skip to Main Content
9 de abril de 2020 | 04:42 pm

"MINHA CASA, MINHA VIDA"

Tempo de leitura: < 1 minuto

O presidente Lula fará nova visita à Bahia, nesta quarta-feira, 29. Em Salvador, na companhia do governador Jaques Wagner, Lula assinará a autorização da nova etapa do programa Minha Casa, Minha Vida que, somente no Estado, deverá viabilizar a construção de mais 11 mil moradias.
Será o último ato oficial do presidente fora de Brasília, antes do encerramento do seu mandato. A escolha da Bahia se deve ao êxito do Minha Casa, Minha Vida no Estado.

Esta publicação possui 8 comentários
  1. Sucesso de que? É só chegar ali na entrada de Ibicaraí que todos verão, um projeto de 50 casas que nunca terminam, que foi iniciado na gestão de Monalisa, mas foi parado na gestão dela também, pois não queriam que ela entregasse as casas para o então prefeito Lenildo ganhar as eleições! Mais uma jogada de marketing do PT que só vive disso!!!

  2. Indignado? Você realmente é uma indignação da sociedade, fale seu nome seu demo, se declare, ou você é da turma do senhor fernando Cuma? Lula é sucesso sim, só não é sucesso para quem não sabe administrar o dinheiro que os governos estadual e federal manda para esses pefeitos incompetente, inclusive “AZEVEDO”, que já azedou há muito tempo.

  3. MINHA CASA, MEU TESOURO !!! PAGUE TRÊS CASAS… E LEVE UMA !! QUE QUISER, BASTA IR ATÉ UM STAND DE VENDAS DESSAS EMPREITEIRAS, E CALCULAR !! É UM ABSURDO ! COMO UM GOVERNO PODE SER TÃO DESONESTO !!

  4. cada povo tem os políticos que merecem
    “OS FILHOS EMPRESÁRIOS DE LULA”
    Dois dos filhos do presidente Lula, Fábio Luís e Luís Cláudio, abriram em 16 de agosto deste ano duas holdings -sociedades criadas para administrar grupos de empresas-, a LLCS Participações e a LLF Participações. Ao final de oito anos de mandato do pai, Lulinha e Luís Cláudio figuram como sócios em seis empresas. A Folha constatou, porém, que apenas uma delas, a Gamecorp, tem sede própria e corpo de funcionários. Seu faturamento em 2009 foi de R$ 11,8 milhões, e seu capital registrado é de R$ 5,2 milhões. Ela tem como sócia a empresa de telefonia Oi, que controla 35%. As demais cinco empresas não funcionam nos endereços informados pelos filhos de Lula à Junta Comercial de São Paulo. São, por assim dizer, empreendimentos que ainda não saíram do papel.
    E AINDA TEM GENTE ACREDITANDO QUE ESSE PAGAMENTO DAS TAXAS DE ASSINATURAS DO TEL FIXO VAI ACABAR TÃO CEDO, SÃO POR ESSAS E OUTRAS QUE O PT QUER CONTROLAR A MÍDIA, TAL QUAL O Chaves FAZ NA Venezuela, NÃO FOSSE UMA MÍDIA LIVRE JAMAIS O pt EXISTIRIA, AGORA QUE ELES CHEGARAM AO TOPO, QUEREM MUDAR A REGRA DO JOGO, TRISTE BRASIL.

  5. Esse povo despeitado não tem jeito mesmo, fala mal de tudo não vamos dizer que esse projeto esteja funcionando as mil maravilhas, afinal é um projeto piloto e precisa de seus ajustes, mas quando foi que um governo fez um projeto de moradia de abrangência para todas as classes sociais que não tinham moradia? F. Henrique? Collor? Sarney? Bem vou parar ,pois não terei tempo e nem capacidade para nomear todos os governos anteriores.
    Por acaso vc costuma prestar atenção aos dados divulgados pelo IBGE em relaçao ao deficit habitacional no país? vc paga aluguel? Então não critique sem fundamento, apenas por criticar.

  6. Querido leitor ¨indignado¨,
    Você deveria analisar o todo e não alguns políticos que, ao invés de aplicar as verbas certas, roubam e deixam o povo a ver navios!
    Só não enxerga quem não vê!!!
    Abraços

  7. Liga não INDIGNADO, enquanto não venezuelarem de vez o país, ainda nos resta denunciar as maracutaias mais bem preparadas do mundo, a coisa tá tão feia que muita grana tá rolando para a mídia não publicar aquilo que não agrada aos chefões, veja mais uma do “FILHO PRÓDIGO”:
    29/12 – Oi aumenta repasse à empresa do filho de Lula
    A Gamecorp, empresa que tem entre seus sócios um filho do presidente Lula, Fábio Luís Lula da Silva, o Lulinha, continua recebendo investimentos da Oi e atraindo sócios, apesar de ter acumulado prejuízo de R$ 8,7 milhões até 2009 e dívidas que somam mais de R$ 5 milhões. Desde 2007, a Oi, uma concessionária de serviço público que recebeu uma série de incentivos do governo Lula, aumentou em 28% o aporte na empresa, contra inflação acumulada de 11%. As informações são do jornal Folha de S. Paulo. A relação entre a Oi e a empresa de Lulinha é alvo de investigação da Polícia Federal. A Oi fechou 2009 com prejuízo de R$ 436 milhões. Segundo o balanço de 2009, a Oi pagou à Gamecorp R$ 3,6 milhões por “comercialização de serviço”. Dois anos antes, o valor destinado para a mesma rubrica tinha sido de R$ 2,8 milhões.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top