skip to Main Content
28 de outubro de 2020 | 10:24 pm

CHUMBO GROSSO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Os servidores municipais preparam munição de grosso calibre contra o secretário de Governo, Carlos Burgos. O sindicato da categoria vê em Burgos o entrave para que o Acordo Coletivo dos servidores seja encaminhado ao legislativo.
Apesar de desmentidos em sentido contrário (veja aqui), a diretoria do Sindserv esteve hoje no Centro Administrativo Firmino Alves e confirmou que o anteprojeto de lei do Acordo nem chegou a sair da prefeitura, para que seja votado pelos vereadores. Pelo menos é o que diz a presidente do Sindserv, Karla Lúcia.
Fala Karla:
– Em visita hoje à prefeitura de Itabuna, o sindicato descobriu que o Acordo Coletivo não saiu da Secretaria de Governo [nem] foi protocolado na Câmara de Vereadores, como informado à impresa. Mais uma vez, o servidor, a imprensa e a comunidade estão sendo enganados pela administração municipal.
Os dirigentes do Sindserv estão indignados com Burgos. Há no ar desconfiança que pode atingir, diretamente, o prefeito Capitão Azevedo (DEM), o que, em tese, manda no governo.

Esta publicação possui 0 comentários
  1. O SENHOR CARLOS BURGOS NÃO TOMA JEITO QUER SER O PREFEITO DE ITABUNA,NOMEOU O FILHO COMO CHEFE DE DIVISÃO HOJE ESTÁ NA EMASA,E A FILHA COMO PROCURADORA DO MUNICÍPIO É UM CARA QUE NÃO CONSIDERA NINGUÉM PASSA POR CIMA COMO UM ROLO COMPRESSOR,O SINDICATO TEM QUE PARTÍ PARA O EMBATE E NÓS FUNCIONÁRIOS PODEMOS ATÉ PARAR SE A PREFEITURA NÃO ENVIAR PARA A CÂMARA DE VEREADORES O ACORDO COLETIVO.QUE PREFEITO FRACO…

  2. NO BRASIL SÓ TEM JUSTIÇA CONTRA AVÓ QUE NAO TINHA CONDIÇÕES DE PAGAR PENSÃO DOS NETOS , QUE OS FILHO ABANDONOU .
    ESTE DESGOVERNO É UMA MENTIRA TRAZ DA OUTRA.
    CUIDADO BURGOS , AZEVEDO E MARIA ALICE A REELEIÇÃO DO DEMO ESTA SENDO COZIDA EM BANHO MARIA.

  3. sor não ver é quem não quer eles estão é empurrando com a barriga pra chegar as eleiçoes e nao poder votar mais na camara isso é indignante, bugos o mundo da volta

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top