skip to Main Content
21 de janeiro de 2021 | 09:25 am

A SEGUNDA FRUSTRAÇÃO DO “FILHO DO BRASIL”

Tempo de leitura: < 1 minuto

Saiu a lista dos filmes estrangeiros que vão concorrer às cinco indicações ao Oscar 2011. Lula, o filho do Brasil, de Fábio Barreto, obra inspirada na vida do ex-presidente da República, está fora da briga pela estatueta do maior prêmio do cinema mundial. 66 filmes entraram na disputa, nove foram pré-selecionados e, na próxima terça (25) serão anunciados os cinco que concorrerão diretamente ao Oscar na categoria melhor filme estrangeiro. A primeira frustração dos produtores do filme brasileiro foi não ter atingido as expectativas de público no Brasil.

A lista dos nove pré-selecionados:

Biutiful
, de Alejandro Gonzalez Iñarritu, México
Tambien la Lluvia, de Iciar Bollain, Espanha
Hors la Loi, de Rachid Bouchareb, Argélia
Incendies, de Denis Villeneuve, Canadá
Em um Mundo Melhor, de Susanne Bier, Dinamarca
Dogtooth, de Yorgos Lanthimos, Grécia
“Confessions, de Tetsuya Nakashima, Japão
Life, Above All, de Oliver Schmitz, África do Sul
Simple Simon, de Andreas Ohman, Suécia

Confira abaixo uma paródia (conhecida) do filme…

Esta publicação possui 0 comentários
  1. Um filme desse, com história totalmente fora da realidade, alterada para favorecer politicamente o “filho do Brasil”. Sem brilho, filmizinho de meia pataca, somente para guardar na estante de Lula e do PT, era de se esperar. O que acho estranho, é que tinham alguns que ainda acreditavam que um filme desse entraria na listagem do Oscar.

  2. E lá se vai mais um ano de Oscar sem Brasil
    O filme sobre Lula, eliminado, o júri decidiu
    Desde 2002 que desconhecemos essas emoções
    Quando Cidade de Deus emplacou em 4 indicações

    Há algum tempo, os nacionais voltaram à tona
    Jogaram a tal “pornochanchada” de vez na lona
    Nos últimos anos tivemos boas produções sim
    Mas para a Academia, não foram tantas assim

    Houve muita polêmica, aqui, na recente seleção
    Muitos discordaram quando apontou-se a decisão
    Um filme que foi fracasso de crítica e de bilheteria
    Convenceria a turma de Hollywood? Não poderia

    A velha política entrando em cena, intrometida
    Deveria ser figurante, mas vive de ser protagonista
    Culto à personalidade do presidente, quase o Jesus
    Final triste: o cinema brasileiro é que foi para a cruz

    Curioso é como nas novelas somos reis, imbatíveis
    Bons atores, direção, técnica e enredo irresistíveis
    Mas, no cinema, tem faltado feijão com arroz para vencer
    Em 2012 completaremos 10 anos de fora ou faremos por merecer?

    http://noticiaemverso.blogspot.com
    twitter: @noticiaemverso

  3. Pois é cade os 87% de aprovação..pq eles não assistiram o filminho??? nunca assistiria..perder meu tempo com autopromoção..e muita soberba..que é um pecado rídiculo!!!

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top