skip to Main Content
26 de fevereiro de 2020 | 07:28 am

MPF COBRA DO IPHAN A RESTAURAÇÃO DA CAPELA DE SANTANA

Tempo de leitura: 2 minutos

Lixo e cupim ameaçam construção do século XVII

Capela corre o risco de desabar, segundo procurador da República (Foto MPF).

Rachadura e cupim comprometem um dos mais antigos patrimônios do Brasil (Foto Marineusa Cruz/Pimenta).

O Ministério Público Federal em Ilhéus acionou o Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) para que restaure, imediatamente, a Capela de Nossa Senhora de Santana, na localidade de Rio de Engenho, em Ilhéus. A estrutura corre risco de desabar devido ao nítido estado de abandono e avanço dos cupins.
De acordo com vistoria do procurador da República, Eduardo El Hage, existem goteiras em vários locais da capela, as alvenarias estão desgastadas e as esquadrias, danificadas.
Outros riscos averiguados pelo procurador: rachaduras na fachada principal, instalações elétricas precárias e imagens necessitando de recuperação.
El Hage ainda enfatiza o risco de dano de “difícil reparação do ponto de vista cultural, histórico e arquitetônico”. O MPF não identificou, nos cartórios locais, o responsável direto pela capela do Século XVII. A capela foi tombada pelo Iphan em 20 de fevereiro de 1984.
Em 2005, o município e o Sebrae iniciaram um projeto que tornaria a localidade onde encontra-se instalada a capela uma trilha do turismo histórico e religioso, mas as ações não avançaram.
Até mesmo objetos e símbolos do Brasil colonial se perderam com o tempo em Rio de Engenho, a exemplo do aqueduto construído por escravos e o que restou do engenho de Sant´Anna. Foi nesta localidade que ocorreu a primeira greve de trabalhadores do Brasil, ainda no século XVI.

Esta publicação possui 0 comentários
  1. É só uma correção para saber diferenciar uma da outra. Na devoção católica o título de “Nossa Senhora” só atribuímos a mãe de Jesus. Santa Ana ou Santana, é a mãe de Nossa Senhora, a Mãe de Jesus, cujo dia dedicado a ela é 26 de julho. Por questão de carinho à Avó do Cristo, a chamamos de “Senhora” Santana, pela questão dela ser uma santa idosa, e que sendo idosa concebeu Maria, a Mãe de Jesus, quando isso para a sociedade na época era impossível, mas ela engravidou da mulher mais importante que a humanidade já conheceu. Porque dela nasceu uma mulher predestinada a concretizar o projeto do Pai.
    Portanto é Ana, a esposa de Joaquim, a mãe de Maria, a avó de Jesus, sogra de São José. Santa Ana, Sant’anna ou Senhora Santana, nunca Nossa Senhora de Santana, pq não existe esse título de devoção à Nossa Senhora, Mãe de Jesus…
    Estanto assim esclarecido, encerro pendido a intercessão de Senhora Santana, para que abençoe as nossas vovós, nossos idosos, que na época do Cristo eram tidos como exemplo de vida, devotados de todo respeito pela sociedade e assegurado de todos os cuidados até fim de sua vida córporea e hoje, por muitos e pelo nosso país são vistos como um peso, uma despesa, um estorvo, sabendo que nós chegaremos lá ou não…
    O Brasil precisa saber envelhecer…

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top