skip to Main Content
29 de setembro de 2020 | 10:55 pm

REY-BEIRO

Tempo de leitura: < 1 minuto

"Rey-Beiro" ganha blog para "elogios".

Jabes Ribeiro, secretário-geral do PP baiano, ganhou um blog exclusivamente para falar do tempo em que governou a prefeitura ilheense. É o site jabesribeironuncamais.blogspot.com
Criado e alimentado anonimamente, o blog traz notícias do tempo em que o pepista era prefeito de Ilhéus e das novas andanças (e alianças) políticas do político que já foi do grupo do ex-governador Waldir Pires ou do “painho” ACM Neto e Paulo Souto e hoje é aliado do governador Jaques Wagner.
O blog diz que Jabes é do tempo das capitanias hereditárias. Não à toa, o político nascido em Itabuna e “criado” em Ilhéus é chamado de Rey-Beiro.

A RUA "M…" AINDA FAZ JUS AO NOME

Tempo de leitura: < 1 minuto

Moradores da Rua M,  no Parque São João, em Itabuna, ficaram indignados na noite desta segunda-feira. Simplesmente porque mais uma vez a chuva retornou para as casas misturada a farta quantidade de dejetos. “É isso que acontece toda vez que chove”, lamentava o morador Luiz Carlos da Silva Júnior, que diz ter tentado contato com a Emasa, via “0800”, mas – como sempre – ninguém atendeu.
“Vale lembrar que nós pagamos em média R$ 25,00 de taxa de esgoto”, destaca o cidadão.

RUAS DO CENTRO DE ITABUNA FICARAM ALAGADAS

Tempo de leitura: < 1 minuto

A chuva veio forte esta noite em Itabuna, acompanhada de raios e trovões. O resultado logo se viu em algumas das principais vias do centro da cidade, que – como é de praxe – não costumam suportar muita água. Foram pouco mais de cinco minutos de toró, o suficiente para inundar as ruas.
Na Cinquentenário, a água invadiu lojas e o lixo boiava em alguns pontos, como na esquina com a Praça Adami. Houve também alagamentos na rua Duque de Caxias, avenidas Ilhéus e Amélia Amado, entre outras.

Um rio se formou na rua Duque de Caxias...

...onde os carros passavam com dificuldade

O lixo dos estabelecimentos comerciais boiava na Cinquentenário (fotos PIMENTA)

COMPUTADORES DEVOLVIDOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Após denúncia aqui no PIMENTA, os dez computadores desviados para a Escola de Trânsito foram devolvidos ao Centro de Atenção Integral à Criança (Caic). As máquinas foram doadas pelo Ministério da Educação (MEC) para atender alunos e professores do Caic.
Agora, a prefeitura fará licitação para a compra de computadores para a Escola de Trânsito.

GUERRA NA CULTURA ITABUNENSE

Tempo de leitura: 2 minutos

Aldo x Antônio Júnior: enredo que dá filme (Montagem Pimenta).

O coordenador do Centro de Cultura Adonias Filhos (CCAF), Aldo Bastos, disse que ingressará na justiça com ação por danos morais contra o jornalista e escritor Antonio Júnior, seu ex-auxiliar na gestão do CCAF.
Júnior acusa Aldo de promover Caixa 2 e até desviar dinheiro do centro de cultura para a campanha eleitoral da petista Juçara Feitosa em 2008. Diz o jornalista que Aldo criou Caixa 2 para bancar santinhos da então candidata e cafés da manhã da petista com os artistas locais.
O jornalista também acusa o coordenador do CCAF de fazer desaparecer R$ 4.800,00 em novembro do ano passado.
– Estou entrando com uma ação com queixa- crime contra ele. Ele terá de provar, responder por tudo isso. Ele terá de provar tudo e terá de me ressarcir por danos morais – retrucou Aldo Bastos.
O ator e diretor teatral recorre a adjetivos fortes para descrever o ex-auxiliar e o acusa de ter feito de tudo para lhe tomar o cargo na época em que estava no centro cultural administrado pelo governo baiano. “Ele queria ser o titular [o coordenador]. Pensava que ele era um cara íntegro, mas começou a aprontar”.
Ainda segundo Aldo Bastos, seu desafeto caiu porque “fez coisas terríveis [no Centro de Cultura]”.
– Eu tenho como provar tudo. Tenho provas contundentes contra ele – afirmou Aldo Bastos ao Pimenta em resposta a uma nota aqui publicada e ao que foi postado no blog pessoal do escritor e jornalista.
Aldo Bastos ainda afirma que Júnior foi expulso da Espanha devido a plágios e aponta algumas pessoas como testemunhas de quem é o escrito:
– Pergunte a Osmundinho Teixeira, pergunte a Ruy Póvoas, pergunte a Marcel Leal, pergunte ao pessoal da Espanha, de onde ele foi expulso, quem é Antônio Júnior. Mas eu não vou me rebaixar ao nível dele. Irei processá-lo.

COCAÍNA ERA MISTURADA A ANESTÉSICO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Dois traficantes presos na última sexta-feira, 6, em uma casa no Alto de Ondina, em Salvador, enganavam sua clientela, vendendo cocaína misturada a anestésico. A combinação era feita para imitar um efeito que a coca pura faz, quando em contato com a mucosa da boca do usuário. Os autores da alquimia eram João Carlos Vasconcelos, o “Téo”, de 28 anos, e Alex Batista, de 25.
Segundo o delegado João Cavadas, da 14ª Delegacia Territorial, os traficantes usavam o anestésico para fazer seus clientes acreditarem que estavam adquirindo droga de qualidade. Os dois bandidos foram autuados por tráfico.
Téo já tinha passagens pela polícia, por tentativa de homicídio.
 

AÍ É GOLPE

Tempo de leitura: < 1 minuto

O blogueiro Maik Oliveira suspeita de que ele e outros clientes da operadora de telefonia TIM vêm sendo vítimas de um possível golpe.
Cadastrado em um plano pré-pago, cujo custo da ligação seria, em tese, de R$ 0,25, fora impostos, independentemente do tempo da conversa, Oliveira nota que frequentemente seus telefonemas são interrompidos dois minutos após iniciados.
Para ele, a operadora utiliza o artifício com o objetivo de obrigar o usuário a refazer a ligação, de modo que seria enganosa a propaganda dos R$ 0,25 até para conversas infinitas…

SEXTA ECONOMIA DO MUNDO – E DAÍ?

Tempo de leitura: 5 minutos

Marcus Vinícius Anjos | mvanjos@oi.com.br

Não foi o Brasil que conquistou maior evidência, mas a Inglaterra que perdeu expressão.

As linhas a seguir tentam destrinchar e provocar alguma reflexão sobre a mudança recente na lista das maiores economias do mundo, em que o PIB Brasileiro ultrapassou o da Grã-Bretanha. Buscou-se com o texto, desmistificar algumas distorções sobre o significado deste episódio, bastante alardeado pela grande imprensa e, mostrar como as implicações da recente crise econômica mundial interferiram neste contexto.
Em uma análise fria, desprovida do aparelhamento ideológico e da ufania política, logo se perceberá que tal fato é de pouca ou nenhuma relevância para a Economia Brasileira atual, pois seu crescimento no ano de 2011 ficou abaixo do esperado. O que de fato mereceria destaque nesse episódio é o encolhimento da condição Britânica, mais um reflexo do desmoronamento da economia européia e suas conseqüências na retração do consumo, na estagnação e até recessão interna. Portanto, não foi o Brasil que conquistou maior evidência, mas a Inglaterra que perdeu expressão.

Leia Mais
Back To Top