skip to Main Content
10 de maio de 2021 | 01:14 am

REUNIÃO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Em busca de uma saída para a crise na Santa Casa de Misericórdia de Ilhéus, o deputado federal Geraldo Simões (PT) e a estadual Ângela Sousa (PSC), acompanhados pelo provedor da entidade filantrópica, Eusínio Lavigne, reúnem-se nesta quarta-feira, 23, em Brasília, com o ministro da Saúde Alexandre Padilha. A audiência acontece na sede do Ministério e o pedido será a ampliação do aporte de recursos destinados para manutenção do Hospital São José, da Santa Casa.

A instituição passa por grave crise e, recentemente, enfrentou uma paralisação devido ao atraso de salários.

Esta publicação possui 0 comentários
  1. UM DOS GRANDES PROBLEMAS DA SANTA CASA SÃO OS BEZERROS,TERCERIZARÃO GRANDE PARTE DO SERVIÇO COM SEGUNDAS INTENÇÕES .
    E QUANTO A EUSÍNIO UM PÉSSIMO ADMINISTRADOR E ISSO É FATO BASTA PERGUNTAR AOS ALUNOS DA FACUDADE MADRE THAÍS ONDE ELE É DIRETOR GERAL.

  2. É fato q o Hospital São José precisa de incentivo das forças políticas para resgatar sua saúde financeira. Mas, também é fato q algumas pessoas envolvidas com a gestão desses desejados recursos, utilizarão de maneira particularizada, em beneficio próprio, e continuarão frustrando o interesse publico. É uma pena q o nosso país, ainda funcione, como via de regra, dessa forma.

  3. Os bezerros sao os principais e unicos culpados pela situação da Santa Casa. Dizem que sustentam filhos em universidades com mensalidades absurdas e com todas as mordomias as custas do dinheiro do hospital! Gasolina de carros de filhos, irmaos, sobrinhos, cunhados, pastores e amigos da direçao, tudo isso é pago com dinheiro do Hospital. Funcionarios fantasmas na folha de pagamento, salarios absurdos e que nao condizem com as funçoes exercidas, privilegios de horarios, funcionarios d alimpeza do hospital sao pagos duplamente para trabalharem nas casas dos bezerros da direçao………..e tem mais viu…será que os boatos sao verdadeiros?

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top