skip to Main Content
24 de fevereiro de 2020 | 01:29 am

NOTA DE AGRADECIMENTO

Tempo de leitura: < 1 minuto

A família de Ottoni José da Silva, ainda sensibilizada com o seu falecimento, ocorrido no último dia 22, vem a público agradecer a todas as manifestações de carinho e de conforto expressadas pessoalmente ou por meio de telegramas, cartas, telefonemas e outras manifestações.
Externa a sua mais profunda gratidão à equipe que o assistiu durante a enfermidade, à dedicação de médicos, enfermeiros, profissionais de saúde de todas as áreas envolvidas, à Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, à Maçonaria, ao Lions Clube, aos inúmeros amigos e personalidades da sociedade grapiúna.
Não podemos esquecer da gentileza e do extremado carinho com que Ottoni foi tratado pelos seus companheiros da imprensa através de generosos espaços dedicados a ele nos veículos de comunicação e aos tantos companheiros que se ocuparam desses espaços para cultuar a figura desse nosso ente querido.
Muito obrigada a Itabuna, muito obrigada aos amigos de todas as partes. As manifestações recebidas nos sensibilizam e confortam.
Eva Barreto Silva e família

BARIÁTRICA: PREFEITURA TAMBÉM DEU CALOTE

Tempo de leitura: < 1 minuto

A prefeitura de Itabuna bem que tentou tirar o corpinho de banda (relembre aqui), mas os médicos responsáveis pela realização de cirurgia bariátrica pelo SUS confirmaram à TV Santa Cruz que não apenas a Sesab, mas o município também deu calote.
Desde julho foram realizadas 28 cirurgias bariátricas, mas nenhuma foi honrada pela Sesab. Nem a prefeitura pagou pelos procedimentos do pré e pós-operatório.
A Sesab nega ter havido calote e diz que o pagamento pelas cirurgias (aproximadamente R$ 140 mil) está previsto para acontecer entre 10 e 15 de setembro. Já a prefeitura, somente pagará após concluir licitação voltada ao pré e pós-operatório.
As vítimas de obesidade mórbida planejam protestar contra o tratamento da prefeitura e Sesab na próxima semana, durante o Desfile do 7 de Setembro.

COM FERNANDO, NÃO!

Tempo de leitura: < 1 minuto

A propósito da polêmica união Geraldo Simões-Fernando Gomes, a pré-candidata Juçara Feitosa avisou ao marido e a colegas de partido que não há possibilidade de aliança com o ex-prefeito de Itabuna e antigo inimigo político.
Geraldo Simões botou panos quentes na história porque não quer melar, agora, seus negócios (políticos!) com o ex-inimigo.

QUE ESCULHAMBAÇÃO É ESSA?

Tempo de leitura: < 1 minuto

Segundo o blog “O Tabuleiro”, a Prefeitura de Ilhéus continua submetendo servidores a dificuldades e constrangimentos devido à apropriação indébita de valores que deveriam ser utilizados para cobrir descontos de empréstimos consignados. Outro hábito recorrente da Secretaria de Finanças do governo seria ainda o de não repassar o dinheiro abatido pela utilização do cartão de compras “Vale Mais”.
Tanto no caso dos consignados quanto no do cartão de compras, a Prefeitura é acusada de reter ilegalmente valores que são descontados dos contracheques dos funcionários.
O secretário Jorge Bahia foi procurado pelo blog para explicar essa situação, mas a reportagem não o localizou.

CORRETOR É EXECUTADO NO CENTRO DE ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Dois homens numa moto assassinaram o corretor Juliano Marques, por volta das 15h30min, em um posto de combustível na avenida Inácio Tosta Filho, centro de Itabuna. Pelo menos cinco tiros foram deflagrados contra a vítima, dois deles na cabeça.
Uma ambulância do Samu 192 chegou ao local, mas o corretor já estava morto. A polícia não descarta que a execução esteja ligada ao comércio de carros roubados e “pokemons”.

TERCEIRA RODADA DO INTERBAIRROS

Tempo de leitura: < 1 minuto

 

Quarenta e nove gols foram assinalados nas 13 partidas válidas pela terceira rodada do Campeonato Interbairros de Futebol de Itabuna. Os jogos aconteceram neste domingo, em sete bairros da cidade.
Os resultados da rodada foram: Jardim Vitória 1 x 2 Novo Jaçanã, Daniel Gomes 2 x 0 Novo Fonseca, Pedro Jerônimo 0 x 1 Fonseca, Vale do Sol 0 x 0 Zizo, Vila Zara 0 x 3 Pontalzinho, São Pedro 2 x 0 Conceição, Nova Califórnia 2 x 2 Parque Boa Vista, João Soares 4 x 1 Fátima, Santa Inês 9 x 1 Alto da Boa Vista, Antique 1 x 4 Califórnia, Corbiniano Freire 3 x 1 Emanoel Leão e São Lourenço 6 x 2 Novo Horizonte.

ÍNDIO ASSASSINADO EM ITAMARAJU

Tempo de leitura: < 1 minuto

Do G1:
Um índio da tribo pataxó foi assassinado na noite de domingo (28), em um bar próximo à aldeia Trevo, do Parque Nacional Monte Pascoal, em Itamaraju, sul da Bahia. De acordo com a polícia, Ubaldo Ferreira da Conceição, de 28 anos, foi degolado a golpes de facão quando estava com os amigos. A polícia investiga o motivo do crime e diz que o nome do suspeito deve ser divulgado na tarde desta segunda-feira (29). Durante a manhã, cerca de 100 índios se reuniram em frente à delegacia para cobrar justiça.

BUZU ILEGAL IMPUGNOU CANDIDATURA NA ELEIÇÃO DO CONSELHO TUTELAR

Tempo de leitura: < 1 minuto

Um ônibus que realizava o transporte de eleitores foi apreendido neste domingo, 28, quando ocorreu a eleição do Conselho Tutelar de Itabuna. Segundo a polícia, o veículo estava a serviço da candidata Sandra Rejane, que concorria com o número 248. A ação policial foi requisitada pelas promotoras Renata Barros e Renata Caldas Lazarani.
Dentro do veículo foram encontrados santinhos com o nome e número da candidata. Passageiros foram ouvidos pela polícia e confirmaram que iriam votar em Sandra Rejane.

QUAL O PROBLEMA DA POLÍTICA?

Tempo de leitura: 2 minutos

Valéria Ettinger | lelaettinger@hotmail.com
 

Os nossos políticos, ao serem alçados à condição de representantes, esquecem-se de que são procuradores de interesse alheio.

 
Meu primo Luiz Tinoco escreveu a seguinte frase no facebook: “o problema dos que não gostam de política, é que são governados pelos que gostam”. Mas Luizinho, será que o povo sabe o que é política?
Política no seu sentido lato é a busca do consenso como meio para viver harmonicamente em coletividade. Então, exercitamos a política em todos os segmentos de nossas vidas, por sermos seres sociais. E somos os responsáveis pela máquina que promove o consenso, tanto na condição de representantes quanto na de representados, que é o exercício pleno da democracia. Assim, política só existe no regime democrático.
Todavia, a sociedade aprendeu que a política foi feita para os políticos e só a eles foi dado a obrigação de exercê-la. Mas os nossos políticos, ao serem alçados à condição de representantes, esquecem-se de que são procuradores de interesse alheio e passam a utilizar a política para a realização de interesse próprio, bem como para a manutenção no poder. O distanciamento dos cidadãos da esfera pública fortalece a monopolização da política e os desmandos decorrentes dos acessos que ela proporciona.
A partir daí começa o jogo do vale tudo. Nada é proibido para manter-se invicto. Como alianças de supostos inimigos, benefícios, honras e dignidades aos mais fortes, promessas futuras e acessos facilitados. E o jogo da política deixa de ser a busca pela harmonia coletiva para transformar-se no melhor caminho para ter poder.
É triste saber que a política se transformou no meio mais sórdido do homem exercer o seu egoísmo e sua ambição, enquanto os destinatários da política ficam alijados dos seus direitos e impedidos de serem de fato os verdadeiros titulares do poder. O mais triste é ler a conclusão a que chegou o arquiteto Oscar Niemeyer: “Projetar Brasília para os políticos que vocês colocaram lá, foi como criar um lindo vaso de flores para vocês usarem como penico. Hoje eu vejo, tristemente, que Brasília nunca deveria ter sido projetada em forma de Avião e sim de Camburão…” Só discordo de uma coisa: o pronome deveria ser nós e não vocês, caro mestre.
Valéria Ettinger é professora universitária.

Back To Top