skip to Main Content
20 de setembro de 2020 | 03:18 pm

PREFEITO DE ARATACA NA “DEGOLA”

Tempo de leitura: < 1 minuto

A Câmara de Vereadores de Arataca acatou denúncia feita por empresários contra o prefeito Agenor Birschner, criando uma comissão processante cujo objetivo é pedir a cassação do gestor, informa o Diário Bahia.
O prefeito é acusado de emissão de notas fiscais frias e superfaturamento. Em dois anos, teria sido movimentado R$1 milhão nesse esquema de notas irregulares. “Nós temos provas de um mês”, informa o presidente da Câmara, Maurício Souza.
Ele explica que a comissão, composta pelos vereadores Gilmário Carvalho (presidente), Maria Soleide (relatora) e Walmir Oliveira, tem um prazo de 90 dias para trabalhar. Nesse período, o prefeito terá chance de defesa e, ao final, caso sejam mesmo comprovadas as irregularidades, será pedida a cassação.

Esta publicação possui 6 comentários
  1. SOU FUNCIONARIO(A) DA EDUCAÇÃO DE ARATACA E JA TENHO DOIS MESES COM SALARIO ATRASADO,POIS O PREFEITO INCHOU MAQUINA E A RECEITA FOI PARA O “BELELÉU”.
    COM PRECONCEITO ELE PAGA AOS CONTRATADOS DA CIDADE E DEPOIS DE 15 OU 20 DIAS DE ATRASO NOS PAGA .

  2. A situação no municipio de Arataca tá uma vergonha. Professores concursados sao obrigados a ficar com salarios atrasados com a desculpa torpe de que nao tem dinheiro para pagar. Mas eu pergunto: será que as contas doemsticas dele também e´stão atrasadas?

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top