skip to Main Content
6 de julho de 2020 | 05:53 pm

RECUSAS AUMENTAM DESGASTE DE JOÃO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Blog do jornalista Paixão Barbosa:

Caso não fosse evangélico, seria bom o prefeito João Henrique (ainda no PMDB) ir procurar urgentemente alguém que lhe ministrasse um banho de folhas ou lhe desse alguns passes para afastar a energia negativa que enche de nuvens a área da Praça Municipal de Salvador. Ao agir de surpresa e promover uma mudança gigantesca nos quadros do seu secretariado, ele tentou mudar o quadro negativo dos últimos meses e dar uma guinada em direção a ares mais saudáveis para sua imagem e popularidade.

Porém, revelando a improvisação que parece ter cercado todo o pacote, o prefeito recebeu, de imediato, a negativa do nome que havia escolhido para a Secretaria da Fazenda e teve que indicar outro, às pressas. Também teve que fazer ajustes em outras posições antes anunciadas como fechadas. E, nesta quarta-feira, mais dois golpes: a recusa do vereador Téo Sena de ser líder da bancada governista e a renúncia do vereador Alfredo Mangueira ao posto de chefe da Casa Civil da Prefeitura.

Leia mais

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top