skip to Main Content
18 de janeiro de 2021 | 04:16 pm

UMA QUESTÃO DE JUSTIÇA

Tempo de leitura: 2 minutos

Gerson Menezes | publixcriativo1987@hotmail.com

Geraldo via a conquista desse empreendimento como sendo a educação de nível universitário a principal conquista e da consolidação das vocações de Itabuna.

A criação da Universidade Federal do Sul da Bahia (Ufsulba) é uma dessas paternidades assumidas por muitos que mal conheciam ou tiveram qualquer relacionamento com a “ideia-mãe”.
Ao ser feito o anúncio da decisão do Ministério da Educação, sobre a criação de mais duas universidades federais na Bahia – uma no Oeste, com sede em Luís Eduardo Magalhães, e outra no Sul da Bahia, com sede na cidade histórica de Porto Seguro ou Itabuna, omitiram que o verdadeiro “pai” da ideia foi o deputado federal Geraldo Simões.
Em 2002, a pedido de Geraldo, quando era prefeito de Itabuna, o então candidato a presidente, Luiz Inácio Lula da Silva, se comprometeu publicamente em criar a Ufsulba, reconhecendo a dívida que o governo federal tinha com a Bahia, que só dispunha de uma universidade federal, a UFBA, em Salvador.
No seu pedido a Lula, Geraldo via a conquista desse empreendimento como sendo a educação de nível universitário a principal conquista e da consolidação das vocações de Itabuna, ao lado do comércio; da medicina e da prestação de serviços.
A vitória agora anunciada com a decisão do MEC em implantar a Universidade Federal do Sul da Bahia, foi fruto, mais uma vez, da luta silenciosa do deputado Geraldo Simões, ao solicitar ao deputado Nelson Pellegrino, líder da bancada baiana no Congresso Nacional, a reunião realizada no MEC, que contou com a presença de 22 deputados baianos em apoio à medida.
Vinte e um deputados presentes apoiaram o pleito de Geraldo para que a sede (Reitoria) seja instalada no campus de Itabuna ao invés de Porto Seguro, como havia sido definido pelo MEC, apenas levando em conta a questão histórica, ligada ao Descobrimento do Brasil.
Quando for concretizada, a luta iniciada por Geraldo deverá ser vista e considerada como o maior presente recebido por Itabuna, pelo seu centenário. Representará verdadeiramente a consolidação de Itabuna, como polo estadual e regional de educação universitária, abrindo as portas para a criação de um novo polo de desenvolvimento de excelência.
Gerson Menezes é publicitário.

Esta publicação possui 0 comentários
  1. Senhor Gerson,
    Durante mais de 30 anos a Bahia teve apenas uma Universidade Federal, enquanto Minas Gerais (só para citar um exemplo), tinha 7 (isto mesmo, sete) Universidades.
    Em movimento supra partidários, à mais de 10 anos, parlamentares da Bahia conseguiram emplacar a Univerdidade do Vale do São Francisco em Juazeiro/Petrolina e, depois, a Universidade do Reconcavo.
    Sempre que uma obra desta é anunciada, surgem vários “pais” que dizem ter “pedido” a obra para uma autoridade.
    A verdade é que a função do Parlamentar Federal é VIABILIZAR o empreendimento, no Legislativo e no Executivo. Deputados do baixo clero, tipo Geraldo Simões ficam apenas no “pedir”.
    A grande obra “viabilizada” pelo Geraldo VB Simões foi a TRIPLICAR os salários ds Ceplac, cujos servidores foram empossados em cargo público (fiscais do MAPA) SEM CONCURSO, ao arrepio da Constituição e da Lei. A compra do silêncio da corporação Ceplaqueana está custando caro ao bolso do contribuinte brasileiro.
    O povo que se exploda!!!

  2. Porriso que eu amo meu deputado, e para aqueles que vivem falando que ele ñ faz nada,fiquem caladinhos, por que contra fatos ñ existe argumentos!! Ah é por sinal quem ñ gosta dele por favor deitem na BR!!
    Eu sábia que Pai e Mãe ñ iriam falta para essa Facudade, mais o verdadeiro pai tem nome e sobre nome.
    Geraldo Simões!!
    FELIZ DIA DOS PAÍS MEU DEPUTADO EM DOBRO!!!

  3. Em muitas linhas o texto do publicitário está corretíssimo, de fato temos que reconhecer a luta do deputado Geraldo, mas não podemos esquecer que de fato quem entrou com o projeto junto à camara federal foi o então deputado Felix Mendonça, como também não podemos esquecer o empenho em discutir com a sociedade do vereador Wenceslau, juntamente com o apoio da deputada Alice Portugal.
    Portanto convenhamos esta criança tem realmente vários pais e todos tem mérito, que bom que seja assim. O que não podemos deixar acontecer é depois de tanta mobilização, reuniões e caminhadas pró universidade ela caia no colo de outra cidade, pois isso sim seria uma grande injustiça, não por desmerecer cidades como Porto Seguro ou Teixeira, mas por termos a vocação conquistada de pólo prestador de serviço e educacional, assim como Porto tem sua vocação natural para o turismo e Teixeira com a celulose.
    Acredito que este seja um momento único dos políticos incluindo aí o governador, retornar a esta cidade tudo que ela contribuiu por tanto tempo nas fases aureas da riqueza do Cacau.
    Espero que todos tenham a sensibilidade, principalmente o MEC em reconhecer não só a luta, mas todos os requisitos que nossa cidade tem e nos dê a honra de sermos a sede desta futura referência em ensino público.

  4. O PROJETO INICIAL É DO EX-DEPUTADO FELIX MENDONÇA.
    O GERALDO SIMÕES SE DE FATO AJUDOU SÓ FEZ O SEU DEVER COMO DEPUTADO FEDERAL E EX-PREFEITO DE ITABUNA.
    A CEPLAC POSSUI UMA ÁREA EM SUA SEDE NA RODOVIA ILHÉUS A ITABUNA(PECUÁRIA) VIZINHA A EX-FAZENDA SAUDADE TOTALMENTE ABANDONADA.
    O LOCAL DO CAMPUS VAI SER EM ITABUNA ou EM ILHÉUS?
    NA CEPLAC(ILHÉUS) ÁREA DE PASTO(SEM PROBLEMA AMBIENTAL)ÁREA PLANA, COM TRANSPORTE PÚBLICO NA BEIRA DA RODOVIA(TRÊS EMPRESAS DE TRANSPORTE COLETIVO)NÃO SERIA O LOCAL MAIS BARATO E RÁPIDO DE CONSTRUIR O CAMPUS?

  5. Geraldo Simões estar de parabéns,é assim que se luta por itabuna e região,com isso as duas maiores obras de Itabuna são conseguidas por Geraldo,a base do gasoduto em ferradas,e a Universidade federal.

  6. Sr. Jader Tavares, a Ceplac esta situada no municipio de Ilheus. A UFSulba será em Itabuna. Por mais rapido que seja, nao condiz esse argumento, uma vez que Itabuna nao é Ilhéus e vice-versa, fato comprovado pela briga dos atacadoes que estao a 5km do centro de Itabuna, mas pertecem de fato a Ilhéus.

  7. Realmente a primeira pessoa que vi com a intenção desse projeto foi o deputado Geraldo Simões.
    Mérito pra ele, que venha essa Universidade e as portas sejam abertas, pois nesses + de 100 anos de Itabuna creio que será o que de melhor acontecerá.

  8. Essa Universidade,parece mais filho de puta,tem vários pais.
    Só fazendo o teste de DNA para ver quem fica com a paternidade.
    Aqui vai alguns nomes que se intitulam o PAI.
    Ex deputado Felix Mendonça(o velho)
    Vereador Venceslau
    Ex vereador Luis Sena
    Deputada Alice Portugal
    Dep. Nelson pellegrino
    Senador Pinheiro
    Dep.Geraldo Simões,que nunca faz nada ou melhor é suspeito de propagar a terrível vassoura de bruxa.
    Dep.Rosemberg Pinto e com certeza vai aparecer mais candidatos.
    Agora me diga é ou não é filho de PUTA.

  9. A reitoria tem que ser em Itabuna.É a capital regional.Cidade que é pólo em serviços e praticamente serve como ligação pendular com cidades vizinhas.

  10. Não apenas Geraldo está de parabéns, mas todo o governo petista, pois, em nove anos de governo, mandaram a Univasf, a UNFRB, vão mandar a UNILAB para São Francisco do Conde e mais as duas. Isto, como bem falou Charles Carmo de o Recôncavo, é uma correção histórica do Pacto Federativo, visto ter cometido distorções com o NE em relação à Educação.
    E chama atenção a capacidade de criação de nosso povo, pois mesmo defasada em níveis educacionais, é capaz de ter a cultura que tem em âmbito nacional. Imaginem se tivessem o que os outros estados têm. É nisso que devemos pensar, em formar mais e mais cidadãos capazes de conviver e preparados para uma nova realidade que se insere.
    E isto é inegável que é mérito petista. Nenhum outro governo fez e em nove anos deles, a realidade está em transformação.

  11. Não é possível que a sociedade organizada aceite esse desmerecimento. Nossa região há muito reivindica um campus da UFBA. Nós exigimos primeiro, recebemos aceno positivo há muito tempo; esperamos ansiosos e agora vem o Extremo Sul e nos lança fora? Com o aval de quem?

  12. o problema é que a PRESIDENTA não libeou a universidade por causa de félix e de uma lei aprovada em 1995 que foi o primeirro ano de FHC no governo já tem muito tempo isso FHC GOVERNOU 2 vezes de lá para cá e LULA mais 2 vezes e ele félix não destravou o projeto,muito menos por causa de um vereador como wescenlau ele não tem força para isso mesmo com ajuda de Alice,foi Geraldo Simões que conseguiu destravar o projeto.

  13. O que vamos ter de estudantes de fora. Aqui na região nenhum estudante tem capacidade de entrar numa Federal.
    Veremos tomar nossas cadeiras os sulistas.
    Não temos capacidade. Nem a FTC e Unime vão abaixar os preços, pois quem vem são os filhos de papai que nunca trabalharam.
    Geraldo, só faz pedir. Baixo clero.

  14. Geraldo Simões iniciou em sua segunda gestão a viabilização de estudos para a implantação de uma Universidade Federal com sede em Itabuna. Que se iniciaria com uma extensão da UFBA e contava com o apoio do então Reitor Naomar Monteiro. Foi atropelado pelas circunstâncias eleitorais adversas em 2004.
    Ainda que Félix Mendonça tenha tido projeto para implantação de uma Federal sediada em Itabuna temos em Geraldo o mais comprometido com a iniciativa. E Alice Portugal como uma entusiasta.
    Nossos votos de agradecimento ficam para Geraldo, pela proposição no início da década passada. E a todos os demais integrantes da bancada baiana que apoiaram a criação e especialmente àqueles 21 que defendem a Reitoria em Itabuna.

  15. o vereador Wenceslau disse que tambem é o pai da criança,você já viu quem não tem mandato ter força para revindicar algum coisa,Geraldo Simões foi o mais votado da região,é ele que nós demos um cheque em branco para ele defender o sul e extremo-sul da Bahia, e ele tem feito com muita sabedoria,obrigado Geraldo pela nossa UNIVERSIDADE FEDERAL, Wenceslau toma jeito nem se você fosse eleito dep. estadual você teria força para uma revindicação desse nivel,humildade vereador,baixa a bola, valeu meu deputado Geraldo Simões.

  16. Eu espero, REALMENTE, que a Universidade venha, pois só terá a somar, a nos melhorar, …!!!
    O meu medo é justamente a componente política disto tudo, o famoso ôba – ôba, …, pois poderemos estar diante de mais um factóide político para tentar eleger alguém nos próximos anos, …!!!
    Devemos tomar muito cuidado com tantas promessas, …!!!
    Já não bastam a duplicação da Rodovia Ilhéus/Itabuna, a barragem de Itabuna, a ZPE de Ilhéus, o novo Aeroporto, a conclusão das obras do Teatro e do Centro de Convenções aqui em Itabuna, a duplicação entre Ferradas e o bairro Lomanto, apoio aos Pólos (de Informática, de Confecções, Moveleiro, de Granito e Mármore), a nova ponte ligando Ilhéus a Pontal, a Ponte ligando Canavieiras a Belmonte, o terminal de passageiros do porto de Ilhéus, e por aí vai, …?!?!?!
    O problema é que o nosso povo – os capicongos da nossa região – se animam muito cedo, acreditam em tudo, em coisas fáceis, em maquetes e projetos apenas no papel e/ou realidade virtual, parecendo até o personagem de humor pastelão mexicano, o CHAVES, …!!!
    Se tudo que os políticos já prometeram para o sul da Bahia, ao longo do tempo, já estivesse fucnionando (já fosse realidade), esta nossa região seria uma das mais prósperas do país, da América Latina, …, no entanto, qual é a nossa realidade, o nosso dia a dia, …?!?!?!
    Das promessas que eu citei logo acima, o que foi que já virou realidade mesmo, …?!?!?!
    Portanto: CUIDADO, CAPICONGOS, …!!!

  17. Não sou fã do Geraldo e não concordo com umas atitudes dele como de por a muhler como candidata…
    Porémg ostando de Geraldo ou não ele foi o que chamou a atenção e tem uma grande paricipação sim…
    Sei pq acompanho a política de Itabuna.

  18. Esse deputadozinho de meia tigela (Ficha Suja e Cabeça de Pitu), não tem influência nem para fazer o Wagner construir apenas uma sala de aula em Itabuna.
    Entretanto, os abestalhados e pelegos demonstram o quanto ainda há verbas públicas para pagar malandros defensores de deputados vagabundos e corruptos.
    Quem vota em ladrão, não tem moral de reclamar da corrupção.
    Todos que aqui defendem o pústula do geraldo s. de oliveira, são seus asseclas, lacaios e estão pouco se importando com a qualidade de vida do povo itabunense.

  19. Infelizmente no intuito de agradar o Deputado Geraldo Simões, o competente publicitário Gerson Menezes esqueceu de pesquisar para poder afirmar que é o verdadeiro para da criança.
    Se tivesse pesquizada iria saber pois está nos anais da Camara Fedeal o Prejeto de Lei nº 7533/2006, onde o Ex-Prefeito de Itabuna e Ex-Deputado Federal pede solicita ao Executivo a criação da Universidade Federal de Itabuna, portanto para que não paice nenhuma dúvida é de bom alvitre os comentáristas lerem o projeto de Lei acima citado. SE A CRIANÇA TEM UM PAI ESSE PAI É O EX-DEPUTADO FELIX MENDONÇA.Que é bom que se diga sempre contou com o apoio do hoje Senador Walter Pinheiro.

  20. O mau julgador, por si julga os outros!
    Dizem que cada homem tem seu preço, que nem sempre é aquilatado por um valor monetário. Amizade, lealdade e até crença, podem ser o preço de um homem. Há, no entanto o preço vil, que sempre é o preço pago aos homens de mau caráter. Justamente aqueles que levianamente julgam aos outros conforme sendo a sua imagem e semelhança de caráter.
    Gerson Menezes

  21. Olha, a reitoria tem que ser em Itabuna pois é a capital regional do sul da Bahia. e nossa população espera isso a muito tempo trazendo oportunidades para os jovens de hoje em dia.

  22. val cabral se esqueceu que quem apoiar ladrão é ele que apoia cuma ver se enxergar radialista jabazeiro.quanto ao Afrânio é bom vc lembrar que antes dessa lei aprovada em 2006 Geraldo Simões como prefeito em 2004 levantou a bandeira e se reuniu com então ministro da educação Tarso Genro reivindicando a universidade federal para Itabuna,o ministro atendeu o pedido mais o prefeito eleito de val cabral na epóca abandonou o projeto botando tudo a perder,chegou até dizer um dia após a vitória numa entrevista na santa cruz que a universidade era promessa de Geraldo que ele que foi eleito não tinha nada ver com isso,portanto Afrânio queira ou vc não queira o pai da criança é Geraldo Simões.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top