skip to Main Content
28 de setembro de 2020 | 03:15 am

NÃO DESCEU REDONDO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Após o cortejo de Santo Amaro da Purificação, que acompanha desde os quatro anos de idade, a matriarca da família Veloso, Dona Canô, 103 anos, participou de um brinde. Fez “tin-tin” com copinho descartável e, sedenta, tomou um bom gole da cerveja não muito gelada.

A turma da Confraria do Alto Beco do Fuxico, que bebe sim e faz apologia do “esporte”, atribuiu à elevada temperatura da bebida o fato de Dona Canô ter reprovado a cerva. “Ô coisa ruim!”, afirmou a mãe de Caetano, afastando o copo dos lábios.

Segundo nota do G1, todos  os que estavam em volta caíram na gargalhada. Já o pessoal do Alto Beco, inconformado com o veredicto, pretende convidar a rainha-mãe de Santo Amaro para uma gelosa no “Artigos para Beber” e, se necessário, até se organiza uma procissão antes do fala-pau.

O confrade Walmir Rosário garante que Dona Canô não resistirá a uma segunda apreciação.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top