skip to Main Content
26 de fevereiro de 2020 | 07:47 am

EX-PREFEITO DE AURELINO LEAL É CONDENADO A 19 ANOS DE PRISÃO

Tempo de leitura: < 1 minuto

José Augusto Neto, ex-prefeito de Aurelino Leal, no sul da Bahia, acabou condenado a 19 anos de prisão em júri popular ocorrido nesta quinta (10), no Fórum Ruy Barbosa, em Salvador. Augusto Neto foi condenado por homicídio triplamente qualificado pelo assassinato do então prefeito de Aurelino Leal, Gilberto Andrade, em 5 de maio de 2007 (relembre aqui).

De acordo com as investigações, José Augusto Neto se uniu ao também ex-prefeito Giovane Lopes Gagliano e contrataram pistoleiros para executar o prefeito. Giovane chegou a assumir a prefeitura de Aurelino Leal dias depois da morte de Gilberto Andrade, mas acabou cassado pela Câmara.

O serviço teria sido executado por R$ 20 mil, segundo o presidiário Leonardo Santos Ramos, o Leo, que foi absolvido da acusação no julgamento desta quarta. Giovane Gagliano aguarda o julgamento em liberdade. Dois dos acusados de participar do assassinato, Renato Domiciano, o Corcoran, e Israel Santos Torres estão mortos.

Ainda de acordo com as investigações, Augusto Neto teria encomendado o crime porque Gilberto Andrade se negava a pagar um precatório trabalhista de R$ 420 mil. Gagliano assumiu a prefeitura após a morte de Andrade…

Esta publicação possui 0 comentários

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top