skip to Main Content
20 de abril de 2021 | 04:43 pm

VAL SE DESFILIA DO PV

Tempo de leitura: < 1 minuto

Radialista desembarca do Partido Verde após longa disputa com Alfredo Melo

O polêmico radialista Val Cabral, de Itabuna, não pertence mais às fileiras do Partido Verde. Ele entregou pedido de desfiliação nesta segunda-feira, 19, ao presidente do diretório municipal da sigla, Glaby Carvalho de Andrade, conhecido como “Glebão”.
Segundo Alfredo Melo, também do PV e arqui-inimigo do radialista, Val Cabral teria pedido desfiliação porque sabia que seria expulso. Melo afirma que o diretório estadual intimou o comunicador a explicar algumas atitudes recentes que ofenderiam a “cartilha verde”.
“Ele se antecipou, mas vamos defender que o processo continue para que esse rapaz seja considerado persona non grata no PV”, cutucou Alfredo Melo, que foi alvo de duras críticas do radialista no período em que presidiu a Empresa Municipal de Água e Saneamento (Emasa).

Esta publicação possui 0 comentários
  1. Sobre o PV, Val Cabral e sua incrível capacidade de ser militante sem ser demagogo.
    Por: Gato Comeu!!!
    Conheço muito pouco de Val Cabral, radialista, comunicador, militante político.
    Porém, o pouco do que eu conheço me faz acreditar que poucas personalidades da Comunicação ou da Política possuem tanta notoriedade quanto o radialista Val Cabral.
    De seu trabalho como comunicador e na atuação política, me vem a mente duas cenas (ou situações) que eu não me esqueço: a primeira foi quando ele lançou um programa na TV Itabuna (“Rebimboca da Parafuseta”), um dos poucos que tinha tudo para se transformar no carro-chefe da programação da emissora.
    A segunda situação foi quando presenciei um “Val Cabral”, descendo a Rua União Operária (Pontalzinho) com uma enorme bandeira do PV, na época, para fazer campanha para a candidata a presidenta Marina Lima.
    Ali, as agruras entre Val e o ex-presidente da EMASA já eram fortes, entempestivas, cheias de rancor e desprovidas de um diálogo que beirasse o debate democrático de fato e de direito. Uma situação que fez com que Val Cabral afastasse-se de forma radical do prefeito Capitão Azevedo.
    Não entro aqui no mérito do “certo” ou do “errado”, mas o que motiva o presente comentário é a certeza de que Val Cabral não perde o Partido Verde. É o Partido Verde que perde Val Cabral.
    Isso porque, simplesmente por vê-lo descer uma União Operária, ir para uma Avenida do Cinquentenário com uma enorme bandeira do PV e defender a todo custo os valores do partido ao qual pertencia, não se tinha ali somente um comunicador polêmico. Val Cabral é um militante político dos bons, desses que dão a cara à tapa e não tem medo de correr em busca daquilo que acredita.
    Talvez justamente por isso, fez ele grandes inimizades e possui um modo próprio, uma identidade comunicacional inédita numa cidade como Itabuna ou mesmo num estado como a Bahia, num país como o Brasil.
    Das inimizades, registram-se desavenças que vão de Fernando Gomes à Geraldo Simões; da antiga Rádio Clube à atual Rádio Nacional.
    Barbosa Filho (presidente da TVI) é um dos que não podem nem ouvir o nome de Val.
    E, com pureza de alma, e até acreditando que muito da polemização que gira em torno do comunicador Val Cabral é muito mais do que “tempestade num copo d’água” do que comunicação em si. É como se Val percebesse que “ser polêmico é uma espécie de receita de sucesso”. Para além disso, sinto o quanto o Partido Verde fica órfão a partir da saída do político Val Cabral, que já destrinchou partidos como o PT e , se não me falhe a memória, o PC do B também.
    Solicitar à um comunicador como esse que repense seus valores, seu modo de agir e sua forma de se comunicar seria o mesmo que pedir á uma mosca para pousar num lugar pré-determinado para que pudéssemos extirpá-la mais facilmente.
    Mas, Val Cabral não para em lugares previsíveis, nem age de acordo com o convencional.
    O não-convencional, o inesperado é o que faz dele uma grande personalidade, cheia de atitude, conhecedor dos terrenos onde pisa e sabedor das relações que precisa manter para continuar tanto o seu trabalho como comunicador, como sua militância.
    Que o partido que o receba esteja devidamente preparado! Ele não “fecha a boca” e mais do que isso: quando a abre, “salve-se quem puder…”
    Por isso, Val Cabral, espero, de coração, e com pureza de alma que Itabuna e região continue contando não só com o seu trabalho como comunicador, mas, também e principalmente, com sua atuação política forte, contundente, cheia de polêmicas.
    O grande problema de um país como o Brasil é não ser polêmico!!! E isso você faz com maestria.

  2. Eu não sei como este cara tem um microfone na mão para fazer programa de rádio. Itabuna tem cada coisa de arrepiar. O PV se
    livrou de um mau caráter. Tomara que não se filie a nenhum outro partido. Chega de picaretagem!

  3. RESPOSTA SEM PAPAS NA LÍNGUA:
    Cumpre-me registrar minha veemente repulsa à tentativa do inexpressivo, insignificante e desqualificado Alfredo Melo em comentar inverdades a respeito da minha saída do Partido Verde.
    Desejo antes de expor meus motivos de desfiliar-me do PV, ressaltar que jamais houve qualquer processo de minha expulsão e que mesmo sendo crítico contumaz e exasperado do pústula do seu atual presidente regional, Ivanilson Gomes, o PV da Bahia não ousaria expulsar um dos seus mais ativista e proeminente militante.
    Minha história no PV transcende circunstancias provincianas e se firma na inquestionável contribuição advinda dos meus esforços, engajamento e posicionamentos políticos e ideológicos.
    Nunca o diretório estadual me intimou a explicar algumas atitudes que ofendesse a “cartilha verde”.
    Saí do PV por minha livre e espontânea vontade.
    Minha saída do PV decorre de insatisfações quanto a decisão do Diretória Nacional, de não democratizar o partido, fato este que provocou a saída de grande quantidade de dirigentes, militantes e filiados verdes e cujo movimento foi desencadeado pela ex-senadora Marina Silva.
    O PV definha e este fato está mais acentuado na Bahia e em especial, em Itabuna.
    Saiu por não querer permanecer num partido personalista e dirigido por pessoas vassalas, déspotas e medíocres como Ivanilson Gomes.
    Quanto ao diminuto Alfredo Melo, saliento apenas que “enquanto o cão ladra, o radialista narra o atropelo dos moribundo e presunçosos”!
    Desejo êxito ao Glebão e que ele possa se livrar das garras das aves de rapina, que tentam fazer do PV, uma propriedade dos seus interesses tacanhos e inconfessáveis.

  4. Sempre fiz minhas críticas, identificando-me e aqueles que me criticam sob o anonimato, é porque sabe que conheço todos os homossexuais enrustidos e cujas esposas já transaram comigo!

  5. Esse é o Val Cabral que conheço e que arrebenta. Resposta retada essa!
    Não é a toa que voto nele para vereador.
    Val Cabral, é, simplesmente, o maior e melhor radialista do sul da Bahia.
    Já o Dr. Alfredo é tão somente uma pessoa que vive às custas dos maçõs e das falcatruas. Ele quase acaba com a Emasa. O próprio Dr. Geraldo Briglia tem denunciado isso quando fala na imprensa.

  6. CARAMBA, O BICHA TÁ PEGANDO… É CLARO QUE NÃO PODERIA HAVER FOGO SEM ENCEDEADOR E ESTE PAPEL TÁ RESERVADO A QUEM? QUEM? VAL CABRAL É A RESPOSTA.

  7. Um cara que prega a moralidade não tem como explicar seu apoio a Fernando Gomes em seu últmo mandato.
    Quem com porcos come com farelo se mistura.
    É um ser sem escrupulos, moral e desprovido de caráter para compôr qualquer partido que seja.

  8. Acho que este Norberto não tem a mínima idéia do que é ser radialista. Dizer que Val Cabral é radialista, é uma piada. E dizer que o melhor radialista do sul da Bahia, é sub-julgar a inteligência das pessoas. Se não foi o próprio Val Cabral que escreveu este comentário, foi alguém da sua laia.
    Que tristeza!

  9. VAL CABRAU E ALFREDO MELO SÃO LIXO DO MESMO SACO, ELES SE EQUIVALEM.
    VAL, É ATÉ ENGRAÇADO LER ALGO QUE VC ESCREVE DIZENDO QUE TRANSOU COM A MULHER DE ALGUEM, DEVE SER POR ISSO QUE A SUA NÃO PARAVA DE DÁ PARA OUTROS HOMENS NO MESMO PERIODO EM QUE ESTAVA COM VC, CORNO TÚ ÉS, POLITICO SERIO NUNCA!!!!!!!!!!

  10. quem o apoia é tão inescrupuloso como o tal, ele não respeita nada e ainda diz que muito contribuiu com o seu ex “partido. Espero q ele saia canditado, só prá sentir o gostinho da sua derrota nas urnas.Vai te embora carniça!

  11. Conheço val a muito tempo, vejo ele de perto um cara que tem uma faca de dois gumes na mão, o que corta pro outros, corta pra ele tambem,Só vc e DEUS sabe os motivos pelo qual vc saiu,mais estou com vc para vereador nao só eu como minha familia.E outra coisa esses inerguminos que nao sabem o que dizem devem ser as marionetes do cabeça de pitu que mamão nele… ou que dizer na teta da vaca dele.

  12. LAMENTO QUE ITABUNA SÓ TENHA UM VAL CABRAL!
    O CARA É DE AREBENTAR MESMO E ISSO DEIXA OS PETISTAS FURIOSÍSSIMOS.
    SOU FÃ E ELEITOR DO VAL CABRAL, MEU VEREADOR.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top