skip to Main Content
27 de outubro de 2020 | 08:39 pm

HORA DE AJUDAR

Tempo de leitura: < 1 minuto

Conforme o PIMENTA já noticiou, um grupo de ilheenses está arregimentando esforços em prol das vítimas das chuvas no Rio de Janeiro. As coletas de donativos terá início nesta segunda-feira, 17, no espaço Sabor e Arte, Clube Social.

Além de água mineral, alimentos e roupas, há uma grande necessidade de voluntários para receber e organizar os produtos arrecadados. O grupo já conseguiu uma transportadora para levar os itens até a sede da Cruz Vermelha no Rio.

Os voluntários deverão se apresentar no Clube Social, às 13 horas desta segunda-feira. A entrega de donativos poderá ser feita a partir das 14 horas.

Quem quiser fazer alguma doação em dinheiro deve utilizar a conta-corrente da Cruz Vermelha: Banco do Brasil, agência 0080-9, conta número 76000-5.

Esta publicação possui 0 comentários
  1. Acho essencial, numa hora dessas, a compreensão e a solidariedade de todos diante da tregédia, de tantas vítimas, de tanta dor, …!!!

    Gostaria, no entanto, que fosse demonstrado o mesmo empenho, quando o Nordeste passa até 5 anos – isso mesmo – cinco anos – de seca, onde também morre muita gente, plantas e animais, de fome e de sede, …!!!

  2. BONITO GESTO DE SOLIDARIEDADE DOS ILHEENSES.

    Parabéns para todos vcs que em uma hora tão difício, estendem a mão p/ um irmão.

    Só assim teremos um mundo mais fraternos e igualitário…

    Obrigado Ilhéus-BA !!!

  3. Para que possamos ajudar é importante que saibamos quem está coordenando/conduzindo esta campanha.
    Trata-se de uma ação da Secretaria de Ação Social da Prefeitura, de alguma ONG ou é uma iniciativa pessoal do Sr. Gerson Marques.
    Temos que tomar muito cuidado ao fazermos campanhas deste tipo.
    Podemos e devemos ajudar, mas temos que ter certeza de que as ajudas chegarão ao destino certo.
    Louvamos a iniciativa de Gerson mas temos que ter uma estrutura por trás de uma iniciativa deste tipo.

  4. “GOV. SERGIO CABRAL MANDA PM PRENDER COMERCIANTES GANACIOSOS”

    Se o governador Cabral e a presidente Dilma estivessem fazendo seu trabalho como requer as circunstâncias, duvido que isso estivesse acontecendo, parece até que todos os piores políticos do mundo estão todos no Brasil, há dinheiro e meios de transportes pra tudo, nós somos os maiores esbanjadores de dinheiro público do planeta, mas nessas horas os helicópteros da PM e das forças armadas quase que não servem pra nada, isso é um absurdo, somos a maior potência militar da AMÉRICA LATINA, mas já fazem mais ou menos 10 dias que o inferno se abateu sobre aquele povo, mas pelo que temos notícias nos governantes só sabem falar e falar, se esse fosse realmente um país sério, 10 % de toda logística militar do leste deveria ser tranfereida pra lá desde o 2º dia da catastrofe, mas não, até hoje a imprensa que eles tanto condena já tá lá assim que tudo começou, e o povo continua sem água e sem remédio, as pessoas tão comendo sabe-se lá o quê, sei que muitos acham que estou revoltado atoa, pois bem, quem quizer saber melhor dê um pulinho no Maranhão e alagoas e vejam como aquele povo continua vivendo após tanto tempo de descaso.

  5. ÁGUA E REMÉDIO, PELO AMOR DE “DEUS”! PRESIDENTE DILMA, ESQUEÇA ESSE BENDITO DECRETO DE 3 DIAS E MANDE ÁGUA PRA O POVO DAQUELA REGIÃO, SE FOR POSSÍVEL E NÃO PEDIR MUITO, MANDE TAMBÉM UM POUCO DE COMIDA POIS TEM CRIANÇAS E IDOSOS TOMANDO ÁGUA CONTAMINADA, TALVEZ A PRESIDENTE NÃO SAIBA, MAS HÁ LOCALIDADES EM QUE ESSA IMPRENSA TERRORISTA QUE OS POLÍTICOS E OS FILHOS DO LULA TANTO CRITICA, CHEGOU ASSIM QUE TUDO COMEÇOU E ATÉ HOJE NADA DO TÃO BADALADO AUXÍLIO DO ESTADO, SERIA BOM QUE NUMA HORA DESSA SURGISSEM UNS ILUMINADOS IGUAIS AOS QUE FORAM RÁPIDOS NO CASO DOS PASSAPORTES E TAMBÉM COMO FORAM NAS REFORMAS DOS PALÁCIOS E CASAS DE VERANEIOS DA PRESIDENCIA, ME DESCULPEM SE FUI GROSSEIRO, MAS, ESSA CAMBADA TIRA QUALQUER UM DO SÉRIO.

  6. Acho interessante o movimento solidário em prol daqueles que realmente precisam de nossa ajuda, mas faço uma alerta que não precisamos ir no Rio para constatar as diversas mazelas humanas… Aqui mesmo, seja em Itabuna ou Ilhéus, em bairros periféricos que sofrem com inundações em tempos de chuvas, vemos pessoas precisando da atenção de toda a sociedade civil. Roupas, comida e principalmente amor sempre são bem vindos. pena que muitos acham que só em grandes tragédias, na maioria das vezes evidenciadas pelos aparelhos midiáticas, apenas estas precisam de ajuda.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top