skip to Main Content
3 de agosto de 2020 | 05:20 pm

DESEMPREGO AVANÇA EM ITABUNA E ILHÉUS

Tempo de leitura: < 1 minuto

– Itabuna gera 78 novos empregos em 6 meses

– Ilhéus corta 25 vagas no primeiro semestre

A maré não está para peixe nas duas maiores cidades do sul da Bahia quando o assunto é emprego. Números fresquinhos do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, revelam que Itabuna cortou 36 vagas com carteira assinada em junho, período no qual Ilhéus deu cartão vermelho para 44 trabalhadores.
O mês foi negativo em Itabuna por causa dos setores da indústria de transformação (corte de 108 vagas no mês) e serviços (39).
A construção civil abriu 61 novas vagas e o comércio, outras 52. Os dois setores impediram resultado ainda mais negativo para o período.
Ilhéus cortou 76 empregos no setor de comércio e 18 na área da indústria de transformação. Os setores de serviços (23), agropecuária (20) e construção civil (7) aliviaram as perdas do período. No semestre, Itabuna gerou apenas 78 empregos, enquanto Ilhéus cortou 25 vagas em igual período (janeiro a junho).
BAHIA CRIOU 11,7 MIL EMPREGOS EM JUNHO
Ainda de acordo com o Caged, a Bahia gerou 11.767 novos empregos no mês passado. O estado criou 60.472 vagas nos seis primeiros meses do ano. O resultado da Bahia, quando comparados com os de Ilhéus e Itabuna, mostram que estamos longe da desconcentração econômica tão propalada pelas últimas gestões estaduais, de César Borges, passando por Paulo Souto a Jaques Wagner.

Esta publicação possui 0 comentários
  1. Itabuna e Ilheus paga caro pela falta de governo, nao so o municipal mas o estadual que esta fezendo muito pouco pela regiao.
    Itabuna nao tem agua portanto qual empresa se instalara numa cidade assim? Seguranca publica, aqui mata mais gente que no Iraque em plena guerra, se mantiver a media teremos 70 mortos por cem mil hab, pra comparar Sao Paulo tem mesmos de 10.
    Nao se gera emprego so com vontade politica, e preciso melhorar o ambiente de negocios, isto nao fazemos aqui.

  2. E quanto aos novos empregos, gerados na ampliação do Shopping, com a inauguração das novas lojas, …?!?!?!
    Só serão registrados no segundo semestre, …?!?!?!
    Da Redação: De acordo com o Caged, o comércio itabunense registrou em junho 448 contratações ante 396 demissões. As contratações iniciais destas novas lojas podem estar incluídas no período de julho. Estas contratações podem ainda aparecer ao final deste mês, mas ainda como contratações do mês passado. Isso ocorre porque algumas empresas retardam o envio de informações.

  3. Acredito que não tenha sido por má fé do Pimenta, declarar negativo a oferta de empregos em Ilhéus. Posso assegurar-lhes que o Serviço Público Municipal “admite” todos os dias muitos “servidores” contratados nos diversos escalões da Folha de Pagamentos.
    Só espero que vocês não venha “questionar” os méritos, a capacitade e o currículo dos récem-admitidos, porquanto estão os mesmos indicados por pessoas influentes e de “peso” na operosíssima política ilheense!
    Ilhéus vai muito bem, obrigado, andando como caranguejo e crescendo a olhos vistos, como um rabo de cavalo,
    Viva os políticos ordenham nossa terra!
    Da Redação: Que figura…

  4. claro que itabuna vai ficar sempre com este indice de desemprego, o que diz prefeito tem medo de ir atras de empresas e fabricas para esta região , ele tem que fazer como fernando gomes ia atras e dava isenção com prazos,em troca empregava o povo itabunense. azevedinho procure fernando que ele ti ensina

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top