skip to Main Content
26 de maio de 2020 | 02:20 am

UESC: VALTER SILVA DIZ QUE É PRÉ-CANDIDATO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Valter vai para segunda disputa.

O professor Valter Silva confirmou ao PIMENTA a sua pré-candidatura a reitor da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc). Em 2007, Valter foi para o embate com Joaquim Bastos e obteve 40% dos votos. Agora, acha que dá para, enfim, ser tratado de magnífico ao final do processo eleitoral, em novembro. “Estou bem mais preparado”, completa.
As bandeiras do atual presidente da associação de docentes da Uesc continuam idênticas às de 2007 – educação pública, gratuita e de qualidade, autonomia universitária e democratização da gestão da Uesc. Para o professor, a eleição de 2011 apresenta diferenças marcantes em relação a 2007:
– A realidade da Uesc é outra. A nossa impressão é que a comunidade acadêmica não suporta mais a forma em que a universidade vem sendo administrada.
O embate não será fácil. A disputa, além de Valter, deve trazer outros dois nomes. Um deles é o da vice-reitora Adélia Pinheiro, que terá o apoio de Joaquim Bastos. Mas ainda há a pré-candidatura da professora Mayana Brandão.

AZEVEDO "PERIGA" NÃO SER CANDIDATO

Tempo de leitura: < 1 minuto

O chamego entre os ex-prefeitos Fernando Gomes (sem partido) e Geraldo Simões (PT) está longe de ser a maior das preocupações do atual chefe do executivo itabunense, Capitão Azevedo (DEM).
Revela o site Cia da Notícia que o prefeito contratou um poderoso escritório de advocacia, com especialidade na área eleitoral, e a intenção é obter um parecer acerca da possibilidade de uma candidatura à reeleição.
O prefeito estaria com suas pretensões políticas sob ameaça por ter ocupado várias vezes a cadeira do titular quando foi vice de Fernando Gomes (2005-2008). De acordo com a Resolução 23 048, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), as substituições configurariam exercício de mandato e permitiriam apenas uma eleição para período subsequente.
Para o Cia, “caso surja um impedimento jurídico (para Azevedo), dentro do DEM tá assim de gavião para dar uma rapinada no direito de lançar candidato a prefeito de Itabuna”.

CAI MAIS UM NO "BIG BROTHER DA DILMA"

Tempo de leitura: 4 minutos

O ministro da Agricultura, Wagner Rossi, passou a bola adiante e apresentou carta de demissão à presidente Dilma Rousseff. Rossi dissenão suportar a “saraivada de acusações falsas”. E deu a pista:
– Sei de onde partiu a campanha contra mim. Só um político brasileiro tem capacidade de pautar Veja e Folha e de acumular tantas maldades fazendo com que reiterem e requentem mentiras e matérias que não se sustentam por tantos dias.
Wagner Rossi cai diante de acusações de irregularidades no cargo e passeio em jatinho de multinacional com negócios bilionários com o ministério. É o quarto em menos de oito meses de Governo Dilma. Até agora caíram Antônio Palocci, Alfredo Nascimento e Nelson Jobim, além de Rossi. Confira, abaixo, a carta de demissão com a cacetada em adversários e na imprensa.

Leia Mais

UFESBA: UMA VITÓRIA DE TODOS

Tempo de leitura: 2 minutos

Wenceslau Júnior | wenceslauvereador@gmail.com

Sem a pressão popular exercida na região sul, certamente não teríamos alcançado esta vitória.

Finalmente o sonho de ver criada uma Universidade Federal do Sul da Bahia se torna realidade. Terça-feira, dia 16, a presidenta Dilma anunciou a política de expansão do ensino superior, na qual foi incluída a criação da nossa universidade.
Embora muitos atores reivindiquem a paternidade da criação da UFESBA, alguns com algum fundamento, outros sem qualquer participação, o que importa é o resultado desta batalha travada, especialmente nos anos de 2009 a 2011.
Vários deputados federais baianos participaram desta luta, principalmente na reta final, ocasião em que a bancada de senadores e deputados federais baianos deram uma verdadeira demonstração de unidade política em torno da reivindicação.
É fundamental destacar a participação dos movimentos sociais neste processo. Sem a pressão popular exercida na região sul, certamente não teríamos alcançado esta vitória.
A Câmara Municipal de Itabuna, através do nosso mandato de Vereador, apoiado nos mandatos dos deputados federais do PCdoB, Alice Portugal e Daniel Almeida, iniciou em 2009 uma articulação política que extrapolou as fronteiras de Itabuna e ganhou a região.
No início se pensava em um Campi da UFBA aqui, na oportunidade, em março de 2009 trouxemos o então reitor Naomar Almeida. Em seguida, mudamos o foco e passamos a reivindicar a criação de uma nova Universidade.
Foram realizadas Sessões Especiais em Câmaras de Vereadores e debates em Escolas, mobilizando a população regional. Cidades como Itajuípe, Camacan, Uruçuca, Coaraci, Itacaré, Canavieiras, Ibicaraí, Jussari, Ubatã, entre outros municípios, se envolveram efetivamente na luta coroada com uma grande passeata realizada no dia 30 de novembro de 2009.
Em 2010, tanto eu quanto Alice Portugal, candidatos a deputado estadual e federal, respectivamente, colocamos como plataforma política prioritária a luta pela a criação da universidade do sul da Bahia.
Os sindicatos ligados à CTB, a UJS, o DCE-UESC, a Associação Comercial de Itabuna, a OAB, os clubes de serviço, as Câmaras de Vereadores e Lojas Maçônicas da região participaram efetivamente do movimento.
No dia 12 de maio de 2011, em audiência solicitada pelo nosso mandato e articulada pela bancada baiana, finalmente o Ministro da Educação, Fernando Haddad, ao receber o documento reivindicatório, sinalizou positivamente para a criação da Universidade do sul da Bahia.
Durante todo este processo, o Governador Jaques Wagner teve um papel destacado na defesa da implantação da nossa universidade.
Após uma disputa política com o município de Porto Seguro, finalmente Itabuna, que já havia assegurado um Campi, conseguiu ser contemplada como sede da futura Reitoria.
É importante ressaltar que foi a luta suprapartidária que conseguiu incluir a região sul nesta política de expansão.
Agradecemos à Presidenta Dilma, ao governador Wagner, à bancada de Senadores e Deputados Federais da Base, mas parabenizamos, principalmente, a todos que de alguma forma se envolveram nesta vitoriosa luta.
Defendemos a instalação da futura universidade em Ferradas, homenageando o centenário de Jorge Amado, como forma também de revitalizar aquela comunidade.
Wenceslau Júnior é advogado, professor da Uesb, coordenador do Comitê Ufsulba e presidente do PCdoB de Itabuna.

TRE JULGA A FAVOR DE "EUNICE"; PMDB-BA RECORRE

Tempo de leitura: < 1 minuto

O PMDB baiano, comandado pelos irmãos Lúcio e Geddel Vieira Lima, entrou com ação contra o prefeito de Salvador, João “Eunice” Henrique, hoje no PP. Alegava infidelidade de João. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) deu ganho de causa ao prefeito.
O tribunal entendeu que JH teve motivos suficientes para sair do partido devido à sequência de ataques pessoais do ex-ministro Geddel Vieira Lima, que vai recorrer da decisão. A distância entre eles ficou ainda maior quando João decidiu não apoiar a candidatura do peemedebista ao governo baiano.
Ontem, Geddel dizia ao PIMENTA, via Twitter, que existiam várias “Eunices” (traidores) na vida recente do PMDB estadual (relembre aqui).
E advinhe quem integra a lista…

PF PRENDE 23 EM OPERAÇÃO CONTRA SONEGAÇÃO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Ilha na Baía de Todos os Santos foi um dos alvos da operação (foto Divulgação /Receita Federal)

Do G1:
A Polícia Federal informou, às 17h22 desta quarta-feira (17), que 23 pessoas foram presas na Operação Alquimia. A megaoperação que envolve, além da polícia, a Receita Federal e o Ministério Público Federal, cumpriu todos os 129 mandados de busca e apreensão. Dezessete estados e o Distrito Federal são alvos da ação para desmontar uma suposta organização criminosa que comandava esquema bilionário de fraudes ao Fisco e desvio de tributos.
Dos 63 mandados de condução coercitiva (quando a pessoa é levada para prestar esclarecimentos na delegacia), 45 foram cumpridos. Ao todo, são 31 mandados de prisão.
Segundo a Polícia Federal, foram apreendidos 2,5 quilos de ouro em barra, R$ 40 mil em espécie em apenas um dos locais vistoriados pelos agentes, oito jet skis e uma lancha em uma ilha na Bahia, três armas de fogo, quase uma centena de veículos e esquipamentos industriais de empresas investigadas, além de documentação contábil, hardwares (HD) e mídias de computador, entre outros.
Leia texto completo

CARROS MOVIDOS A GÁS PARAM EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Proprietários de veículos movidos a gás natural em Itabuna estão há dois dias sem poder reabastecê-los. Apenas um posto de combustível fornece gás natural veicular (GNV) no município, o Universal (em frente ao parque de exposições Antônio Setenta). A gerência do estabelecimento diz que o problema se deu num dos equipamentos de compressão da Bahiagás.
De acordo com o gerente do posto Universal, Gilvan Dias, a Bahiagás informou que uma peça teria de ser substituída, mas ela é importada da Argentina. “Eles não deram previsão de quando o abastencimento será normalizado”. Os postos mais próximos que fornecem GNV estão em Eunápolis e Valença. O prejuízo tem sido grande para taxistas e donos de veículos que operam no transporte escolar.

PRESIDENTE DO FLU DE FEIRA É BALEADO EM "SAIDINHA BANCÁRIA"

Tempo de leitura: < 1 minuto
O atual presidente do Fluminense de Feira, Luiz Paolilo, foi assaltado no início da tarde desta quarta-feira (17) em Feira de Santana. O dirigente do clube disse ao Acorda Cidade, que saiu de uma agência do banco Itaú portando uma quantia de R$ 4.700,00  para liquidar uma dívida de contribuições sociais do clube que foi recentemente renegociada junto ao INSS. Os bandidos deram dois tiros em Luiz Paolilo, que pensava ser brincadeira quando os ladrões anunciaram o assalto.

MOBILIZA ITABUNA!

Tempo de leitura: < 1 minuto

Uma campanha contra a violência em Itabuna acaba de ser deflagrada no Facebook. Por meio do perfil Mobiliza Itabuna, o internauta cadastrado na rede social poderá relatar casos, apresentar sugestões para o combate à violência na cidade.
Desde o dia 1º de janeiro até ontem, Itabuna registrou mais de 70 homicídios e viu crescer em mais de 33% o número de roubo de carro, por exemplo.
Para acessá-lo e participar, clique na foto ao lado.

UFESBA: O DESAFIO AGORA É O TERRENO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Passada a comemoração de cada município baiano contemplado com o projeto de expansão universitária do governo federal, o desafio dos prefeitos agora é cumprir com as suas obrigações e indicar ao Ministério da Educação (MEC) os terrenos para construção dos campi.
Itabuna assinou ontem o termo para cessão de terreno, mas ainda definiu qual será a área de instalação do campus local. Entre as áreas possíveis, está um terreno de mais de 50 mil metros quadrados próximo aeroporto Tertuliano Guedes de Pinho, onde antes seria construído o campus da FTC/Itabuna. A instituição negociou com a gestão local e acabou ficando com a velha prefeitura (praça José Bastos).
Muitos defendem que o campus da Ufesba em Itabuna seja em Ferradas.

Back To Top