skip to Main Content
24 de maio de 2020 | 07:22 pm

SOLLA: GESTÃO PLENA SÓ COM APROVAÇÃO DO CONSELHO DE SAÚDE

Tempo de leitura: 2 minutos

É bom o secretário Geraldo Magela e o prefeito Capitão Azevedo (DEM) tratarem de atender as exigências do Conselho Municipal de Saúde de Itabuna para que a cidade volte a ter a gestão plena.

O secretário estadual de Saúde, Jorge Solla, deixou isso claro. “Passar o comando único para o município começa pela aprovação [da proposta] no Conselho Municipal de Saúde de Itabuna”.

O conselho aponta vários problemas que ainda persistem na rede de atenção básica. Dentre pontos elencados pela instância consultiva e de fiscalização, eis alguns: a prefeitura acumula atraso de até oito meses com laboratórios e clínicas contratados como “extra-teto”, descredenciamento de unidades do Programa Saúde da Família – devido a irregularidades e atenção básica precária, e auditorias do Denasus com recomendações de descredenciamento da atenção básica devido a “irregularidades gravíssimas”.

Maria das Graças: equilíbrio nas discussões.

A presidenta da Conselho Municipal de Saúde, Maria das Graças Souza, conversou com o PIMENTA há pouco. Ela diz que o conselho já sentou várias vezes com a administração para apontar correções necessárias.

Segundo Graça, o município ainda não adotou providências mínimas para que se comece a discutir a volta do comando único do SUS. Desde novembro de 2008, os recursos de média e alta complexidade em saúde são adminstratados pelo governo estadual.

– A saúde de Itabuna não está bem. É preciso primeiro que se organize a casa, organize os serviços para que tenhamos não apenas uma análise técnica, mas também humana. Os usuários estão sendo punidos. O Departamento de Atenção Básica não tem nem mesmo diretor – revela a presidenta.

A organização da Atenção Básica é ponto crucial na discussão sobre o retorno da gestão plena. Graça volta a enfatizar que o prefeito Capitão Azevedo nem mesmo enviou projeto à Câmara revogando a Lei 2.114, de janeiro de 2009, que tirou do secretário de Saúde a gestão do Fundo Municipal de Saúde.

A gerência sobre os recursos do fundo passou às mãos do prefeito e do secretário da Fazenda. A lei municipal, aponta Graça, passando por cima até de duas outras, federais, 8.142/90 e 8.080/90. A presidenta do Conselho também alerta que o retorno da gestão plena não pode ser tratado “como salvador de todo o sistema”. Para ela, o governo precisa definir ações concretas e o secretário tem de visitar as unidades de saúde, ouvir os usuários para conhecer a situação real.

Esta publicação possui 0 comentários
  1. Parabéns Graça!

    Itabuna merece respeito isso mesmo não abra mão tenha sim responsabilidade o que eles não tem, não ceda as propostas e nem pressões deles.

  2. Quem assistiu hoje o programa Alerta Total da TV Cabrlia viu o descaso da Saúde de Itabuna em relação ao que seria o Posto de Saúde do Ribeirão Seco. Então por ai se tira a capacidade desses gestores caras de pau.Se eles não estão msabendo gerir sequer a Baixa Complexidade (Postos de Saude) imaigine Média e Alta Complexidade.
    Me dê uma garapa…

  3. O Conselho de saude nao deve de forma nenhuma ceder a pressões de ordem politica e nem fazer disso situação politica como fez no passado recente quando deixou perder a plena.

  4. Parabéns Graça!
    Estamos juntos e firme nessa jornada, grave todas as reuniões que você realizar com a sua equipe e o município. E leve mais uma sujestão para a equipe do Governo municipal, abrir as contas da saude no portal WEB. Chega de cabide de emprego no HBLEM.

  5. SRA. MARIA DAS GRAÇAS, ESPERO QUE VC MANTENHA-SE FIRME, AGINDO COM SERENIDADE, RESPONSABILIDADE E IMPARCIALIDADE.
    MOSTRE PARA ESTES VAMPIROS DO ERÁRIO PÚBLICO, QUE ITABUNA AINDA EXISTE PESSOAS HONESTA E QUE RESPEITA O SEU SEMELHANTE.
    AZEVEDO E SUA QUADRILHA ESTÁ MAIS PREOCUPADO EM ABOCANHAR MAIS RECURSOS DA SAÚDE, NÃO PARA CUIDAR DA SAÚDE DAS PESSOAS, MAS PARA MANTER OS SEUS CABOS ELEITORAIS COM SALÁRIOS VULTUOSOS, SEM NADA FAZER.
    SE ELES SE MOSTRAM INCOMPETENTES PARA GERIR O BÁSICO, COMO PODEM ADMINISTRAR A ALTA COMPLEXIDADE. ESTADUALIZAÇÃO JÁ.

  6. A sociedade Itabunense deve ficar atenta às manobras da administração (pode chamar de administração) pública para a retomada da gestão plena da saúde.
    Observem que Itabuna perdeu a gestão por conta da má gestão. E esse prefeito não tem condições de admionistrar nada. Nem os seus secretários.
    O conselho de saúde vai passar por uma guerra santa.
    Temos de ter cuidado com o tal GAC. O grupo não representa os desejos dopovo de Itabuna. Membros do GAC estão pendurados na folha, são gafanhotos.
    Júlio Sant´Ana – Ave amélia Amado 560.

  7. É vergonhoso a situação na saúde pública de Itabuna.Sou filho desta terra,mas fico triste com a incompetência gerencial na saúde.

    2012 vem aí,por favor votem certo… ????

    José Roque
    Guarujá-SP

  8. MEU DEUS QUE CONSELHO DE SAÚDE A SER SEGUIDO…

    NOS POUPE GOVERNO DO ESTADO,ALIÁS NÓS MERECEMOS PASSAR POR ESSA VERGONHA…O CONSELHO ATUAL FRANCAMENTE SEM DRAMA É UMA BELA COMÉDIA DE SEGUNTA CATEGOIRIA.

  9. “Endurecer sem perder a ternura jamais” È isso que esperamos do Conselho Municipal de Saude, que tem uma mulher séria, competente e honesta em sua presidencia. Fazer o que tem que ser feito sem alardes, sem prejudicar ainda mais a população pobre e sofrida de Itabuna. O descaso que essa administração municipal faz da nossa saúde é um absurdo e, graça a DEUS, ainda temos pessoas, digo, mulheres digna da nossa confiança como a Presidente Maria das Graças e seus conselheiros que aqui cito uma, a Professora Suzy Meire, uma guereira que faz um trabalho silêncioso e dedicado no GAPA para os portadores de aids, sem se falar em suas palestras nas escolas sem qualquer remuneração, isto sim, é que um trabalho decente e voltado aos mais necessitados. Desse modo, espero que o Conselho Municipal de Saúde e seus conselheiros, encarne a dedicação, a coragem e a confianças dessas duas mulheres e realmente façam prevalecer uma saúde mais justa e mais humana para o povo de itabuna.

  10. Maria das Graças parabéns, não é admissivel que a plena retorne a Itabuna, como é de seu conhecimento variás clínicas e laboratórios estão sofrendo com a falta de repasse pela prefeitura, a verba de OUTUBRO de 2008 até hoje não foi paga e o pior, os serviços prestados desde Agosto de 2010 continuam pendentes. Como eles querem administrar saúde desta forma, onde não respeitam nem as pessoas que o servem, infelizmente quem paga pelo descaso é a população mais necessitada. Esse dinheiro tem que ser melhor fiscalizado e caso um dia a plena retorne (espero que não) que o estado fique de olhos abertos, pois tenho certeza que a saúde em nossa cidade será a pior possivel, ninguém tem interesse em investir em saúde, pois a mesma não dá retorno ao bolso de ninguém, o povo tem que ficar doente, isso é um grande comercio que favorece uma determinada classe que lucra em cima da miséria dos outros…SEJA FIRME MARIA DAS GRAÇAS, POIS A VIDA DE MUITOS DEPENDE DE SUAS ATITUDES E SEUS ATOS, NÃO SE VENDA E DEUS TE ABENÇÕE.

  11. quem fica de fora, é facil criticar, vai pra lá administrar,já entraram dois secretários de saude de itbuna depois de Jesuino e nada melhorou, só piorou, então que só criticam a torto e a direito vai la ajudar o Magela a resolver em vez de só criticarem o professor de história, o conselho de saude tem o mesmo dever dos secretarios, como acompanhar, fiscalizar, orientar, e o que tem feito o conselho, nada, alem de politica partidaria, enquanto isso nao resolver, plena nao vem, saude nao melhora e a briga continua e as denuncias vão continuar para quem tiver bala na agulha.

  12. O CONSELHO DE SAÚDE SÃO REPRESENTANTES DOS USUÁRIOS DO SUS, TRABALHADORES, PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SAÚDE E DA SECRETARIA DE SAÚDE.
    AS AFINIDADES POLÍTICA DE CADA CONSELHEIRO NÃO SÃO DISCUTIDAS NO CONSELHO.

    A GESTÃO PLENA OU O “COMANDO ÚNICO” NADA MAIS É DO O ESTADO PASSAR OS CONTRATOS DOS PRESTADORES E RECURSOS FINANCEIROS PARA A PREFEITURA. MAS, SE ELES NÃO ESTÃO HONRRANDO O COMPROMISSO COM OS PRESTADORES ATUAIS IMAGINE SE A PLENA RETORNAR SERÁ OUTRO GOLPE NA POPULAÇÃO E NO PRESTADOR.

    A GESTÃO PASSADA DEU O GOLPE EM MAIS DE 8 MILHÕES DO DINHEIRO PÚBLICO E NADA FOI FEITO.

    ESTÃO JÁ COM O ESQUEMA MONTADO PARA O NOVO GOLPE.

    O CONSELHO TEM QUE FICAR ALERTA SE LIBERAR A PLENA SERÁ O RESPONSAVEL PELO NOVO GOLPE DO DINHEIRO DA POPULAÇÃO.

    ACOORDA ITABUNA. MAGELA SÓ QUER GANHAR A COMISSÃO DO MONTANTE DA PLENA E DÁ NO PÉ QUE NÃO É BESTA.

  13. A verba da saúde é a maior que existe e não é atoa que os urubus estão famintos para colocar a mão nessa bolada, vocês já devem imaginar para que, infelizmente os secretários de saúde que por ali passam não tem poder para gerir tais verbas e sempre por trás existem interesseiros com outras intenções. Os prestadores de serviço todos os dias mantém contatos com as pessoas responsáveis pela saúde e eles insistem em afirmar que dinheiro eles tem para pagar as dívidas, mais a cor do dinheiro é que ninguém ver…é mole…quer dizer alguém ver, menos os prestadores. Verbas como a destinada a atenção básica continua vindo e cadê, continua na mesma, uma porcaria. NÃO A PLENA, NÃO AO DESCASO, NÃO A IMPUNIDADE, CHEGA DE ROUBALHEIRA, AZEVEDO O PIOR PREFEITO DA HISTÓRIA DE ITABUNA, GRANDE PRESENTE QUE GANHAMOS DE 100 ANOS DE HISTÓRIA.

  14. SR PIMENTA E GRAÇA,
    VENHO DENUNCIAR QUE A A EX DIRETORA DA ATENÇÃO BÁSICA RECEBE O SALÁRIO PARA FICAR EM CASA… AVERIGUEM… O CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE TEM DIREITO DE AVALIAR A FOLHA DE PAGAMENTO DA ATENÇÃO BÁSICA..A DIRETORA EM QUESTÃO CHOROU AO PREFEITO POIS DEVIA DINHEIRO A A AGIOTAS, ASSIM ELE DEIXOU ELA GANHANDO O GOORDO SALARIO SEM FAZER NADA..ATENÇÃO CONSELHO.. AVERIGUEM A FOLHA DA ATENÇÃO BÁSICA.. NOSSO DINHEIRO E DIREITO ESTÃO INDO PARA O RALO

  15. PARABÉNS A MARIA DAS GRAÇAS TEM QUE JOGAR PESADO COM ESSE GERALDO MAGELA ELE ACABOU COM A SECRETARIA DE SAÚDE DE TEIXEIRA DE FREIAS AGORA CORREU PRA IR.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top