skip to Main Content
18 de janeiro de 2021 | 04:37 pm

JOSIAS SONDADO PARA SUCESSÃO ILHEENSE

Tempo de leitura: 2 minutos

Fonte ligada ao Governo do Estado confirma as sondagens em torno do nome do deputado federal Josias Gomes (PT) para a disputa da sucessão municipal ilheense em 2012. Petista mais votado no município para a Câmara Federal, Josias Gomes é visto com boas chances de entrar nessa briga.

A mesma fonte diz que o parlamentar é cogitado  por ter perfil conciliador, trânsito junto a diversas correntes políticas e capacidade de produzir a aglutinação necessária ao processo sucessório em Ilhéus. O graduado petista ouvido pelo blog nega que a ideia de lançar o nome do deputado faça parte de uma estratégia para conter o avanço do PP na Bahia.

“Na verdade, nós queremos acabar com essa história, o governador (Jaques Wagner) vê o PP como um aliado fiel e com o qual tem um relacionamento excelente, de modo que não passa de uma grande bobagem querer comparar a aliança atual com o que veio a ocorrer no passado entre PT e PMDB”, diz o informante do PIMENTA, que é gente bem próxima ao governador Jaques Wagner.

A possibilidade de que o senador Walter Pinheiro (PT) seja candidato a prefeito de Salvador é apresentada pela fonte como exemplo de ação articulada entre petistas e pepistas. O combinado é que os dois partidos trabalhem em conjunto para eleger Pinheiro, abrindo espaço para o suplente Roberto Muniz, do PP, assumir a cadeira de senador.

Nesse caso específico, só falta combinar com Nelson Pelegrino, outro petista que sonha com o Palácio Tomé de Sousa.

Esta publicação possui 0 comentários
  1. Seria uma sorte de Ilhéus ter uma pessoa como Josias prefeito, cabra articulado bem visto pelo governador, amigo de Lula a mais de trinta anos, cumpridor de compromissos… Ilhéus só tem a ganhar.

  2. Josias é um dos melhores políticos que eu conheço, sabe trabalhar em favor de uma causa, sabe construir de forma participativa com os parceiros, seria muito bom para Ilhéus um nome como ele, sai ganhando a cidade que teria a mão forte de Wagner apoiando Josias diretamente.

  3. Se fizermos ao contas no “lucros e perdas” para a região, a candidatura do Deputado Federal Josias Gomes, Prefeito de Ilhéus,com todo respeito as opiniões que me antecederam, será de PERDAS, tendo em vista que precisamos ter no Congresso Nacional uma representação expressiva afim de reverter essa situação caótica que assola nossa região como um todo.
    As nossas Prefeituras estão cada vez mais, na posição de pedintes, ante os Governos Estaduais e Governo Federal.que acíntosamente e com um apetite voraz, vão ficando com quase todos os recursos e dando as sobras para as Prefeituras. Na situação a que me refiro, dificilmente um Prefeito, tem automia para realizar o que deseja e almeja a população municipal.
    O que temos a fazer é cobrar do Deputado Josias Gomes, tido e havido, como amigo do peito do nosso LULA e do Governador Jaques Wagner, que tenha uma posição firme em defesa dos municípios e que ajude ao Governador Wagner, que apesar da irmandade com LULA E A Presidente DILMA, tem perdido todas as paradas para Pernambuco e Ceará.A última é a possivelperda de mais de cinco mi8l empregos na AZALÉIA para o Ceará tendo em vista segundo se comenta, por falta de apôio do governo baiano.

  4. Por falar em “mensaleiro” o Arruda dá nomes de aliados a quem diz ter repassado dinheiro obtido com o cargo; ex-governador do DF não nega corrupção

    Após passar um bom tempo longe dos holofotes, o ex-governador José Roberto Arruda (sem partido) concedeu entrevista à revista “Veja”, publicada na tarde desta quinta-feira (17), em que afirma ter usado seu posto de “único governador do DEM” para sensibilizar empresários a fazer doações eleitorais para colegas de sigla e até para políticos de outros partidos.
    Expulso do DEM e demissionário do governo após a Operação Caixa de Pandora, que descobriu um esquema de corrupção no Distrito Federal que o deixou preso por dois meses, Arruda explicou que não pode garantir que as verbas arrecadadas eram declaradas. “Isso somente o presidente do partido pode responder. Se era oficialmente ou não, é um problema do DEM. Eu não entrava em minúcias. Não acompanhava os detalhes, não pegava em dinheiro. Encaminhava à liderança que havia feito o pedido”, disse ele.
    Outro lado
    Políticos citados por Arruda negam ter recebido ajuda do ex-governador
    O ex-governador disse ainda que tinha um “excelente relacionamento com os grandes empresários” e que usou essa influência “para ajudar meu partido, nunca em proveito próprio”. Como ele alegou, o processo funcionava assim: “Pedia ajuda a esses empresáriosl. Dizia: ‘Olha, você sabe que eu nunca pedi propina, mas preciso de tal favor para o partido’. Eles sempre ajudaram. Fiz o que todas as lideranças políticas fazem”, argumentou na entrevista, publicada no final da tarde de hoje no portal da “Veja”.
    Agripino e Demóstenes
    Entre os beneficiados com o esquema, disse Arruda, estão políticos de renome, muitos apontados por ele como “desleais” e hipócritas – ao confirmar o adjetivo sugerido pelo entrevistador. “Os senadores Demóstenes Torres e José Agripino Maia (novo presidente do DEM), por exemplo, não hesitaram em me esculhambar. Via aquilo na TV e achava engraçado: até outro dia batiam à minha porta pedindo ajuda!”, afirmou.
    Arruda disse à “Veja” que, em 2008, o senador Agripino foi até a sua casa pedir R$ 150 mil para a campanha da sua candidata à prefeitura de Natal, Micarla de Sousa (PV). “Eu ajudei, e até a Micarla veio aqui me agradecer depois de eleita.”
    Vídeo mostra Arruda recebendo dinheiro

    O senador Demóstenes também o teria procurado, solicitando a contratação de uma empresa de cobrança de contas atrasadas. “O deputado Ronaldo Caiado, outro que foi implacável comigo, levou-me um empresário do setor de transportes, que queria conseguir linhas em Brasília”, enumerou ele, que ainda citou o ex-presidente do DEM, Rodrigo Maia. “Consegui recursos para a candidata à prefeita dele e do Cesar Maia no Rio, em 2008. Também obtive doações para a candidatura de ACM Neto à prefeitura de Salvador.”
    Segundo Arruda, ele também fazia outros favores, como “nomear afilhados políticos, conseguir avião para viagens, pagar programas de TV, receber empresários.”
    “Dancei a música que tocava no baile”
    Arruda afirmou que um dos poucos políticos que nunca ajudou é o prefeito paulistano Gilberto Kassab (DEM). O ex-governador também, indiretamente, assumiu ter praticado ilicitudes no cargo. Ao ser indagado se seria corrupto, ele alegou que, “infelizmente, joguei o jogo da política brasileira”.
    Segundo ele, as empresas e os lobistas ajudam nas campanhas para terem retorno, por meio de facilidades na obtenção de contratos com o governo ou outros negócios vantajosos. “Ninguém se elege pela força de suas ideias, mas pelo tamanho do bolso. É preciso de muito dinheiro para aparecer bem no programa de TV. E as campanhas se reduziram a isso”, afirmou.
    Ajuda ao PSDB, “com a melhor das intenções”
    Por fim, o ex-governador disse ainda que, “por amizade e laços antigos”, ajudou o PSDB “sempre que o senador Sérgio Guerra, presidente do partido, me pediu”. Segundo ele, sempre “por meio de Eduardo Jorge”, a ajuda era dada “com a melhor das intenções.”

  5. Boa ideia, mais dizer que o pp age com fidelidade a wagner, isso é LOUCURA. Vcs verão na primeira oportunidade, e dirão se não alertei sempre aqui. Olho Wagner.

  6. É só o que falta pra afundar Ilhéus de vez, e quanto aos que falam da amizade com Lula e com Jaques Wagner é só olhar que até hj a ponte não saiu do papel, tem ainda a duplicação da rodovia via Ilhéus/Itabuna, a ZPE, o DPT, o aeroporto Jorge Amado que quase fechou. Isso é o PT, mesmo com o governador e presidente.

  7. Zelão diz: – Josias, pode vir a “sonhar” um sonho de Geraldo

    Teve uma época, quando gozava de incontestáveis índices de aprovação ao seu primeiro governo, aprovação essa, que se estendia ao povo de Ilhéus que fazia comparações com o governo do então prefeito Jabes Ribeiro, que Geraldo Simões, acalentou o sonho de um dia vir a ser prefeito de Ilhéus.

    Antigos companheiros, Josias e Geraldo, hoje, já não comungam as cordialidades dos velhos tempos. Para acirrar ainda mais a disputa entre os dois; na última eleição, Josias, bateu em Ilhéus a votação obtida por Geraldo.

    Matreiro, Josias Gomes articula substituir a Geraldo Simões na liderança regional, portanto, uma possível eleição sua a prefeito de Ilhéus, seria um passo dado em direção a esse objetivo. Teria em Ilhéus, uma inegável vitrine para alçar vôos mais altos.

  8. De toda forma, o fim da reeleição pelo Senado foi uma ótima medida, mesmo extendendo os mandatos por cinco anos, pois sendo bom mou ruim, os polítios terão que dar lugar a outros, sem a perspectiva de continuísmo, …!!!

  9. Engraçado é que Josias Gomes trilha o seu caminho sem nem tomar conhecimento que Geraldo Simões existe.
    Tem luz própria, não precisa de factóides para aparecer politicamente, é bem articulado em toda a Bahia.

  10. Que bom ter transferido meu voto para Ilheus Agora já tenho em quem votar Josias Gomes vai ser o Prefeito que Ilheus precisava .Itabuna é quem merece Fernando Gomes-Azevedo e Jussara.

  11. Pelo andar da corruagem, em se tratando de prefeito para Ilhéus estamos em um mato sem cachorro. Esse Josias não é aquele do mensalão? Coitada da nossa ciade.

  12. Posso assegurar que esta noticia é muito boa para Ilhéus. Voto com este dinamico politico pela coerencia e sua determinação a frente das grandes causas. Parabéns Ilhéus.

  13. Adorei esta ideia do governador Wagner, Josias seria um otimo nome para governar Ilhéus, alem de trabalhador é competente e sabe fazer politica, Ilhéus so teria a ganhar com esta articulação.

  14. Se esta noticia for verdade vou começar a acreditar que este governador quer mesmo resolver os problemas de Ilhéus, até hoje so vi promessas e nada de contrução de ponte nem de segunda pista nem aeroporto, nem porto nadica de nada, se ele colocar Josias aqui acredito que ele estaria dando um sinal positivo, vamos tocer para da certo.

  15. Eu não conheço Josias, mas quem o conhece fala muito bem dele tomara que seja verdade esta noticia, pode contar comigo.
    Eu so voto no 13.

  16. Quero comungar com os favoráveis à candidatura de Josias Gomes para prefeito de Ilhéus.
    A cidade necessita de um prefeito preparado,bem articulado,culto e dinâmico como Josias Gomes.

  17. Eita que to dentro dessa, a turma do 13 de Ilhéus jogou duro e encontrou o caminho, vamo que vamo com Josias prefeito, o PT ja mostrou que sabe governar, onde governa muda a realidade.

  18. Se me for dado o direito de escolher entre os três: Josias; Carlinhos F e Hilda Buracão cuja candidatura foi festivamente lançada ontem na Pensão das Moças de D. Carminha; eu certamente escolheria a última candidata. Pelo menos ela tem o que oferecer ao povo, e não é pouco!
    Opto por Hilda Buracão. Com certeza voltara a fazer os homens de ilhéus levantar seus ânimos que andam caídos ao rés do chão com os últimos governos do PSB Valderico/Newton.
    Hilda Buracão em 2012 no governo de Ilhéus!

  19. O interessante é que RUTE DO VILELA, toda vez que foge do manicômio onde vive internada, procura um computador e escreve um comentário no Pimenta.
    Observem!!!

    Ilhéense

  20. TEM GENTE QUE TEVE O SEU NOME VINCULADO NOS ESCANDALOS DO MENSALÃO E ESTÃO OCUPANDO GRANDES CARGOS OU FORAM ELEITOS PARA ALGUM CARGO PÚBLICO. CULPA DA IMPUNIBILIDADE, E NÃO DO POVO.
    NÃO SOU PARTIDARISTA, SOU DE OPINIÃO QUE LUGAR DE BANDIDO É NA CADEIA, SEJA ELE PRETO POBRE, PUTA, MADAME, BRANCO RICO, POLÍTICOS MAU CARATER, SEJA DE QUAL PARTIDO FOR.
    GOSTARIA QUE AS NOSSAS LEIS FUNCIONASSE COMO A AMERICANA, ONDE LÁ TODOS SÃO TRATADOS IGUAIS PERANTE A LEI.
    TAMBÉM SOU DE OPINIÃO QUE UM ERRADO NÃO JUSTIFICA O OUTRO, POIS QUEM ASSIM PROCEDE, SE MOSTRA IGUAL. PARA MIM SE LULA, JOSÉ DIRCEU, GENOINO, BEZOINE, GERALDO SIMÕES, FERNANDO CUMA E ETC, ETC, ETC…. ESTIVESSEM NA CADEIA POR ROUBO DO ERÁRIO PÚBLICO, ESTARIA MAIS FELIZ, POIS SABIA QUE ESTAVA MORANDO EM PAÍS SÉRIO.

  21. É interessante ver o dito “graduado” petista falar sobre o PT de Ilhéus. Ou não conhece o PT Ilheense ou é, na verdade, GRADUADO PUXA-SACO do Dep. Fed., pois em relação aos grupos politicos internos do petismo ilheense, Josias não tem ‘perfil conciliador, trânsito junto a diversas correntes políticas e capacidade de produzir a aglutinação”. Deveria voltar para o berço de onde saiu: O GERALDISMO!
    Fora Geraldo e Josias!

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top