skip to Main Content
25 de fevereiro de 2020 | 12:10 pm

DESCASO DO SAMU PODE TER PROVOCADO MORTE DE JOVEM

Tempo de leitura: 2 minutos

Josi faleceu após mais de 40 minutos de espera (Álbum Familiar/Reprodução Pimenta).

A família de Josiane Gallo Castro, 31, denuncia descaso do Samu 192 no atendimento à vendedora nesta segunda-feira (16) em Itabuna. Josiane passou mal dez dias após cirurgia para extrair mioma e morreu a caminho do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães (Hblem).
A vendedora desmaiou quando estava no banheiro e após ter acordado bem, segundo o noivo, Flávio Henrique Nascimento Matos, que foi surpreendido pelos gritos de Josiane. Ele foi ao banheiro, recolheu a noiva e a colocou num sofá. Conforme contou ao PIMENTA, no mesmo instante, ligou para o Samu 192. O médico regulador informou que não havia ambulância para atendimento, pois as duas em operação estavam na rua.
Flávio diz ter pedido instruções ao profissional para fazer algo que aliviasse as dores da noiva. Os movimentos recomendados pelo médico provocavam mais dores em Josiane. Quando tentou falar novamente com o Samu, ninguém atendia. “A revolta é grande. Pior de tudo é que a gente tentou ligar de novo para o Samu e não conseguiu. Isso é horrível, ridículo. Como foi com minha noiva pode ser com outra família”, disse em entrevista ao blog.
Atendimento negligenciado pelo Samu, restou a Flávio recorrer a um parente militar, e este acionou o Corpo de Bombeiros. Josiane foi socorrida em casa 40 minutos depois, mas morreu antes de chegar no Hospital de Base, onde havia feito a cirurgia.
No domingo, ela havia retornado ao hospital para retirar os pontos da procedimento  cirúrgico e estava bem. “Do nada, ela teve essa crise. Aparentemente sofreu parada cardíaca”, afirmou a este blog. Parentes e amigos prestam homenagem a Josiane no velório Santa Fé, ao lado do cemitério Campo Santo, em Itabuna. O enterro está marcado para as 16h desta terça (17). Josiane trabalhava na loja de informática Baytec, no centro.

CLEBINHO: "ITACARÉ E ILHÉUS SERÃO O MELHOR DESTINO DO NORDESTE PARA UM TURISMO INTELIGENTE"

Tempo de leitura: 4 minutos

Cleber Isaac Soares (Foto Ed Ferreira).

O empresário Cleber Isaac Ferreira Soares, do Eco Resort e do Itacaré Village, é o novo secretário de Turismo de Itacaré. Nesta entrevista ao PIMENTA, ele aborda sua relação com o município que virou febre no turismo brasileiro, os projetos para a pasta e afirma acreditar que o prefeito Tonho de Anízio terá mais quatro anos de governo pela frente.
Cleber ressalta que Itacaré é o único destino do Nordeste que tem potencial “nota 10” para o turismo rural, ecoturismo e turismo de praia. Ele também aposta na sinergia Ilhéus-Itacaré.
–  Essa sinergia e a capacidade de reação do prefeito Antônio de Anízio vão transformar este eixo até o final do seu segundo governo no melhor destino do Nordeste para um turismo inteligente e não-massivo.
Confira a entrevista.
PIMENTA – Qual é sua relação com Itacaré?
Cleber Isaac Soares – Minha família está em Itacaré há um século e meio. Eu nasci em Salvador e moro em Itacará há 15 anos. Depois de formado, resolvi aproveitar o potencial das propriedades da família na região. Fomos pioneiros no Brasil na implantação de resort-condomínios com o Villas de São José, em 1999.
Como se deu sua ida para a Secretaria de Turismo de Itacaré?
Pelo lado político, agradeço a confiança depositada pelo prefeito Antonio de Anízio, que terá em mim um soldado a serviço de seu projeto. Acredito que o prefeito, que acompanha tudo no município, sabe  do nosso potencial logrado em outras áreas relacionadas também ao turismo. Mas o convite veio principalmente pelo lado técnico – e assim pretendo atuar -, após o afastamento de Diana Quadros por razões pessoais, no final do ano passado. Ela deixa uma secretaria bem-estruturada e uma equipe técnica de qualidade.
Fale de suas experiências nesse setor.
Para mim, o mais importante foi o que citei no início, o Villas de São José, projeto que trouxe para o destino Itacaré pessoas famosas e de alto poder aquisitivo, despertando mundialmente o interesse por conhecer Itacaré. Fui fundador e presidente do Instituto de Turismo de Itacaré, em 2005,  ajudamos no processo de implantação do Conselho de Turismo em 2009, implantamos e operacionalizamos os hotéis Eco Resort e Itacaré Village, ambos situados no condomínio Villas de São José, e idealizamos o projeto Vilas do Rio de Contas, que visa o desenvolvimento do ecoturismo do Rio de Contas em Itacaré.

Temos ideias e projetos para curto, médio e longo prazos.

 
O senhor assume a pasta e já com um projeto para o setor?
Temos ideias e projetos para curto, médio e longo prazos. Tomo a liberdade de incluir o segundo governo de Antônio de Anízio. A princípio, citarei alguns dos projetos que estamos amadurecendo e pretendemos expor ao prefeito e toda sua equipe e aos colegas secretários para que possamos fazer um trabalho em conjunto.
De toda essa experiência e vivência do turismo em Itacaré, quais projetos o senhor encara como fundamentais?
De forma resumida, pensamos em ações de interiorização do turismo, estimulando o turismo de aventura (rafting, rapel e a tirolesa), a inclusão social com agricultores familiares fornecendo produção para pousadas e restaurantes da cidade, o incremento de ações na área de segurança em parceria com o setor privado (videomonitoramento e rádio), projeto de saneamento e a criação de uma agenda de grandes eventos musicais para o destino. Mas gostaríamos de frisar que todas estas iniciativas só resultarão em sucesso se todos comprarem a ideia e participarem.

Itacaré é vista como um paraíso por gente de todo o mundo, mas ainda tem desafios a enfrentar nas áreas social e ambiental, por exemplo. Como superá-los?

Como um desafio possível de ser enfrentado, por termos o apoio do prefeito e sua equipe e do empresariado local. As soluções já foram testadas em destinos como Parati, Búzios, Ouro Preto, Bonito e Fernando de Noronha, para citar apenas destinos nacionais, mas a Costa Rica é o país que teve maior êxito na aplicação de turismo ecológico e rural para ter o verdadeiro desenvolvimento. Nunca esquecerei o que aprendi neste país, in loco.
Como alguém com perfil empresarial pode colaborar com o desenvolvimento de políticas públicas para o turismo?
A cabeça de empresário me dá a facilidade para trazer os colegas para apoiar as políticas públicas – seja em parcerias públicas ou apoios institucionais, em especial com os empresários ligados ao ITI,  que têm uma visão estratégica de longo prazo do destino. Além disso, a eficiência e eficácia da vida empresarial me dá o senso de urgência necessário para gerar os resultados pelos quais o prefeito me incumbiu.

Itacaré é o único destino nordestino que tem potencial nota 10 para turismo rural, ecoturismo e turismo de praia

 
Como o senhor vê o futuro do turismo em Itacaré?  Quais são as tendências para o setor nesta cidade?
Itacaré é o único destino nordestino que tem potencial nota 10 para turismo rural, ecoturismo e turismo de praia – comparado apenas a Parati. Ao mesmo tempo, está ao lado de Ilhéus, que tem o maior potencial do Brasil (ainda não explorado em seu potencial máximo) para o destino cultural, em especial com a refilmagem de Gabriela, 100 anos de Jorge Amado.  Essa sinergia Ilhéus–Itacaré e a capacidade de reação do prefeito Antônio de Anízio vão transformar este eixo até o final do seu segundo governo no melhor destino do Nordeste para um turismo inteligente e não-massivo.
O senhor já pensou em ser prefeito de Itacaré. Os projetos políticos continuam?
Minha pretensão política é clara: apoiar Antonio de Anízio para fazer a melhor gestão possível nos próximos 5 anos e colocar Itacaré no patamar que merece. O restante será consequência.
O poder público local entende a importância do turismo?
Hoje, sim, e a prova é que Itacaré nunca teve uma Secretaria de Turismo com sede, gerente de cultura, gerente administrativa, gerente de eventos… Nos governo anteriores não existia nem uma mesa para a secretaria nem uma cadeira. Antes, o secretário de Administração dispunha de parte de seu tempo para o turismo com as dificuldades que esta falta de exclusividade gera.

BAHIA É O MELHOR NO EXAME DA OAB. UESC APROVA 48% DOS ALUNOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) divulgou ranking das faculdades de Direito que mais aprovaram alunos no V Exame de Ordem. Proporcionalmente, a Bahia foi o estado que mais aprovou alunos: 30,64% dos inscritos no exame foram aprovados.
Outro dado interessante é que o curso da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), de Vitória da Conquista, obteve um dos mais altos percentuais de aprovação dentre os cursos em todo o Brasil. Ao aprovar 73,81% dos alunos, o curso de Direito da Uesb foi o sétimo melhor em todo o Brasil.
No outro extremo, duas faculdades de Direito da Bahia apresentaram aprovação zero no V Exame, a Faculdade Cidade do Salvador (FCS) e a Faculdade de Ilhéus. A sulbaiana Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) aprovou 48% dos alunos inscritos, segundo a OAB. 51 alunos da Uesc se inscreveram no exame, dos quais 24 conseguiram passar no exame.
Confira aqui o desempenho de cada curso

NEM PARA SÍNDICO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Da Isto É
O prestígio do ex-ministro Geddel Vieira Lima, que foi acomodado numa vice-presidência da Caixa, anda mesmo em baixa. Morador do condomínio de luxo Interlagos, na famosa praia baiana de Arembepe, Geddel lançou candidatura para síndico. Mesmo com toda pompa e circunstância, acabou sendo derrotado. E logo por um correligionário do governador Jaques Wagner, com quem rompeu relações há dois anos.

COMITIVA DA FIFA EM SALVADOR

Tempo de leitura: < 1 minuto

Jérôme Volcke lidera comitiva da Fifa na visita a Salvador

Para a capital baiana, a realização da Copa das Confederações, em 2013, ainda é uma incerteza. Tudo depende do andamento das obras da Arena Fonte Nova, que serão vistoriadas nesta terça-feira, 17, por uma comitiva da Fifa. O secretário-geral da entidade máxima do futebol, Jérôme Valcke; Ronaldo Nazário, integrante do Conselho de Administração do Comitê Organizador Local da Copa 2014; e o ministro Aldo Rebelo serão recebidos pelo governador Jaques Wagner.
Está agendada uma visita às obras da arena para as 16 horas. Também estarão presentes o prefeito João Henrique, integrantes do COL e dirigentes de secretarias estaduais e municipais.
A comitiva da Fifa realizará uma série de visitas a todas as 12 cidades-sede da Copa do Mundo de 2014. Antes de Salvador, o grupo esteve na capital cearense. Por lá, as obras do estádio do Castelão já estão 53% concluídas, o que deixa Fortaleza praticamente garantida para a Copa das Confederações.

MENOR ASSALTAVA COM ARMA DE BRINQUEDO E É ATINGIDO POR BALA DE VERDADE

Tempo de leitura: < 1 minuto

Weder de Souza estava em liberdade condicional. Agora está no xilindró (reprodução Brumado Notícias)

Policiais militares acabaram com a festa de dois elementos que costumavam roubar motos em Brumado, no sudoeste da Bahia. Weder de Souza Dantas, de 23 anos, já com passagem pela polícia e em liberdade condicional, após cumprimento de parte de uma pena em São Paulo, se valia do benefício para cometer crimes no interior baiano, juntamente com o menor W.M.S., de 17 anos. Ambos foram  abordados pela PM na madrugada de hoje, armados e com uma moto roubada.
De acordo com o blog Brumado Notícias, Weder carregava um revólver calibre 32, mas foi o menor que esboçou sacar uma arma de brinquedo que trazia na cintura no momento da abordagem. Ao perceber o movimento, a polícia atirou contra o jovem, atingido com um tiro no braço e dois no abdome.
W.M.S. foi levado para o Hospital Magalhães Neto, onde foi operado para a retirada das balas e tem quadro estável. O outro suspeito foi levado para a 20ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Corpin). A polícia trabalha para descobrir o destino das mortos roubadas pela dupla.

CHUVAS EM MINAS AFETAM TURISMO EM PORTO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Do Blog do Thame
As chuvas que estão causando tragédias em Minas Gerais e no Rio de Janeiro tem um efeito indireto: afetam o turismo de Porto Seguro e outras cidades da Costa do Descobrimento, destino de milhares de mineiros durante o verão. O movimento nos hotéis e barracas de praia é 30% menor do que o mesmo período do ano passado.
De acordo com o presidente da Associação dos Barraqueiros de Porto Seguro, Olacir Miola, da Barraca do Gaúcho, está havendo uma queda significativa no número de turistas freqüentando as barracas da Orla Norte, vindos dos estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais, principalmente através de excursões.  Os mineiros e cariocas começam a freqüentar as praias de Porto Seguro no final de dezembro até o Carnaval.

BALCÃO DE JUSTIÇA E CIDADANIA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Foi inaugurado hoje em Ilhéus o Balcão de Justiça e Cidadania, que irá oferecer atendimento gratuito à população local. A unidade resulta de cooperação técnica entre a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) e o Tribunal de Justiça da Bahia e funciona no SAC, que é parceiro do projeto.
O Balcão de Justiça atenderá de segunda a sexta, das 8h às 18 horas, com alunos do curso de Direito da Uesc atuando como colaboradores. A coordenação será do juiz Helvécio Giudice Argollo, da 1ª Vara de Família de Ilhéus.

WAGNER PODE DESPACHAR NA CASA DE JORGE AMADO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Se estivesse vivo, Jorge Amado faria 100 anos em agosto

A equipe que organiza os eventos em comemoração ao centenário do escritor Jorge Amado tem planos ambiciosos. Além de um mega-show aberto ao público, com artistas de projeção nacional, os organizadores irão propor que no dia 10 de agosto, quando Jorge completaria 100 anos, Ilhéus se transforme simbolicamente na capital da Bahia.
Não é só. O grupo pretende fazer articulações para que a presidente Dilma Rousseff também esteja em Ilhéus durante os festejos em homenagem ao escritor, que ocorrerão de 5 a 12 de agosto.
Antes da festa, deverão ser aplicados quase R$ 8 milhões para revitalizar o Quarteirão Jorge Amado, nome do centro histórico de Ilhéus. A expectativa é de que o projeto da Prefeitura, que conta com o apoio de empresas como Bahia Mineração (Bamin), Oi e Petrobras, tenha sua execução iniciada em março, assim que terminar a alta estação.

RENATO COSTA: "ALIANÇA COM O DEM E O PSDB NÃO SERÁ OBRIGATÓRIA EM ITABUNA"

Tempo de leitura: 3 minutos

O presidente local do PMDB, ex-deputado Renato Costa, está fora do páreo em 2012, mas diz que trabalha pela candidatura própria do partido. Até aqui, a legenda possui quatro pré-candidatos: Maruse Xavier, Ruy Côrrea, Edmilton Carneiro e Leninha Duarte.
O partido define até o final deste mês qual deles será o pré-candidato. O escolhido terá até maio para viabilizar-se, segundo Renato, que não descarta aliança com o PT itabunense, embora haja acordo antipetista firmado entre os diretórios estaduais do PMDB, PSDB e DEM. “Nosso plano “A” é viabilizar nossa candidatura própria”, diz o presidente, que completa: ‘Estaremos abertos a aliança com quem quer que seja”.
Confira bate-papo do PIMENTA com o presidente do PMDB itabunense.
Como o partido se posicionará em 2012?
O PMDB trabalha pela candidatura própria. Definiremos até o fim deste mês quem será o pré-candidato. Enquanto isso, vamos manter conversa com os outros partidos, com a Terceira Via, para ver se a gente apoia ou será apoiado. E, por outro lado, caso não consiga viabilizar candidato ou não compor com a Terceira Via, estaremos abertos a aliança com quem quer que seja.
O PMDB seguirá a orientação da estadual para fechar com o DEM e o PSDB?
O PMDB, por tradição, não costuma agir assim, empurrando goela abaixo. Evidentemente que se for por esse caminho, de fazer alianças, passaremos pelo crivo da Estadual. Não há obrigatoriedade [de compor com o DEM e o PSDB]. Caso a candidatura própria não se viabilize, estaremos livres para fazer aliança com quem acharmos melhor.
Na eleição a governador em 2010, havia expectativa de Geddel ter o apoio de Azevedo, o que não aconteceu. Esse fato atrapalharia o diálogo com o DEM em Itabuna?
Isso foi o que eu disse ao prefeito, de que não haveria nenhuma obrigação de apoiá-lo, pois ele não criou essa obrigação. Ele não se definiu na eleição a governador. Além do mais, Geddel trouxe para Itabuna a maior obra, a mais visível [a cobertura do Canal da Amélia Amado]. Agora essa história de verticalizar as decisões, isso é complicado, não existe. Se fosse para alinhar [de cima], nós já temos o PMDB aliado ao PT no plano nacional. Cada município tem sua realidade, suas diferenças. É muito difícil [verticalizar], não há isso de não pode apoiar esse, não pode aquele. Nós não temos nenhum veto. Nosso plano “A” é viabilizar nossa candidatura própria.
Qual será o nome do partido?
Nós temos Ruy Correa, Maruse [Xavier], Leninha [Duarte] e [Edmilton] Carneiro. Dentro de 15 dias, teremos só um nome.

Essa aliança de Salvador [com o DEM e o PSDB] não será obrigatória aqui. Pode até acontecer, mas não é obrigatória.

E a aliança com o PT, está descartada?
Não há proibição nem obrigação de apoiar. A primeira opção é com os partidos menores, com Vane, PCdoB, Acácia Pinho. Caso não seja possível, a gente vê. Mas isso é lá para maio ou junho. Nós vamos trabalhar pela candidatura própria. Essa aliança de Salvador [com o DEM e o PSDB] não será obrigatória aqui. Pode até acontecer, mas não é obrigatória.
O PMDB tem orientado os diretórios a não se aliar ao PT no interior?
Não, eles apenas dizem que aliar-se ou não com o PT é uma decisão nossa, do diretório. Se a candidatura própria não ganhar musculatura, nós buscaremos aliança. Mas agora vamos decidir o nome do PMDB de forma consensual, apoiar quem tem mais visibilidade.
Juvenal Maynart, do diretório estadual, falou que, dos nomes postos, Leninha seria o melhor do PMDB por ter os três Dês: dimensão, densidade, democracia.
E vocês até falaram do outro D, de dinheiro, né? (risos). Mas os outros nomes também têm simpatia.

Back To Top