skip to Main Content
20 de outubro de 2020 | 11:54 am

TABOCAS 2, A REVANCHE

Tempo de leitura: < 1 minuto

Firmino Alves foi o principal agente do processo de emancipação que transformou Tabocas em Itabuna

Os ânimos estavam acirrados na solenidade realizada ontem à noite na Associação Comercial de Ilhéus, onde foi criada uma frente em defesa dos interesses do município. Movimento este cuja principal finalidade é combater a tentativa de extirpar do território ilheense a área onde estão os supermercados Makro e Atacadão.

No meio do evento, toma a palavra a presidente da ONG Ação Ilhéus, Maria do Socorro Mendonça, que colocou pimenta no debate e levantou uma tese que, sem qualquer pretensão de ser levada a sério, teve mais a intenção de provocar os itabunenses.

De acordo com Socorro, caso o governo de Itabuna insista com a história de levar um taquinho da área de Ilhéus, este município, do qual o outro se emancipou há mais de 100 anos, entrará em uma campanha pela “desemancipação” do vizinho. Assim, Itabuna voltaria a ser a vila de Tabocas e seria novamente incorporada ao território ilheense. E fim de papo!

A curiosa ideia fez o velho Firmino Alves revirar-se no túmulo…

 

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top