skip to Main Content
27 de outubro de 2020 | 11:36 pm

ATOR FÁBIO LAGO VISITA ILHÉUS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Nazal entrega "Minha Ilhéus" a Fábio Lago (foto Clodoaldo Ribeiro)

O ator Fábio Lago se encontra em sua cidade natal, Ilhéus, onde pretende conhecer de perto os projetos do Complexo Intermodal Porto Sul e do Terminal da Bamin, e iniciar um projeto relacionado ao meio ambiente na zona norte.

Na visita à Terra da Gabriela, Lago encontrou-se com o fotógrafo, memorialista e chefe de gabinete do governo ilheense, José Nazal, de quem é amigo de longa data.

Nazal aproveitou para presentear o ator com a última edição do livro Minha Ilhéus, que traz informações e fotos históricas da cidade. O artista se emocionou com o presente.

Esta publicação possui 0 comentários
  1. Pimenta:

    Vocês informam que Fabinho está em Ilhéus, onde pretende conhecer de perto os Projetos do Complexo Intermodal Porto Sul e do Terminal da BAMIN. Disto depreende-se que quando ele fez o comercial do Projeto ele o fez sem saber o que estava vendendo, ou melhor dizendo, ele emprestou o seu nome para algo que conhecia apenas superficialmente.
    A noticia diz também que Fabio Lago vai iniciar um projeto relacionado ao meio ambiente, na zona norte.
    Vamos esperar para ver.

    Observador

  2. O blog só esqueceu de informar que o ator é contratado da BAMIM. Fato este de conhecimento público porque o referido ator é o garoto propaganda da empresa. A imprensa de Itabuna e região sempre foi marcada pela vinculação política partidária forte. Sem embargo de considerar a neutralidade impossível o Pimenta surgiu apresentando uma linguagem mais sensata e serena. Mas a campanha a favor do Porto Sul sem considerar os argumentos dos dois lados desmerece este visão, apresentando fatos toscos como as fotos de lixo ao lado dos chamados ambientalistas. Alguém pode ser contra o Porto Sul simplemente porque reconhece que crescimento econômico e desenvolvimento são coisas diversas. Ou que todas as grandes regiões portuárias no Brasil são degradadas, com graves problemas sociais e que, se por um lado o Porto Sul vai gerar emprego e renda, por outro vai atrair pessoas atrás de falsas promessas aumentando a massa de desempregados (ao invés de diminui-la) e os problemas sociais relacionados como o aumento da violência, prostituição infantil, saúde pública etc.. sem levar em consideração sequer o aspecto de defesa do meio ambiente ou da atividade turística.
    Se estes problemas certamente ocorrerão no caso de um porto público imagine no caso da BAMIM, que não aceita o seu terminal em outro lugar unicamente por razões econômicas e que certamente não terá quase nenhuma vinculação com a solução dos problemas sociais como acontece sempre no Brasil.

  3. Já mostrou que não tem compromisso com a região, pois nem sequer conhecia o projeto e participou da propaganda, tudo bem que é o emprego dele, mas daqui a pouco vai querer até sair candidato nas proximas eleições se valendo desse trabalho, ou quem sabe apoiar o irmão que se candidatou nas ultimas eleiões. daqui até 2012 muito salvador da patria vai aparecer.

  4. Tudo isso que o JOSÉ falou já existe, hoje.

    Se o Porto vier ele diz que vai aumentar.

    E se o Porto não vier, vai diminuir? Vai acabar? Vamos viver no paraiso?

  5. Muito me orgulho em ver um filho de Ilhéus cuidando verdadeiramente de sua terra – VOCÊ PODE FALAR FABIO, porém seus colegas desconhecidos dos olhos dessa comunidade não tem conhecimento para isso!
    José – acredito que todos devem defender suas opiniões, como você relata, porém é muito fácil falar e ao mesmo tempo julgar o artista que se propõe a tratar de melhorias para sua terra – como vamos acreditar no que escreve e você é contraditórios em sua informações: comportamento vergonhoso!
    Sobre as fotos do descaso dos ambientalistas com o lixo, foi muito bem denunciado. Cabe sim aos protetores ambientais discutir ações de melhoria – uma vergonha para eles…defendem só o que podem ganhar…kkk.
    Vamos lutar verdadeiramente, vamos apoiar quem se propõe ajudar e esclarecer, como é o caso do Fábio. Deixem a hipocrisia de lado e lutem por Ilhéus, por seus filhos e não por interesse próprio.

  6. Olho vivo, não sou contrário ao Porto Sul. Acho apenas que a área é inadequada e atende apenas o interesse financeiro da BAMIM ( não tenho casa ou familiar com casa na região). O que eu queria ressaltar é que o Porto Sul também não representará um paraíso e a redenção de Ilhéus e da região, como vem sendo propagandeado. Isso é uma mentira, que é escondida pelo governo com apoio da imprensa. Existem fatores negativos graves e que só podem ser minimizados se forem mencionados, trazidos ao ar livre. A questão atual é que a vinda ou não do Porto Sul virou um BA X Vi. Os que são contra escondem os possíveis aspectos positivos. Os que são a favor escamoteiam os aspectos negativos. Como a força econômica junto com o poder político dificilmente são vencidos o porto virá com todas as mazelas que poderiam ser minimizadas. E deste modo, poderá sim representar um agravamento do pessímo quadro de desenvolvimento social. Apenas um exemplo: O impacto na saúde pública de atividades insalubres sequer são mencionadas ou mesmo consideradas nas medidas compensatórias. No fim o Município de Ilhéus vai pagar o pato.

  7. O projeto ambiental vai ser patrocinado pela BAMIN? Se for não adianta o lobo tomar conta dos cordeiros, com todo respeito ao profissional e excelente profissional baiano, isso é uma vergonha.

  8. Os artistas que se posicionaram contra o projeto foram criticados por muitos, o que recebe para ser garoto propaganda e visto como que tem posicão correta…rsrsrs coisas do dinheiro do pó(pó de ferro)

    pedro

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top