skip to Main Content
9 de julho de 2020 | 08:39 pm

O VÍRUS DA POLITICAGEM

Tempo de leitura: 2 minutos

Ricardo Ribeiro | ricardoribeiro@pimentanamuqueca.com.br
É impressionante como a política – no caso, mais especificamente, a má-política – influencia de maneira decisiva na vida de cada um de nós, em todos os setores. Pensem em qualquer mazela, problema social e na frieira do menino da periferia… Tudo tem a ver com a conduta dos escolhidos para representar a população nas instâncias que decidem.
O programa NBlogs, da TV Cabrália, está provando a tese. Na primeira edição, em que este blogueiro teve a honra de ser um dos debatedores, representando o Pimenta, o tema foi a corrupção na Câmara de Vereadores de Itabuna. E  a segunda edição do programa, a mais recente, tentou variar, discutindo o risco de uma epidemia de dengue em Ilhéus. Resultado: os blogueiros presentes acabaram desembocando no grande rio de águas sujas da politicagem. Não teve jeito.
Assim como a roubalheira no legislativo itabunense, práticas escusas e a política mesquinha de quem se elege pensando apenas em se dar bem corroem a gestão da saúde em Ilhéus. O blogueiro Emílio Gusmão, por exemplo, repetiu a denúncia de que 19 agentes de combate a endemias indicados pelo vereador Jailson Nascimento (PMN) sabotavam o trabalho de controle da dengue. As faltas injustificadas de alguns desses maus-elementos chegavam a absurdas 300 horas.
Quanto dinheiro de nossos impostos não vem sendo usado para pagar meliantes que não têm espírito de serviço nem amor ao próximo? Desrespeitam quem lhes paga o salário e veem a administração pública como cenário de armações, no que são estimulados pelas generosas brechas da impunidade.
Se amanhã o NBlogs resolver discutir o sucateamento no Hospital de Base, dará no mesmo. Igualmente, se o tema for a precariedade do Restaurante Popular, a desorganização do trânsito ou a poluição do Rio Cachoeira. Cada um tem suas causas imediatas, mas bem antes delas encontra-se a famigerada corrupção política e moral, a maior desgraça desse País.
Ricardo Ribeiro é um dos blogueiros do Pimenta e também dá uns pitacos no blog Política Etc.

Esta publicação possui 7 comentários
  1. Não diferente da situação de Ilhéus, em Itabuna também faz parte do quadro de agentes da dengue muitos representantes de comunidades perifericas indicados pelo prefeito e por alguns vereadores. O pior da questão é que nenhum desses trabalha verdadeiramente no combate ao mosquito, mas fazendo politica suja nos bairros no intuito de reverter o quadro negativo a que se encontra o prefeito capitão azevedo.
    Quanto as questões de numeros, aqui em Itabuna também simulam informações para enganar os orgãos competentes, basta que procurem os representantes da Funasa que os mesmos podem provar as irregularidades que os agentes de endemais cometem colocando a vida das pessoas em risco de morte.

  2. Perfeita análise! Somente acrescento, que a coisa tende a piorar muito a partir de 2012, essa minha preocupação deve-se ao fato de que a grande maioria dos próximos candidatos a prefeitos em todo país, não mais darão como garantia sua própria vida, sua capacidade de administrar a coisa pública com total responsabilidade, desgraçadamente, o que eles farão será simplesmente garantir ao seu eleitorado sua amizade com o governador Wagner, a presidenta Dilma e porque não o fiador de todos os politicos do PT, me refiro é claro ao atual presidente Lula, basta olhar apenas para o sul e extremo sul da Bahia e quase não escapa uma só administração do PT e dos demais partido da base governista, aqui mesmo pertinho temos o caos em ILHEUS, IBICARAI, BUERAREMA PORTO SEGURO, CABRÁLIA e só “DEUS” sabe mais em quantos municípios.

  3. O TREM-BALA AINDA NEM SAIU DO PAPEL E JÁ É UM ESCÂNDALO DE ESTRATOSFÉRICOS R$ 63,4 BILHÕES!!!
    No Brasil, Faltam estradas asfaltadas e bem sinalizadas, ferrovias para transportar cargas e passageiros, redes de metrô, portos eficientes, aeroportos decentes (e profissionais decentes para operá-los) e por aí vai. O governo do PT, no entanto, encasquetou que o principal investimento em transporte a ser feito pelo país tem de ser uma obra bilionária e de necessidade duvidosa: um trem de alta velocidade que ligará Campinas ao Rio de Janeiro, passando por São Paulo. O custo deixou de ser uma fábula para se tornar uma piada. A estimativa inicial, que era de 19 bilhões, já passou oficialmente para 33,1 bilhões de reais. A licitação para a construção desse portento da engenharia está marcada para o próximo dia 29. Curiosamente, até agora há apenas um grupo interessado no negócio, liderado por estatais da Coréia do Sul. Empresários nacionais e outras companhias estrangeiras não parecem animados a participar. Para evitar o vexame que será produzido se a licitação contar com apenas um participante, o governo tenta convencer alguns empresários, especialmente chineses, a formar ao menos mais um consórcio para entrar na disputa.
    A COISA SÓ TENDE A PIORAR, AQUELE MENSALÃO DE 2005 SERÁ APENAS A PONTINHA DO ICEBERG

  4. Ricardo a “famigerada corrupção política e moral” sempre existiu, porém tomou proporções inimagináveis após o governo Lula, quando ele começou a afirmar que não sabia, não via e não tinha conhecimento dos fatos de corrupção que aconteciam bem debaixo dos seus olhos. Daí e mediante à sua “enorme” popularidade, a população passou a achar normal, ou seja, a não se indignar mais com as mazelas da corrupção. Tudo caiu no lugar comum, na banalidade. Hoje roubar e saquear a coisa pública virou ato de extrema sabedoria. Ninguém quer ser taxado de idiota e tudo é normal e aceitável, desde que “eu leve o meu também”. Toda regra tem exceção…Mas é assim que muitos pensam hoje. O que justifica tamanho silêncio do MP, das oposições e da própria população que nada faz e assiste a todo esse mar de lama incólume???? Tá dominado…Tá tudo…

  5. Meu querido Ricardo, eu nos meus 20 anos de profissão cheguei a uma conclusão, que aliás ja é sabido por todos que tem o poder. O maior cancer em nosso pais é uma justiça que não funciona a contento da população e em diversos casos, com as suas virgulas, pontos… cada juiz e promotor dá o seu entendimento. Veja os casos da quantidade de prefeitos que ja foram afastados pela justiça e por ela propria os retornam, as vezes em tempo recorde, sem ao menos deixa-los fora ate que se tenha o merito julgado, isso evidentemente é um dos fatos que nos deixa muito distante do tão sonhado 1º mundo, onde nesses paises, as bases fundamentais para isso são exemplos para o resto do mundo: EDUCAÇÃO, JUSTIÇA E SEGURANÇA. Temos muito o que caminhar e aprender ja que temos uma democracia ainda muito nova, e esses fatos devem ser discutidos, sobre tudo ser levado ao conhecimento dos nossos leitores, ouvintes, telespectadores de maneira imparcial, colocando eles para pensarem e decidirem o que querem atraves da forma mais democratica possivel – O VOTO

  6. Quando houver mais espaço para se falar sobre cultura e arte, certamente não teremos na imprensa esse inçosso caldeirão de notícias políticas que se perdem no tempo. Sempre mais do mesmo. Há na região ótimos blogues sobre o tema, como é o caso do Diversos afins, do Fabrício Brandão, o Kartei, do professor Piligra, o Sopa de Poesia, do Gustavo Felicíssimo, Operária das ruínas, da Daniela Galdino, e alguns outros. É só buscar que encontra. Tem também o glorioso Universo paralelo aqui do Pimenta…

  7. Há um vírus solto pelo ar deste Brasil,
    Uma doença se espalhando como a morte;
    Vício selvagem que dá medo e calafrio,
    Deixando o povo renegado a louca sorte…
    Vírus nefasto com semblante negro e frio,
    Verme que arrasta o pobre povo contra o forte,
    Pólvora cinza conservada em um barril,
    Vício maldito que nos rouba todo o norte…
    Esta doença a muita gente contagia,
    Virose imunda da mais alta traquinagem,
    Febre que acaba (por prazer) toda alegria,
    Anjo da morte que destrói nossa coragem…
    – Há um vírus solto no ar sereno da Bahia,
    A vil doença da infeliz politicagem!

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top