skip to Main Content
4 de agosto de 2020 | 06:09 am

ESTELIONATÁRIO "ESQUECIDO" RETORNA A CASA DE VÍTIMA E ACABA PRESO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Barbosa está preso (Foto Leandro Barreto).

O estelionatário identificado como Barbosa Leal Júnior foi preso ao final desta manhã de quinta (15) ao tentar aplicar golpe numa dona de casa na Vila Anália, em Itabuna. O estelionatário sai de porta em porta pedindo ajuda para uma suposta viagem a Salvador e aproveita momentos de desatenção da vítima para praticar o furto. A dona de casa reconheceu “Barbosa” e acionou o marido, que deteve o estelionatário. Barbosa retornou ao local do crime cometido há alguns meses.
A polícia já sabe que Barbosa possui várias identidades falsas. De acordo com cinco das vítimas que o reconheceram no Complexo Policial de Itabuna, o estelionatário sempre se apresenta dizendo que a esposa morreu em Salvador e pede dinheiro para que ele e três filhos possam ir à capital para o sepultamento.
“Barbosa” é conhecido na região do São Caetano por vários furtos. Barbosa já possui quatro entradas no complexo policial pelo mesmo crime. Ele ficou detido na Delegacia de Furtos e Roubos. Agentes pedem a possíveis vítimas que compareçam ao complexo para fazer reconhecimento do estelionatário esquecido.

Esta publicação possui 0 comentários
  1. Esse safado, veio aqui em casa. e utilizou esse golpe, nós com bom senso, em ajudar alguém doamos R$ 5,00 .. Ah, safado, se eu soubesse que ele fazia isso tinha ido no complexo, mas ele vai acertar as contas com Jesus.. ah, vai !

  2. Fazer o que no complexo se a população leva preso por que o 190 da policia nem funcionar ontem estava funcinando chega lá da entrada e reconhecido por varias e varias vitimas e a delegada diz que não é crime. Deixa este vagabundo fazer isso com a mãe ou um pai ou fiho dela que já já muda a historia não delegada. pergunta não ofende!

  3. Meus amigos, eu também cair na conversa desse FDP. Há cerca de cinco meses, ele esteve na minha casa, contou o caso da mulher e me levou R$ 10,00. Na semana passada por volta das 19 horas ainda estava no trabalho e ele tocou a campanhia, quando foi atender ele veio com a velha conversa, o reconheci e botei pra correr. Graças a ação de um casal ele agora vai ficar uns dias hospedado na Casa de Dete, que é um bom lugar pra esse tipo de vagabundo.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top