skip to Main Content
23 de fevereiro de 2020 | 06:59 pm

É MELHOR DESISTIR

Tempo de leitura: 2 minutos

Marco Wense

Na areia movediça da política, não há espaços para os ingênuos e os desprovidos de espírito público.

Os pré-candidatos a prefeito de Itabuna não podem ficar chateados com os comentários sobre suas pretensões políticas, que são legítimas e merecedoras de respeito.
Quem pretende entrar na vida pública, assumindo o poder pelo voto popular, sem dúvida o maior instrumento da democracia, não pode ficar tiririca com o pessoal da comunicação.
O projeto político interessa a todos. A vida privada, se fulano ou fulana gosta disso ou daquilo, aí incluindo a preferência sexual, é problema de cada um.
Comentários sobre o particular dos prefeituráveis, com picuinhas, insinuações maldosas e coisas outras, são ridículos. Não merecem nem a lata do lixo.
Até as freiras do Convento das Carmelitas, por exemplo, sabem que candidatura até o fim do processo eleitoral só com alguma possibilidade de vitória.
Quem não pontuar bem nas pesquisas, tendo como limite a primeira quinzena do mês de setembro, terá, compulsoriamente, que entrar no jogo da cúpula estadual das agremiações partidárias.
Os interesses lá de cima, que envolvem os chamados “mangangões”, os que se acham donos vitalícios dos partidos, são como grandes elefantes na frente de pequenas formigas.
Essa conversa de autonomia de diretório municipal para decidir sobre candidatura é conversa pra boi dormir. Se os diretórios não têm autonomia, imagine as coitadinhas das comissões provisórias.
Um acordo na sucessão soteropolitana, envolvendo os partidos de oposição ao governo Wagner, principalmente o PMDB, DEM e o PSDB, é mortal para as articulações interioranas.
Seria de uma ingenuidade gigantesca, de uma infantilidade inominável, alguém pensar que o ex-ministro Geddel não iria fazer um acordo com ACM Neto porque o PMDB de Itabuna pretende ter candidatura própria.
Ou, então, ACM Neto apoiando o candidato do PMDB em Salvador sem exigir como contrapartida o apoio do peemedebismo de Itabuna ao segundo mandato do prefeito Azevedo (reeleição).
Na areia movediça da política, não há espaços para os ingênuos e os desprovidos de espírito público. O melhor conselho é desistir, sob pena de ficar no meio do caminho.
PDT SEM CARGO

Acácia e Félix (Foto Política Livre).

Em decorrência de um acordo entre os deputados Félix Mendonça e Geraldo Simões, respectivamente patronos das pré-candidaturas de Acácia Pinho e Juçara Feitosa, o PDT ficou sem cargos no governo Wagner.

A dobradinha Félix e Geraldo, de olho também na sucessão do prefeito José Azevedo (DEM), deixou os pedetistas de Itabuna a ver navios. Muita gente insatisfeita nas hostes do brizolismo tupiniquim.
Marco Wense é articulista do Diário Bahia.

Esta publicação possui 0 comentários
  1. Zelão diz: – Ninguém faz acordo de “porteira fechada”
    A eleição de 2012, para eleger prefeitos e vereadores, nada tem a ver com a eleição de 2014, para eleger presidente, senador e deputados. Os grandes partidos, seja de oposição ou governo, têm pretensões próprias para 2014. Daí é que; os acordos celebrados para a eleição de 2012 são pontuais, visando o fortalecimento nos municípios, que viabilizarão as pretensões de cada um dos partidos para a eleição de 2014.
    As alianças hoje celebradas nos maiores municípios da Bahia dependem mais da capacidade de cada partido em apresentar candidatos viáveis. Dificilmente, serão alinhadas verticalmente, com base nas alianças celebradas, com base na disputa pela prefeitura de Salvador. Seria inconcebível, que o PMDB de Gedel; o DEM de ACM Neto ou o PSDB de Imbassay abrissem mão de se fortalecerem, individualmente, nos municípios com vista a 2014, ano em que todos postulam o governo estadual e a eleição de bancadas legislativas, em conseqüência de uma aliança pela conquista da prefeitura da capital.
    Nem mesmo na base do governo existe tal despreendimento. Partidos como o PP e o PCdoB, hoje aliados ao PT, já ensaiam a busca do fortalecimento próprio, na disputa pelas prefeituras dos maiores municípios da Bahia.

  2. Meu caro Wense,
    É do conhecimento que o Cargo de Coordenador Regional da ADAB de Itabuna seria indicado pelo PT e foi permutado pelo Deputado do seu partido, o PDT(Partido Democrático Trabalhista), que pelo jeito, de democrático, agora, não tem nada.
    O reizinho FÉLIX MENDONÇA JÚNIOR, dono do partido em Itabuna, usou os pedetistas da cidade e região para se eleger, sumiu e agora veio dar o trôco.
    Assumindo que o seu companheiro de partido, o deputado Carlista Félix Mendonça, deixou você e os outros pedetistas a ver navios soa como que vocês jogaram a toalha, se acomodaram, desistiram.
    Não entendi porque você afirmou que GERALDO SIMÕES deixou vocês a ver navios. Ele apenas trocou o cargo para acomodar um seu correligionário.
    Quanto ao cargo da ADAB, que é agora do seu partido, ainda está vago. Cabe a vocês pedetistas de Itabuna, mostrar a força política que tem, apresentar o nome de um Engenheiro Agrônomo ou um Médico Veterinário, ao Deputado Félix, para ele pedir ao governo a publicação do nome no Diário Oficial.
    Em tempo:
    Rola aqui, há muitos meses, que o Deputado não vai abrir mão do nome da sua prima, a veterinária Fernanda Mendonça, que já é do quadro de servidores da ADAB, para assumir o Cargo.
    Como se vê, o problema não é deixar vocês a ver navios, e sim, ver quem têm mais farinha no saco.
    Bôa Sorte. Graças a Deus estou fora do partido e da convivência com as práticas do Carlismo.
    Ass.:
    Ex-pedetista, militante dos velhos tempos em que o PDT era um partido no qual os militantes tinham orgulho das lutas travadas.

  3. Porque então o Roberto Barbosa, ainda não desistiu? já abandonaram a sua campanha partidária 5 assessores Gustavo, Tim, Maria Rezadeira, Borges e o Jota Jorge, o último só vive se encontrando com o seu deputado Coronel Santana.

  4. FELIX JR: Para ganhar essa eleição, usei o nome de meu papai, o nº de meu papai(1234) e muitos milhões de meu papai. Pois, se dependesse só de mim, estaria perdido!Quac, quac, quac, quac…

  5. NÃO É BEM ASSIM WENCE.
    O DEP FELIX JUNIOR FICOU COM AS INDICAÇÕES DA ADAB E INEMA E MAIS 01 CARGO DE REPRESENTAÇÃO FEDERAL.
    NOMEAÇÕES SÓ DEPOIS DO CARNAVAL JÁ COM RUI COSTA NA GOVERNADORIA.
    ATÉ AGORA GERALDO SIMÕES AINDA NÃO CONSEGIU NOMEAR ALGUEM PARA O LUGAR DE ANORINA NA CAR.
    E OLHE QUE ELE TEVE MAIS DE 23.000 VOTOS EM ITABUNA.

  6. GENTE NÃO SERIA BOM TER UM PESSOA ÉTICA COMO A PROFESSORA ACÁCIA NO CENTRO ADMINISTRATIVO???
    01-ELA FOI PRÓ REITORA DA UESC POR 08 ANOS.
    02-FOI SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO.
    03-TEM MESTRADO E DOUTORADO EM DESENVOLVIMENTO URBANO.
    04-É UM EMPRESARIA BEM SUCEDIDA.
    COM TODOS ESSE CURRICULO ACHO QUE ELA IRIA FAZER BEM A ITABUNA.

  7. MUITAS ÁGUAS AINDA ROLARÃO NESSA POLITICAZINHA PAPA JACA.MUITOS QUE SE DIZEM CANDIDATOS A PREFEITO VÃO QUERER SER VICE OU ATÉ SAIR CANDIDATO A VEREADOR.ESSA É A POLITICAZINHA OPORTUNISTA DE ITABUNA.

  8. Infelizmente quem decide quem será candidato ou não é a cúpula que vem de cima. É a política em primeiro lugar e depois, muito depois o povo, que em época de eleição se descabela, mata e morre pelo seu candidato, transformando a política em um verdadeiro ringue de box.
    Enquanto pensarmos que a política é apenas o que temos hoje, não vamos a lugar algum. Nesse balaio de gato que é Itabuna, os melhores nomes para administrar continuam sendo: Acácia Pinho e Ronald Kalid o resto fica dentro do balaio.

  9. Quem em sã consiencia poderia ser contra a candidatura da professora Acácia e do arquiteto ronald kalid.
    densidade eleitprão que dá e tira somos nos.
    Marcos Wence e seu velho not-book….rsrsrs

  10. A VERDADE TEM QUE SER DITA.
    01-NEM MARCOS WENCE
    02-NEM OTAVIO MENESES
    03-NEM DIDI DO INSS
    APOIARAM O DEP FELIX JR. E AGORA QUEREM CARGOS????????????????????
    SE ACÁCIA EMPLACAR ALGUEM,VAI SER UM GRANDE FEITO.

  11. Professora,Professora!!
    Abra o olho para Marcos Wence.
    Ele sempre conduziu o PDT para Geraldo Simões.
    -Já foi seu chefe de gabinete.
    -Já foi chefe da defensoria.
    -E olhe quem sempre deixou o ex vereador Otavio meneses de fora de seu acordo.
    Qualquer critica é mera coicidência.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top