skip to Main Content
23 de novembro de 2020 | 04:06 pm

JABES: “O PT JÁ ME APOIOU E EU JÁ APOIEI O PT”

Tempo de leitura: 8 minutos

O PIMENTA inicia a publicação de uma série de entrevistas com os principais atores do cenário político regional, nomes que certamente terão influência ou estarão diretamente na disputa pelo comando de Ilhéus e Itabuna, as maiores cidades do sul da Bahia. A primeira conversa foi com o secretário-geral do PP da Bahia, Jabes Ribeiro, que trabalha para conseguir mais um mandato à frente do governo ilheense.
Advogado e professor, Jabes já governou Ilhéus em três gestões. Foi também deputado federal e chegou a ocupar a vice-liderança do governo Itamar Franco (1992-1994) na Câmara. No período em que Waldir Pires governou a Bahia, Jabes foi seu secretário estadual do Trabalho.
Nesta entrevista, o político ilheense ataca com dureza a atual administração do município e, entre outros adjetivos, diz que o governo Newton Lima é “inepto” e “ineficiente”. Sobre a polêmica gerada com o PT, quando disse que não aceita fazer aliança com quem detém cargos na Prefeitura de Ilhéus (caso petista), Jabes afirma que não deu ultimato nem nominou qualquer partido.
O pepista diz que seu grupo está aberto a conversar com todas as legendas que integram a base aliada do governo Wagner, mas repete: “quem está com Newton, que fique até o final”.
 
PIMENTA – O PP ficou com uma bela fatia na distribuição dos cargos do Estado em Ilhéus. Isso gerou ciúme entre as demais legendas da base aliada?
JABES RIBEIRO – É do jogo democrático que aqueles que venceram as eleições normalmente ajudem a governar. É assim em qualquer democracia do mundo. Creio que o governador foi muito hábil no momento em que, ao invés de sair fazendo uma distribuição por pessoas, por deputados, ele resolveu convocar os partidos políticos para participar desse entendimento. Foi um debate longo e intenso, mas acredito que o resultado, mesmo não agradando a todos, foi o melhor que se poderia conseguir.
PIMENTA – A seu ver, não existe nenhum desequilíbrio?
JR – Essa distribuição representa o resultado das eleições de 2010. Os partidos que tiveram uma melhor performance acabaram tendo um posicionamento melhor. Falam: “ah, mas tirou o cargo de Fulano”. Não existe isso, o cargo não é de ninguém, senão do governador, do Estado. Eu representei o PP em toda a Bahia e fizemos um trabalho em que ocupamos os cargos com base na votação que tivemos. Por exemplo, no território sul o meu partido teve uma performance e em torno dela teve uma ordem de participação nos cargos. Em Ilhéus, nós ficamos com Detran, um cargo da Bahiapesca, uma coordenação da Direc, a Sudic e alguns outros cargos menores. Enfim, esse foi o espaço que nos coube dentro dessa distribuição e todos os partidos da base aliada participaram desse processo.
PIMENTA – Esse espaço que o PP está ocupando fortalece o partido para 2012. Como você faz essa análise e como está construindo um diálogo com os aliados para viabilizar o caminho para as próximas eleições?
JR – O PP tem um relacionamento ótimo e sem nenhuma contestação com todos os demais partidos da base aliada. Nosso relacionamento com o PT, o PCdoB o PSB, com o PDT, é absolutamente democrático, civilizado, solidário, contributivo. Não tem problema nenhum, tanto que, em vários locais da Bahia, após a distribuição dos espaços políticos, nós fizemos negociações com os partidos. Fizemos negociações com o PDT, o PCdoB, o PSB. Nós não tivemos nenhum problema nesse sentido. O relacionamento é absolutamente positivo com todos os partidos da base aliada.
PIMENTA – Em Ilhéus esse relacionamento não é tão positivo…
JR – É evidente que nos municípios existem problemas, mas eu acho que o diálogo, a conversa, o esforço no sentido da gente encontrar o caminho, isso tudo é absolutamente possível. É claro que você vai encontrar problemas aqui e acolá, mas nós partimos de um princípio: há um projeto nacional, esse projeto é comandado pela presidente Dilma Rousseff, e há um projeto estadual comandado pelo governador Wagner. O nosso partido está absolutamente comprometido com esses projetos.  Nos municípios, é natural que cada partido lute para ocupar o poder e se fortalecer, mas nós partimos do princípio de que onde haja condições de disputar as eleições, nós vamos disputar. Onde existe segundo turno, disputaremos comprometidos a no segundo turno estarmos juntos, dentro da base aliada.
 

Quando você tem um comandante que não gosta do que faz, não tem aptidão, não tem autoridade, gera esse caos que está aí, em que você tem vários prefeitinhos.

 
PIMENTA – O senhor acredita que os conflitos locais podem trazer dificuldades para o seu projeto de eleição?
JR – As disputas locais são absolutamente naturais. Veja em Itabuna, por exemplo,  a disputa do PCdoB com o PT. Em Salvador, praticamente todos os partidos têm candidato a prefeito. Em Ilhéus, da mesma forma, temos um debate natural e democrático. O governador sabe disso, não tem nada que esteja acontecendo em Ilhéus que não seja do conhecimento do governador. Nesse sentido, não creio que haja nenhum problema, muito pelo contrário. O PP quer se fortalecer em Ilhéus para ajudar o governador Wagner e a presidente Dilma Rousseff.
PIMENTA – Causou certo incômodo, sobretudo a pessoas ligadas ao PT, a espécie de ultimato feito pelo senhor, avisando que não faria aliança com pessoas que estão no governo municipal. Como fica isso?
JR – Eu nego veementemente ter dado ultimato a quem quer que seja, esse não é um papel meu. Eu tenho um projeto como líder do meu partido: nós trabalhamos em Ilhéus com um projeto de chegar à prefeitura. Há pessoas no PT de Ilhéus com quem eu tenho um ótimo relacionamento, assim como no PSB. Muitos até já estiveram comigo ao longo da história. Às vezes eu pergunto:  quem não esteve? O que eu disse e quero reiterar foi que eu e o meu partido estamos absolutamente abertos a conversar com todos, mas decidimos não fazer aliança com nenhum partido que esteja dentro do atual governo municipal. Não estou me negando a conversar, muito pelo contrário.
 
PIMENTA – Mas há lideranças locais que parecem não querer conversa.
JR – Quem conhece política sabe que isso é bobagem. O que não dá é as pessoas tentarem a vida inteira um artificialismo, um jogo de enganação que não funciona. A nossa posição clara é a seguinte: nós não iremos fazer nenhuma aliança com o atual governo de Ilhéus. Não cabe, pois temos uma atitude institucionalmente de oposição a esse governo. Não há nada de pessoal contra o Newton (Lima), e eu tenho dito isso. Muito pelo contrário, ele é uma pessoa cordial, não temos problema nenhum.  Agora, politicamente falando, o governo é um desastre, um caos, é uma desorganização completa, é a negação do que seja um governo. Mas isso quem está dizendo não sou eu, é quase 90% dos ilheenses.
PIMENTA – E como fica, então, a chance de prosperar algum diálogo com o PT, que está no governo municipal?
JR – Eu não quero nem nominar, nunca nominei. Eles ficam meio nervosos comigo, mas eu quero até que tenham tranquilidade. Quem quiser considerar que o projeto para 2012 passa por esse governo que está aí, fique com ele. Estou disposto a conversar com o PT, o PSB, PCdoB, PDT e já tenho conversado com muitos. Estão enganados aqueles que pensam que eu estou voltado apenas para o meu partido.  Não é essa a minha experiência e vale lembrar que no passado eu já tive alianças com o PT. O PT já me apoiou em Ilhéus, o PSB já me apoiou, e eu já apoiei o PT. Nas últimas eleições eu apoiei o PT a pedido do governador.

Já conversei com o deputado Josias (Gomes, do PT), com quem tenho um bom relacionamento e considero um político capaz, competente, que não age com o fígado, como muitos.

PIMENTA – Chegou a existir de fato algum ensaio de acordo para que o PP apoiasse o PT em Itabuna em troca de uma reciprocidade em Ilhéus?
JR – O que acontece é o seguinte: há em Salvador uma comissão com representantes de cada partido da base aliada. Tem o representante do Partido Progressista; tem lá o Jonas Paulo, do PT; Alexandre Brust, do PDT; Daniel Almeida, do PCdoB; Lídice da Mata, do PSB;  Toninho, do PSL; Bispo Márcio Marinho, do PRB, e por aí vai… Nós estabelecemos nesse grupo que vamos buscar o máximo de esforço para que haja uma unidade da base aliada nas 30 maiores cidades da Bahia, o que inclui Itabuna, Ilhéus e tantas outras. É uma conversa que se faz priorizando a defesa do projeto nacional e do projeto estadual . Se haverá possibilidade de termos êxito em todos os lugares, não sabemos. É evidente que em situações desse tipo, existem composições. Por exemplo, o PT pode precisar do nosso apoio em Vitória da Conquista, em Feira de Santana, em Salvador e nós poderemos precisar do apoio do PT em Ilhéus. Não significa que cada partido não irá consultar suas bases locais, agora há uma resolução do PT, assim como no PP, de que as questões locais terão que passar por uma análise da executiva estadual de cada partido. Eu, por exemplo, já conversei com o deputado Josias (Gomes, do PT), com quem tenho um bom relacionamento e considero um político capaz, competente, que não age com o fígado, como muitos. Converso com Geraldo (Simões), conversei há poucos dias com Everaldo Anunciação (secretário de Organização do PT na Bahia). Estão enganados aqueles que pensam que eu não estou conversando. É que tem alguns que estão tão envolvidos com o governo municipal, que não têm tempo para conversar.
PIMENTA – Nessas suas conversas com lideranças do PT, já se estabeleceu algum critério para definição de alianças, como desempenho em pesquisa, por exemplo?
JR – Não, mas eu topo. Pelo critério de pesquisa eu topo discutir aliança em Ilhéus com qualquer partido da base aliada, exceto, repito, com aqueles que fazem parte da atual administração municipal. Porque senão a gente descaracteriza nosso discurso. Ao escolher o nome que disputará as eleições com base em pesquisa, estaremos demonstrando consideração pelo que pensa a opinião pública, mas é claro que não é só o critério da pesquisa. Existem outros que podem ser utilizados e eu não tenho problema nenhum.
PIMENTA – Ilhéus tem problemas financeiros graves, com um volume imenso de precatórios e inadimplência que gera até a impossibilidade de firmar convênios para projetos e obras. Como equacionar isso?
JR – Eu deixei o município, no final de 2004, com os precatórios todos negociados. Eu fiz essa negociação quando era presidente da Amurc, e não foi só para Ilhéus. Itabuna negociou, Jequié negociou, toda a região negociou. Ilhéus teve uma administração, com o ex-prefeito Antônio Olímpio, que gerou milhões de precatórios. Isso está registrado, não tem o que se discutir, mas, enfim, existem os precatórios e nós negociamos em condições de honrar. Veio Valderico (Reis, ex-prefeito) e chutou tudo pra cima. As negociações com o INSS, eu deixei todas organizadas. Por que eu assinei convênios com os governos federal e estadual até o último dia do meu governo? Assinei porque estava tudo absolutamente em dia, as contas estavam organizadas. Deixei a folha de pagamento com menos de 50%, abaixo do limite legal. A Prefeitura estava organizada, as contas estavam organizadas. Eu vou apresentar no momento certo os dados que demonstram que Ilhéus estava crescendo. Foi feita uma reportagem naquele período, publicada na revista Veja ou na Época, que listava Ilhéus entre as dez melhores cidades do Brasil para se viver. Está escrito. Não dá para as pessoas ficarem na enganação, na mentira,na malandragem. Não existe isso.
PIMENTA – Quer dizer que todos os problemas da cidade são culpa do atual governo?
JR – O que está aí é produto de dois governos desastrados, que desorganizaram as contas públicas, o setor de pessoal, os programas sociais, a saúde, a educação. Esse é um desgoverno porque desorganizou todas as políticas de Ilhéus e acho que nós, ou qualquer outro que chegue à prefeitura, teremos um grande trabalho para enfrentar isso. Programas como o “Escola Campeã”, do Instituto Ayrton Senna, cadê? Ilhéus era a única cidade da Bahia que tinha esse programa. Cadê os programas voltados para a geração de emprego, como o Pead, por exemplo? Acabou tudo. Na área cultural, o que se fez? Fecharam biblioteca, fecharam o Circo Folias da Gabriela, que era um espaço importante para a cultura, as manifestações artísticas do povo de Ilhéus. O que eles fizeram mais de importante para a cultura? Fecharam o Memorial da Cultura Negra. Fizeram o que a mais? Transformaram o Bataclan num restaurante, só isso. Não tenho nada contra, acho até que está legal, mas era esse o projeto? Ou era o projeto de uma casa de cultura, que contou com dinheiro público, do município e da Petrobras? O restaurante está até bonito, mas você não vê uma placa que indique o que é aquilo. Será que a Petrobras iria me ajudar a fazer aquele trabalho se eu dissesse que seria um restaurante, por melhor que seja? Esse governo é inepto, ineficiente. Quando você tem um comandante que não gosta do que faz, não tem aptidão, não tem vocação, não tem talento, não tem liderança, não tem autoridade, gera esse caos que está aí, em que você tem vários prefeitinhos. Todo mundo manda e a cidade não avança.

Esta publicação possui 0 comentários
  1. ESSE MOÇO É BOM DE GOGÓ, CREIO ATÉ SER ELLE O GOGÓ DE OURO DE ILHÉUS, E NÃO AQUEL’OUTRO QUE SE COGNOMINA ASSIM. ELLE FALA DE DESGOVERNO E PENSA QUE O POVO NÃO TEM MEMORIA. DETENTOR DE UMA SERIE DE PROCESSOS NA JUSTIÇA QUE SE TRANSITADO E JULGADO O TORNAM UM FICHA SUJA.LOGO FICARÁ IMPOSSIBILITADO DE CANDIDATAR-SE.
    SAIU DO GOVERNO COM 99,999999999999999999999999999999999999999%
    DE REJEIÇÃO E LEVOU AO RIDICULO UM DOS HOMENS DE BEM DA REGIÃO, O PROFESSOR SOANE NAZARÉ.
    SEUS FEITOS NO ENTÃO GOVERNO FORAM:
    1- ASFALTO SONRISAL NO TEOTONIO VILELA
    2- ESCADARIAS E OBRAS NO MORRO COM CIMENTO COM TRAÇÕ DE NÃO SEI QUANTO POR HUM QUE COM AS CHUVAS LOGO DERRETERAM, AGINDO COMO O HOMEM IMPRUDENTE QUE CONSTRUIU CASTELOS DE AREIA E VIERAM OS VENTOS E TEMPESTADES E DESTRUIRAM.
    3- HÁ AINDA ASSUNTOS MAL RESOLVIDOS. A EXEMPLO DAS 411 CASAS DO VILELA.
    E OUTRAS MILLONGAS MAIS, QUE POR CERTO VIRÃO Á TONA NA CAMPANHA QUE SE AVIZINHA, SE O MESMO FOR REALMENTE CANDIDATO.
    ESSA COISA DE JÁ GANHOU, PODE LEVA-LO A UM FRAGOROSA DERROTA, PRINCIPALMENTE POR SUBESTIMAR OS ADVERSÁRIOS.
    NO SEU GOVERNO TEVE O PIOR SECRETÁRIO DE SERVIÇOS URBANOS DOS ÚLTIMOS 477 ANOS.COM UM FINAL DE ANO CHEIO DE LIXO E URUBUS.
    A SAÚDE UM CAOS QUE ATÉ HOJE NÃO SE ACERTOU.
    NO INTERIOR, O HOMEM ESTÁ FIXO NO CAMPO, POR QUE AS ESTRADAS FICARAM ACABADAS.
    E ESSE DISCURSO DE FALAR MAL DO ADVERSÁRIO O POVO JÁ ESTÁ CANSADO DE OUVIR. POR OUTRO LADO ESSE MOÇO FOI PREFEITO TRES VEZES E POR QUE NÃO REALIZOU AS COISAS? CREIO SER HORA DE RENOVAÇÃO, SURGIR UM TROÇO NOVO. CHEGA!CHEGA!CHEGA!. é hora de crescer e contruir, e não de ficar JOGANDO PEDRAS EM CACHORRO MORTO”. VÁ TRABALHAR RAPAZ, VOLTE A ENSINAR QUE NISSO VC É BOM,OU TALVEZ QUEM SABE ATÉ ADVOGAR. VOCE TEM DIREITO A SONHAR, PORÉM NÃO TEM DIREITO É DE TRAZER UM PESADELO AO POVO DE ILHÉUS.

  2. Tenho pena de IOS, não entra um candidato sério q de fato pense em melhorar a cidade. Até parece q os ilheenses tem mémoria curta, pois o último mandado de Jabes fora horrível, a cidade encontro-se totalmente abandonada. Se esse ganhar ou o pessoal do prefeito atual eu não vejo melhora para a nossa cidade. Ilhéus continuará na mesmice de sempre.

  3. Como diziam os antigos “Quem não conhece que te compre”.
    Que maravilha que era no tempo desse Jabes e da turma dele!!!
    Que cara de pau!!!
    O povo elegeu Valderico no desespero de se livrar desse grupo!
    Ilhéus tem que buscar gente nova e não voltar ao tempo desse aí e da tchurminha dele (de triste memória).
    Acorda Ilhéus!!!

  4. Interessante este sr. Jabes Ribeiro, ele disse que quer o apoio do PT e não quer o apoio dos que estão no atual governo, as figuras principais do PT estão quase todas pongada no atual governo, como é que vai ficar agora? outra coisa ele fala que as finanças da prefeitura foi dilapidada nos últimos governos, será que no governo dele as finanças ficaram em dias? Acho este discurso com cara de enganar o povo. Acho que o povo de Ilhéus já apanhou o bastante agora tem que escolher pessoas que tenham de fato compromisso com a nossa cidade.

  5. Na entrenvista, por sinal bem articulada, até parece que só existe uma saida; o povo votar novamente em Jabes para prefeito de Ilhéus, o secretário do PP esqueceu de consultar os eleitores, e o eleitor ilheense não suportaria mais quatro anos do grupinho insuportável de jabista na prefeitura de Ilhéus, pessoas arrogantes, pedantes e mesquinhos. Será que numa cidade de 180 mil habitantes não possui lideranças, capaz de administrar uma cidade de médio porte? Está entrevista é um insulto aos lideres deste municipio. O governador sabe da grande rejeição do nome de Jabes aqui em Ilhéus, cabe a ele rever suas estratégias para a Princezinha do Sul, e segundo insinuações de Jabes na entrevista já está praticamente fechado em torno do seu nome.

  6. BOM QUE SE ESCLAREÇA QUE OS PRECATÓRIOS SÃO DE ANTONIO OLIMPIO;
    BOM SABER QUE VALDERICO E NEWTON FORAM PESSIMOS PARA ILHEUS;
    BOM SABER QUE JABES NÃO VAI ACEITAR NENHUM DESSE GOVERNO NEWTON;
    BOM SABER QUE O PT VAI MORRER A MINGUA;
    BOM SABER PAULO QUE A TURMA DE JABES VAI VOLTAR, PORQUE A SUA TURMA ESTÁ PÉSSIMA;
    BOM SABER QUE JABES DE UMA VASSOURADA SÓ VAI TIRAR A TURMA DE VALDERICO, NEWTON, ANGELA, ALCIDES E VÁRIOS OUTROS DESSA PREFEIURA.

  7. Resposta para esse “Dias difíceis”:
    1- Nenhum processo contra Jabes o torna inelegível pela lei da Ficha Suja. Mesmo que ele seja condenado (lembre-se que não há decisão nem em 1ª instância)as supostas irregularidades não o enquadram na referida lei. Estudem mais, amigos…
    2- Asfalto sonrisal, escadarias mal feitas e estradas do interior mal conservadas? É por isso que Jabes está com mais de 60% no Vilela, nos morros e no interior. Esse cara parece que não mora em Ilhéus.
    3- 411 casas? Cara, você está mal informado ou tem má-fé: Jabes já foi absorvido pelo TCU. Se informe melhor, cara…
    4- Saúde um caos? Está mesmo, agora! Nos 8 anos de Jabes só houve um secretário, o competente Paulo Medauar. Nos governos de Valderico (toc, toc, toc)e Newton já foram nomeados 15 secretários. É mole ou quer mais?
    5- Dor de cotovelo é fogo…

  8. DIAS DIFICEIS SÂO ESSES DOIS ULTIMOS (DES)GOVERNOS QUE ESTAMOS SOFRENDO AQUI EM ILHEUS.DOA A QUEM DOER MAS NO TEMPO DE JABES TUDO FUNCIONAVA.A CIDADE TINHA REFERENCIA,E O POVO TEM MEMORIA SIM:QUEM NÃO SE LEMBRA DO PROJETO VIVA O MORRO ?DOS POSTOS DE SAUDE FUNCIONANDO?DA NOSSA CULTURA? FOI NOS GOVERNOS DE JABES QUE ILHEUS VEI TER CENTRO DE CONVENÇÕES,TEATRO,ONIBUS SUBINDO AQUI NOS MORROS,FOI JABES QUE TROUXE O CAIC,OLHE SE FOSSE ESCREVER AQUI TUDO QUE FOI FEITO PASSARIA O DIA TODO.MAS O QUE ME ALEGRA È QUE ELE VAI VOLTAR COM MEU APOIO E DOS MEUS AMIGOS DOS MORROS E DOS DISTRITOS NO MAIS È BLA BLA BLA DO TEMPO QUE VOCES FALAM DE JABES E NÃO PROVAM NADA ,ALIAS A JUSTIÇA TAI PRA ISSO E DO TEMPO QUE ELE é POLITICO ATE AGORA NAAAAAAAAADAAAAAAAAAAAAAA.AO CONTRARIO DESSES QUE ESTÃO AI COM a POLICIA FEDERAL NO RASTRO DELES(ACHO ATE QUE DIAS DIFICEIS FAZ PARTE DA GANG KA KA KA)

  9. DA GOSTO LER UMA ENTREVISTA COM CONTEUDO. DA-LHE JABES ILHEUS TE ESPERA DE BRAÇOS ABERTOS.ISSO É QUE é COMPETENCIA E ARTICULAÇÃO O RESTO E RESTO.O POVO NÃO É INGRATO E SABEMOS O QUE VOCE FEZ POR NOS CONTE CONOSCO

  10. O atual prefeito apesar de ser bonzinho como pessoa, não gosta nem tem vontade de governar, não é do ramo. Por isso o seu governo virou um Samba de Criolo Doido. O secretário Alcides briga com Bahia, Bahia briga com Carlos Freitas e esse com os demais secretários e com toda a população, mantendo a cidade suja e escura.
    A maioria dos secretários que hoje criticam o Professor Jabes Ribeiro eram aqueles que defendiam e faziam parte do seu governo. NÃO É ALCIDES?
    O prestígio do PSB em Ilhéus é medido pela votação que o então candidato Domingos Leoneli obteve nas urnas das últimas eleições (insignificante).
    O que Ilhéus está precisando é de alguém que tenha determinação política e vontade de trabalhar.
    Não é a toa que o professor Jabes Ribeiro está à frente nas pesquisas. No momento oportuno as coligações virão normalmente com os partidos que querem o melhor para Ilhéus.

  11. Sr Editor,
    Parabéns pela entrevista com o ex prefeito Jabes Ribeiro,
    uma verdadeira aula de quem conhece a arte da politica.
    Devemos nos orgulhar da competência e lucidez do nosso
    maior lider regional.No mais e despeito e inveja.

  12. SE ESSE DOMIENCIO É O GONZAGA. QUERO LHE DIZER MEU CARO QUE QUEM NÃO MORA EM ILHÉUS É O SR.
    NÃO É POR ESTAR RUIM QUE DEVEMOS NOS ATIRAR DE UM PENHASCO
    PARA FICAR BEM PIOR.
    O SR. ESQUECEU-SE DO RIDICULO QUE FOI EXPOSTO O PROFESSOR SOANE
    E A REJEIÇÃO DO SR. JABES DE 99.99999999999999999999999999999%
    E A REPÚBLICA DOS URUBUS QUE FOI INSTALADA EM ILHEUSZU PELO PIOR SEC. DE SERV URBANOS DOS ÚLTIMOS 477 ANOS. UM TAL DE C…. BESTEIRA. E SE O SR, É O DOMIENCIO QUE IMAGINO, O SR.
    APOIOU O VAL DE RICO MEU POVO!ALIÁS ILHEUSZU TEM ESCOLHIDO MAL NOS ULTIMOS 15 ANOS.E SE O DR. JARBES FOI ABSORVIDO COMO O SR. DIZ. ME DESCURPE. CONTUDO OS OUTROS PROCESSOS SERÃO JULGADOS OPORTUNAMENTE. É SÓ O SR. ENTRAR NO SITE DA JUSTIÇA E AI QUEM SABE O SR. VERÁ A ABSORVIÇÃO DO SEU AMIGO DE OCASIÃO

  13. Queria que ele me mostrasse essa tal resolução interna aprovada pelo PT, que põe as composições municipais sob o crivo da executiva estadual. O estatuto do PT é muito claro quanto a isso e resguarda sem sombra de dúvidas a autonomia dos diretórios municipais.

  14. A resposta de Gerson no artigo Mapa da Mina, destroi completamente a tese de jabes, isso que é lição de politica, não existe chance de Jabes virar candidato sem o apoio do PT.
    A turma do PT já teve reunião, e vai com Allison…

  15. O GRANDE RETORNO DE JABES
    Gostaria de contestar alguns comentários feitos por algumas pessoas que sofrem de AMINÉSIA quando se referem ao candidato a prefeito de nossa cidade. Jabes Ribeiro.
    Falando um pouco deste grande político Baiano que muitos não dão o devido valor, hoje Secretário Geral do PP, onde colocou e organizou na Bahia o segundo maior partido político, que dá sustentação ao governo Estadual.
    O Ministro Mario Negromonte, quando esteve em Ilhéus fazendo uma palestra na Câmara de Vereadores agradeceu dizendo que o partido só avançou na Bahia graças a sua gestão, onde criou diretórios na maioria dos Municípios Baianos.
    Naquela ocasião falando para os Ilheenses disse que gostaria de ter ao seu lado o companheiro Jabes Ribeiro para ocupar a Secretaria Especial no Ministério das Cidades, e também foi convidado pelo Governador Jaques Wagner para assumir uma Secretaria de Estado onde não aceitou, pois gostaria de ficar mas perto das suas bases política.
    Este é o Homem que Ilhéus está precisando gente!
    Jabes de todos os postulantes é o mais preparado, o mais competente e tem o melhor transito nos meios políticos na capital e em Brasília, onde pode alocar recursos para a nossa cidade.
    Vamos lembrar algumas ações do seu governo:
    O PROJETO VIVA O MORRO:
    Este projeto iria dar mais condições e vida a esses moradores fazendo CONTENÇÕES NAS ENCOSTAS, escadarias em todos os morros da cidade, pois na época das chuvas era um caos, colocando os desabrigados no ginásio de esporte e no estádio Mario Pessoa, hoje isto não acontece mais graças ao projeto VIVA O MORORO.
    Foi na sua gestão que a SAÚDE DE ILHÉUS conquistou a Administração Plena da Saúde, e o maior responsável por isso foi o Dr. PAULO MEDAUAR que mediante um trabalho maravilhoso, sério e ético, conseguiu que a SAÚDE DE ILHÉUS fosse referência no Estado e quiçá no Brasil.
    Hoje o que se vê, é um CAOS absoluto, onde falta desde algodão até remédios para salvar vidas de pessoas que necessitam dessa medicação.
    Também na saúde gostaria de lembrar a população que o Setor Odontológico também foi referência naquela época. Enfim na época do Jabes o povo era mais feliz e não sabia.
    NA ÁREA DO TURISMO
    Criou o Quarteirão Jorge Amado incorporando e reformando as RUINAS DO BATACLAN, também a Casa de Jorge Amado, o Teatro Municipal, o Palácio Paranaguá, a da praça J.J. Seabra, dando destaque a estatua de Safho. Não vamos esquecer que foi no governo de JABES que foi construído o Centro de Convenções de Ilhéus.
    Participou de todos os eventos fora de Ilhéus, levando o trade turístico para participar de feiras e exposições divulgando o nome da cidade, onde isso hoje não ocorre.
    NA ÁREA DE EDUCAÇÃO:
    Criou diversos programas como a “Escola Campeã”, do Instituto Ayrton Senna. Ilhéus era a única cidade da Bahia que tinha esse programa. A criação da Maramata, Universidade Livre do Mar e da Mata, sem falar que reformou todas as escolas municipais.
    NA ÁREA CULTURAL
    Construiu o Teatro Municipal, criou a Biblioteca Municipal, Construiu a Concha Acustica, criou o Projeto Seis e Meia, dando valor à prata da casa.
    O Carnaval de Ilhéus em sua época foi um dos melhores que a população já teve. Jabes criou o famoso CARNAVAL CULTURAL.
    NA ÁREA DE OBRAS:
    Construção da Av. Litorânea Norte e parte da Litorânea Sul, Banho de Asfalto e Banho de Luz em toda a cidade e nos Bairros do São Miguel, Nelson Costa, Teotônio Vilela, Urbis e Ceplus, e fez com que seus moradores tivessem mais qualidade de vida.
    Também atendeu a uma reivindicação dos moradores do São Miguel que era a construção de uma PASSARELA o que foi feito.
    O aterro sanitário do Itariri hoje lixão e muito mais obras que não lembro.
    NA ÁREA DO ESPORTE:
    A ampliação, construção e reforma do Estádio Mario Pessoa, das quadras poliesportivas nos bairros. Ajuda financeira ao Colo Colo e a Seleção de Ilhéus para a disputa do campeonato baiano.
    E vale lembrar a criação da ZPE hoje em fase de implantação, municipalizou o transito hoje uma fabrica de multas
    Isso amigo é um TERÇO das OBRAS DO QUE O FUTURO PREFEITO DE ILHÉUS FEZ, agora aguarde o seu retorno.
    José Torres Brandão.

  16. MUITO BEM JOSE TORRES,VOCE E 99,99999999999999999999999999%DO NOSSO POVO TEM MEMORIA.DIAS DIFICEIS SãO ESSES QUE ESTAMOS PASSANDO COM ESTES DESQUALIFICADOS NO PODER,SEM PROJETOS,SEM INICIATIVA,SEM PREPARO.VOCE ESQUECEU DA CRIAÇÃO DO GRANDE ESTACIONAMENTO ALI ONDE ERA O ANTIGO ARMAZEM,DO CENTRO CULTURAL DE OLIVENÇA,DO CIRCO FOLIAS DA GABRIELA,2 DE JULHO,DO CENTRO MEDICO DA CONQUISTA.QUANTO MAIS AGENTE FALA ,MAIS AGENTE LEMBRA,E A PRAÇA DO TEATRO?COMO PODEMOS VER EXISTEM 2 ILHEUS,1 ANTES DE JABES e OUTRA DEPOIS DE JABES!PORTANTO A SUA VOLTA É ESPERADA,ANTES QUE ACABEM COM TUDO.COM MEU APOIO ,DA MINHA FAMILIA,AMIGOS,VIZINHOS E O POVO DE ILHEUS

  17. voces esqueceram da central de abastecimento do nelson costa da praça da urbis,da creche,do centro odontologico napoleão marques,do posto de saude que aqui funcionava muito bem hoje não tem nem mertiolate.oi é tanta coisa que JABES fez,que ele tem que voltar urgente ,senão do jeito que vai naõ vai ter nem quem apague a luz,isto é se ainda sobrar alguma com esta quadrilha que aí esta……ate lampada eles carregam pra casa ,sem falar do resto…..

  18. jabés voce faz vergonha na nossa cidade pois o que fez para ilheus sendo que o mesmo nunca teve projetos nem estrutura de beneficiar a cidade ,todas as empresa de ilheus voce dixo ir para itabuna pois queria uma porcentagen para que a empresa fica-se por favor eu não apoio niguem sou um jovem que tivwe que buscar conhecimento fora vai embora vei vai voçê em uma lastima vai cuida das suas fazendas que voçê comprou com o salario de professor !Rsrsrsrsrsrsrsrsrs

  19. Este rapaz de novo não.Ninguém merece este cara na prefeitura de nossa amada cidade. Parece se esqueceu das vaias nos comícios da última eleição. Sai de reto, Satanás!!!!!!!!

  20. é isso ai jabes vai enfrente pois ilheus quer vc de volta com sua competencia e coragem pra trabalhar se o pt vier e bom se nao o povo e que quer vc!!!!!!!!!

  21. Não posso avaliar o governo Jabes Ribeiro com tanta precisão uma vez que tinha apenas 9 anos quando o governo se findou, mas, em compensação, hoje tenho 16 anos de idade acompanhei o atual prefeito desde o início de seu mandato posso e falar sobre a atual gestão com total propriedade e segurança.
    Newton Lima, ainda como prefeito interino no lugar de Valderico Reis (ex-prefeito que teve o mandato caçado), Iniciou sua corrida pelas eleições de 2008 com uma estratégia inteligente, porém trapaceira: Maquiou completamente toda a cidade, transformou-a em um falso “canteiro de obras”. Pra se ter uma noção da irresponsabilidade do atual prefeito de Ilhéus o Estádio Mário Pessoa, supostamente “reformado”, quase ficou de fora das atividades esportivas do Campeonato Baiano de 2008 e até hoje está em péssimas condições, oferecendo risco inclusive para os torcedores. Agora ele volta, tentando a mesma estratégia, o mesmo jogo sujo, a mesma lavagem cerebral – Agora intitulada de “Acelera Ilhéus”: Construindo encostas, reformando a Praça Central, reformando a Praça Ruy Barbosa. Obras que já deveriam ter sido concluídas, mas ele que não é bobo, está deixando para 2012(ano eleitoral) pra mostrar serviço, dizer que fez alguma coisa. Fique de olho, ele é esperto, mas a população é muito mais.
    Um forte abraço a Galera do colégio CEAMEV e do bairro São Domingos (Zona Norte).

  22. O povo de Ilhéus é inteligente e sábio. Certamente colocarão Jabes de volta à Prefeitura de Ilhéus, pois ninguém aguenta mais tanta inoperãncia e incompetência. Já são oito anos perdidos, assim como Itabuna que também vai tirar essa galera do poder. As duas grandes e maravilhosas cidades não suportam mais tanto desmando.

  23. Meu Deus!!! Isso nunca vai acabar!!! O problema dessas cidades aqui do sul da Bahia não são os prefeitos, o problema está na população, na sociedade! Não importa quem vai entrar lá, o desgoverno vai sempre existir. Ninguém quer esse cargo na intenção de ajudar o próximo, quer é o poder, as facilidades, o dinheiro fácil, extremamente fácil e assim são os que apoiam, todos formam uma grande teia que só querem sugar dos cofres públicos. Infelizmente teremeos q conviver com tudo isso o resto de nossas vidas. Se um dia, por um milagre ou uma grande obra divina surgir alguém com boas intenções, esse alguém não conseguirá governar, porque isso é como um virus, não tem cura!!! A única luz no fim do túnel que consigo enxergar é essa “sociedade” parar, pensar e começar a preparar seu filhos para serem HOMENS, pessoas do bem, que pensem no coletivo, aí sim, com muitos anos de investimentos poderemos quem sabe, oferecer algo de bom para nossos netos, bisnetos!!! Quanto a nossos filhos, infelizmente esses ainda não vão poder colher os bons frutos dessa nova geração que poderia surgir!!!

  24. Pobre cidade que vê na volta de um prefeito que governou por três mandatos e que o expulsou da prefeitura como um verdadeiro câncer, a solução dos seus problemas. Também pudera ter passado por um tsunami de incompetência chamado Valderico e agora por um homem sem a menor aptidão política, sem o menor preparo, um verdadeiro boneco nas mãos dos outros. É Ilhéus… Que Deus ilumine seu futuro!!

  25. Tenho certeza que essa turma que está querendo a volta de Jabes à prefeitura, são aqueles que junto com ele governaram a cidade de Ilhéus por quase 20 anos e querem voltar pra mamar nas tetas da viúva. Agora eu quero saber como ele vai proceder com aqueles que só eram amigos do poder e que até hoje estão na prefeitura e passaram pelos governos de Valderico e hoje estão no de Nilton Lima. São aqueles de sempre que não deram certo em lugar nenhum e só conseguem “boquinha” em órgãos públicos. ABRE O OLHO JABES!!!!! Essa turma só quer mamar, pois não tem competência. O povo quer uma mudança geral.

  26. Eu tinha 20 anos quando esse Sr. já era Prefeito aí. Hoje com 57 anos longe dessa cidade ainda quer voltar? Pensei que já tinha morrido. Renova esses Políticos, onde estar a nova geração? As mesmas caras a décadas. A cidade anda um “Lixo”. Tbm o povo se comportam como “Provicianos”. E a verba indo pelo “RALO”.

  27. É muita cara de pau desse Jabes ainda pensar em se candidatar a prefeito de Ilhéus. Um homem que só fez usar a prefeitura pra beneficiar seus parentes e amigos, nada fazendo pela cidade e pelo povo Ilheense. Tome vergonha na cara e suma daqui! Vá tentar enganar pessoas em outro lugar, pois aqui nós sabemos muito quem vc é!!!

  28. Ele não está errado em sair candidato, desde que esteja regular coma justiça, porém quem tem que dar uma resposta é a população não votando nele e falar o nome dele é estar fazendo propaganda e o colocando em evidência. A população de Ilhéus que deveria tomar vergonha na cara e não se vender por uma telha, uma caçamba de areia, r$ 50,00 e outras coisas, o que precisam mesmo é de aprender com o passado e não colocar mais certos tipos de políticos em evidência, acorda população e vamos escolher o menos ruim a fim de que políticos como ele não assumam a prefeitura de Ilhéus novamente e agora é para tirar o que não tiraram durante esses anos(ele e a turminha dele) e depois adeus Ilhéus.

  29. VAMOS OLHAR PARA O FUTURO , VAMOS DEIXAR DE APEGOS , ACORDA ILHÉUS!COLOCA JABES DE NOVO , ESTE É CAPAZ , SABE TRANSITAR POR TODO LADO ,CONHECE O ALFABETO DA POLITICA , TEM CONHECIMENTO , E SABE CONDUZIR ESTA CIDADE ! QUEM NÃO GOSTA APRESENTE UM NOME!

  30. Até´parece que o Senhor Jabes, se esqueceu do mal que ele fez aos ilheenses,vou lembrá-lo alguns,a perseguição as pessoas que não aceitavam seu autoritarismo,ele que fala tabto em democracia, quando está fora, no governo se trasnforma em um verdadeiro tirano.Isso sem contar com o que nós perdemos:Petrobrás,fábrica de marmmoraria entre tamnos outros.Nós ilheenses temos que partir do nada, esquecer todas as mazelas causadas por atos do passado e dar oportunidade ao NOVO, SEM RAIVA, RANCOR, MAS COM ESPERANÇA NO CORAÇÃO. Afinal nós merecemos.

  31. Quanta inveja de Jabes tem a turma de Ângela, Newton Lima,
    os beneficiados do PSB e os frustrados do PT.
    O povão tá com Jabes, o melhor prefeito para Ilhéus.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top