souza. Gramacho encabeçaria uma chapa que conta com o apoio do prefeito José Nilton Azevedo.
Loiola convocou a sessão especial para a votação da nova mesa e, depois, expediu uma nota pública “desconvocando” a sessão. A nota foi desconsiderada pelo bloco encabeçado por Machado.
O futuro presidente (caso a chapa sobreviva às investidas que certamente virão) afirmou que lutará por um legislativo independente. Logo mais, o PIMENTA publica trechos em áudio da entrevista feita pelo repórter Fábio Roberto com o vereador Ruy Machado.

Back To Top