skip to Main Content
1 de março de 2021 | 12:44 am

ROBIN HOOD ÀS AVESSAS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Editorial do Jornal Bahia Online:
A jovem Letícia Lázaro, a ex-amante do secretário afastado Augusto Macedo, não era apenas servidora do Bolsa Família em Ilhéus. Era beneficiária do programa, destinado pelo governo federal para aqueles que vivem em situação de extrema pobreza, o que não vem a ser, nem de longe, o caso de Letícia. Seria apenas mais um exemplo de descontrole público e de desrespeito aos que mais precisam, não fosse um instigante detalhe. Letícia é estudante. Cursa uma universidade pública – portanto, paga por todos nós -, Ciências Sociais. Estuda todos os dias os aspectos sociais da vida humana e se prepara para atuar e refletir criticamente sobre os problemas da realidade social, sobretudo a brasileira.
Ao que parece, Letícia não tem aprendido a lição. Prefere, na prática, exercer o papel inverso daquele herói mítico inglês que teria vivido no século XIII que, para uns, nada mais era do que um fora-da-lei. E, para outros, um dos maiores heróis da Inglaterra. Robin Hood, roubava dos ricos para dar para os pobres. Era ajudado por seus amigos “João Pequeno” e “Frei Tuck”, entre outros moradores de Sherwood. Trazendo a “realidade” do interiorzinho da Inglaterra, para a não menos provinciana Ilhéus, enriquece-se esta história virada ao avesso adicionando uma pitada quente de uma relação afetiva que, ao seu fim, revelou trocas de acusações e farpas e uma população que já não sabe mais em quem acreditar. E nem o que fazer.
Leia mais

Este post tem um comentário
  1. É por episódios como este, protagonizado por gente safada como esta, que os adversários das políticas sociais do govenro Lula tentam desqualificar o maior programa de transferência de rendas do Planeta. O Bolsa Família é um programa de renda mínima pra quem de fato precisa da ajuda, mas esses canalhas se aproveitam e descaradamente roubam o dinheiro público.
    Sinceramente, eu nunca vi tanta gente safada concentrada em um só lugar como tem aqui na região cacaueira. Às vezes eu penso que alguma espécie de conspiração de forças do mal reuniu essa corja de degenerados e colocou aqui pra usurpar o que é de direito da poupulação.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top