skip to Main Content
7 de abril de 2020 | 01:14 pm

PAULO LIMA DENUNCIA SECRETÁRIA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O jornalista Paulo Lima abriu o verbo no programa Alô Cidade, na TV Itabuna. Sem rodeios, Paulo disse que a secretária-particular do prefeito Capitão Azevedo, Joelma Reis, literalmente tentou comprá-lo.
Dinheiro em troca de elogios ao governo, of course.
 

SITE OFICIAL É PEÇA DE MUSEU

Tempo de leitura: < 1 minuto

No site, Augusto Macedo ainda é secretário

A Prefeitura de Ilhéus mantém no ar um site completamente desatualizado, no qual ainda é possível ver o vice-prefeito Mário Alexandre com o antigo layout abaulado e onde o secretário de Assistência Social ainda é Augusto Macedo, defenestrado no mundo real, mas não no virtual (o do governo, pelo menos). Na página da Secretaria da Saúde, aparece a foto do ex-secretário Antônio Carlos Rabat e por aí vai…
Nesta terça-feira, 2, a Prefeitura divulgou informação sobre nova lista de candidatos a se habilitar no programa Minha Casa, Minha Vida e indica o site oficial como um dos locais onde é possível verificar a relação.
É piada!

UESC DEFINE CALENDÁRIO PARA ELEIÇÃO A REITOR

Tempo de leitura: < 1 minuto

A Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) escolhe o novo reitor no dia 30 de novembro. O calendário eleitoral da universidade prevê registro de candidaturas nos dias três e quatro de novembro.
A caça aos votos começa no dia oito e vai até 26 de novembro. Até aqui, a vice-reitora Adélia Pinheiro já se lançou na disputa pelo comando de mais de R$ 130 milhões por ano. A candidatura de oposição pode ser, novamente, a do professor Walter Silva, informa o Políticos do Sul da Bahia.

DEIXA ISSO QUIETO, LUIZA!

Tempo de leitura: 2 minutos

Ricardo Ribeiro | ricardoribeiro@pimentanamuqueca.com.br
 

Receio dizer que sou contra o projeto de lei estadual 19.203, da deputada Luiza Maia (PT).

 
Já escrevi alguns artigos contra a baixaria generalizada, que intoxica ouvidos voluntários e involuntários na Bahia. Chamam de música, mas não passa de lixo irreciclável, produto sem classificação, feito para quem diz querer curtir apenas o ritmo, sem se importar com a letra, como explica uma adepta enquanto desce até o chão.
Tenho ojeriza a esse detrito cultural que domina há alguns anos o carnaval da Bahia e é tocado em bares, micaretas, festa de largo, quermesse e até em aniversário de criança. É de pasmar ver menininhas inocentes a destrinchar coreografias obscenas, ao som de “Foge, foge, Mulher Maravilha”, “Só as cachorras” ou outra porcaria aviltante do mesmo naipe.
A deputada estadual Luiza Maia (PT), autora de projeto de lei que propõe a vedação de recursos públicos para o patrocínio de eventos onde se promove o culto à baixaria,  já falou que não quer censura. Ela não perdeu a chance de avisar que também é pagodeira, mas pouco adianta. Certamente, a turma acha atrasado e reacionário esse povo metido a besta para quem música de duplo sentido era, no máximo, um “Pagode Russo” (aquela que dizia que “na dança do cossaco, não fica cossaco fora”). Daquela brincadeira maliciosa do velho Lua, a coisa degringolou e não dá para chamar de arte ou qualquer coisa semelhante as melodias pobres que se conjugam com um fraseado chulo, apelativo e sem inspiração.
Ainda assim, receio dizer que sou contra o projeto de lei estadual 19.203, da deputada Luiza Maia (PT). As intenções da parlamentar podem ser as melhores, mas a iniciativa não dará certo e já começou criando um paredão em defesa da fuleiragem.
Um causídico, com embasamento constitucional, afirma que a proposta da petista se traduz em censura prévia, o que é vedado pela lei maior. Produtores da submúsica também já se levantaram, num alto lá contra a deputada, que corre o risco de virar tema de alguma produção misógina das “criativas” bandas que ela pretende boicotar.
Como se vê, o projeto trouxe o lixo para o centro das atenções e os holofotes podem acabar até fazendo bem para a indústria do detrito cultural. Pior ainda é que a intenção da deputada acabe criando em torno de tais “músicas” uma aura de coisa proibida, estimulando a curiosidade e levando muitos incautos a experimentar a droga.
Ops, o assunto era outro. Ou não?
Ricardo Ribeiro é um dos blogueiros do PIMENTA.

HOMEM É PRESO COM 72 PEDRAS DE OXI

Tempo de leitura: < 1 minuto

O traficante Tarciso dos Santos, de 32 anos, foi preso em Ilhéus com 72 pedras de oxi, 115 gramas e mais 14 papelotes de cocaína, fermento químico e uma balança de precisão. A prisão em flagrante ocorreu no bairro universitário do Salobrinho. Tarciso responderá por tráfico e ficará à disposição da Justiça no presídio Ariston Cardoso.

TCE LIBERA PPP DA ARENA FONTE NOVA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) liberou o contrato de Parceria Público-Privada (PPP) para a construção da Arena Fonte Nova em Salvador, uma das 12 sedes da Copa 2014. O pleno do TCE julgou recurso do governo baiano no início da noite e acabou por liberar o contrato com o consórcio OAS-Odebrecht, segundo a assessoria do governador Jaques Wagner.
O procurador do Estado, Caio Druso, por meio da assessoria governamental, interpretou a decisão do tribunal como “reconhecimento da validade e da legalidade do contrato de PPP firmado”. Uma auditoria especial do TCE acompanhará a execução do contrato.
Antes, um parecer do conselheiro Pedro Lino emperrou a liberação integral de um empréstimo superior a R$ 591 milhões. De acordo com relatórios da Fifa e do TCE, 20% da obra já foi executada. Salvador é uma das candidaturas a sediar, em 2013, a Copa das Confederações, evento da Fifa que antecede a Copa do Mundo.
Às 21h30min – O conselheiro Pedro Lino disse ao Bahia Notícias que foi analisado apenas a liberação de 20% do valor do empréstimo do BNDES para a obra. O julgamento da PPP da Arena Fonte Nova havia sido retirado de pauta antes da sessão.

PLANOS DE SAÚDE TERÃO QUE COBRIR MAIS DE 60 PROCEDIMENTOS MÉDICOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Da Agência Brasil
A partir de 1º de janeiro de 2012, os planos de saúde serão obrigados a oferecer a cobertura de mais 60 procedimentos médicos. A nova lista de serviços foi publicada hoje (2) no Diário Oficial da Uniãopela Agência Nacional de Saúde Suplementar  (ANS).
Entre os novos serviços estão 41 cirurgias por vídeo (uso de câmeras especiais), como para redução de estômago. Esses procedimentos são menos invasivos do que as operações convencionais. Outras novidades são a ressonância magnética para pessoas com câncer, o tratamento de doença ocular com aplicação de injeções e o uso de medicamentos especiais em casos de artrite reumatoide, assim como novas tecnologias para o tratamento de portadores de câncer de colo retal com metástase.
O rol de serviços beneficia usuários de planos de saúde contratados a partir de 1º de janeiro de 1999. A lista completa de procedimentos pode ser acessada no site da ANS.

"LATAS VELHAS" CONTINUAM NO TRANSPORTE ESCOLAR

Tempo de leitura: < 1 minuto

Apesar do cancelamento do contrato entre a Prefeitura de Ilhéus e a empresa ST Transportes, ligada ao vereador Jailson Nascimento (PMN), os ônibus da ST continuam circulando pela cidade. Em algumas áreas da zona rural, as conhecidas “latas velhas” transportavam estudantes nesta segunda-feira, 1º.
Segundo informações, uma das empresas contratadas pela Prefeitura para realizar o transporte escolar alugou ônibus da ST para prestar o serviço. Os novos contratos foram firmados sem licitação.
Nesta terça-feira, 2, o vereador Jailson Nascimento procurou o PIMENTA para negar ter qualquer relação com a ST. De acordo com ele, a empresa pertence ao empresário Sérgio Teles.

OPERAÇÃO SUSTO EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto

A Operação SUSto, da Polícia Federal, será estendida a vários municípios sulbaianos, inclusive Itabuna, de acordo com a direção regional da corporação.
O que vai ter de gente “se virando nos trinta” neste e nos próximos dias…

CASO DOS AGENTES TEM REPERCUSSÃO NACIONAL

Tempo de leitura: < 1 minuto

Alguns dos principais veículos de comunicação do país reproduziram as cenas de agressão ocorridas em Itabuna, no último sábado (30), no Castália, quando um arrombador foi dominado por agentes de trânsito e, em seguida, espancado também por moradores. Portais como o G1 e programas como o Jornal Hoje, da Rede Globo, abriram espaço para falar das cenas. Os agentes respondem a sindicância e foram afastados (veja nota abaixo).

Back To Top