skip to Main Content
15 de julho de 2020 | 08:28 am

O LADO MAIS FRACO DA CORDA

Tempo de leitura: 2 minutos

Jorge Portugal | secretaria@jorgeportugal.com.br

A reação da mídia partidária e dos desinformados das redes sociais foi descompensada, cruel e absurda.

Os professores em greve bradam: “22% já!”; o governo responde em alto som: “Lei de Responsabilidade Fiscal”. No meio dessa queda de braço, sem meios de defender o seu direito a um ensino de qualidade e o seu sonho de entrar numa universidade, 140 mil estudantes regulares da rede estadual, com o semestre perdido e a prova do Enem à sua espera, em novembro. Se fosse seu filho, sobrinho, irmão ou neto, você que está me lendo, ficaria de braços cruzados? Eu não fiquei. Como a APLB e o governo já têm forças suficientes, tomei o partido do lado mais fraco e ignorado: os estudantes pobres da Bahia. Já tinha me decidido a fazer, voluntariamente, os aulões em espaços públicos de Salvador para tirar a garotada do sufoco, como sempre faço, aliás, há uns dez anos. Nesse ínterim, recebo telefonema do secretário Oswaldo Barreto me propondo criar 24 “cursinhos Pré-Enem”, entre a capital e o interior, com aulas interdisciplinares, reunindo a nata do professorado baiano, durante quatro meses, numa estrutura gigantesca de produção, envolvendo megaequipe, som de qualidade, luz, data-show, postagem de conteúdos na internet, passagens de avião para deslocamento de mestres, uma experiência inédita no Brasil, juntando a necessidade social desesperada dos alunos e a comprovada competência dos professores de cursinho, acostumados a colocar os filhos da classe média no ensino superior. Aulas, na maioria dos sábados, para ficar claro que não era reposição, nem esquema fura-greve.

Pronto! Foi meu crime ficar ao lado da garotada pobre da Bahia, mas sem me opor ao movimento dos professores, que, repito pela enésima vez, ganham um salário indecente, aviltante para o seu papel social. A reação da mídia partidária e dos desinformados das redes sociais foi descompensada, cruel e absurda. Lembrei, atualizando, Caetano e Gil: “Quando você vir um deputado (ou candidato) em pânico diante de qualquer atitude que possa melhorar o ensino médio no Brasil, pense no Haiti, reze pelo Haiti. O Haiti é aqui!”.

PS: se o governador e o secretário de Educação toparem, declino dos aulões.

Jorge Portugal é educador e poeta.

Publicado originalmente n´A Tarde.

Esta publicação possui 49 comentários
  1. sei não portugal
    vc se “acha” demais,, e o governo derepente libera 6,8 milhões pro seu projeto
    e logo no momento que os educadores(aqueles que não tem programas na televisão,,aqueles que ganham salario de fome e nem ONGs tem),,mais precisam de toda a classe unida
    sera que vc é tão santinho assim?
    ou sera que por 6.8 milhões de razões vc se deixou usar??
    espero que isso tudo realmente seja um equivoco

  2. Concordo com Ferraz, acrescentando o “puro altruísmo” desse senhor movdo a 6.8 milhões de motivos! Recordo que este senhor poeta e professor sempre esteve e está com os senhores mandatários de plantão, sempre na situação, vira folha de primeira!

    Parabéns aos Professores do Estado, injustiçados, com salários aviltantes, bem distantes do “new rich” Mestre Poeta Portugal, que faz convênios com verbas estratosféricas com o ESTADO da BAHIA.

  3. É professor já que sua intenção é ajudar aos “pobre” alunos faça sem fins lucrativos e acredito que esse contrato ficará mais barato para os cofres públicos, ou seja, mais barato para os alunos, pais, enfim os cidadãos baianos.

  4. Será que esse artista professor global ainda não ouviu falar que de boa intenção o inferno ta cheio? ainda mais uma boa intenção de 6,8 milhões de rais dos cofres públicos. Ou ele está dúvidando da inteligêcia das pessoas?

  5. Eu não conheço nenhum professor que têm filhos na rede pública de ensino…A greve já deveria ter acabado,não vai dar em nada mesmo…,e quem perde é o aluno pobre, eu sou a favor da privatização das escolas públicas.

  6. Desculpe, professor mas não posso deixar de sentir uma coisa que me leva a crer que o senhor traiu a credibilidade que sempre depositamos no vossa pessoa, apesar do senhor ter um discurso lindo, porém uma atitude dúbia.
    Vá catar coquinho, aqui mesmo na Bahia tem de montão.

  7. Ainda pairava duvidas acerca da idoneidade moral do professor Portugal, mas depois de uma perfunctória leitura na sua resposta vejo que a população tem toda razão de si indignar com este que já foi um dos grandes exemplos da Bahia. è uma vergonha Portugal fazer isso com seus colegas professores e alunos da rede pública de ensino, verdade que o lado mais fraco são os alunos, ainda assim hoje eles pagam um preço para que o amanhã não seja tão caro como já é…apoiar o governado ganhando o dinheiro que ganhou é fácil, quero ver apoiar gratuitamente fazendo jus ao texto que expôs. Ontem vi no face que existia uma campanha para conseguir identificar um nome de filme adequado para o momento, devo dizer que o titulo de filme que encaixa perfeitamente para essas pessoas que destroem com a educação nada mais que o titulo do filme “O EXTERMINADOR DO FUTURO”, estrelando Jaques Wagner e como coadjuvante Mr. Jorge Portugal…

  8. Eu sempre me indignei quando alguem de fora se refere ao povo Bahiano com ” um povo descansado” Estou mudando minha forma de pensar. Acho que nós somos “um povo burro”. Como é que se aguenta um governo desses? Fraco,sem compromisso com a população que o elegeu por duas vezes, dissimulado e claudicante com os principais setores da administração pública da Bahia, como Educação, Saude e Segurança. O povo coloca o governante e o mesmo povo, retira o governante. Tá se esperando o que mais?

  9. Por que o senhor não faz isso sem cobrar R$ 250,00 pro hora aula????
    Já que se diz altruísta e tão preocupado com os filhos dos pobres por que não cobra apenas os custos com deslocamento e alimentação???
    Me poupe Jorge Portugal… De português você só tem o nome!
    De boa intenção o inferno está lotado!!!
    Como bem disse o “cidadão” você sempre esteve com os mandatários de plantão, seja ele quem for.

  10. Essa greve só continua pq os filhos dos professores não estudam na rede pública! Só o fazem quando são castigados por seus pais por mal desempenho na escola privada.
    Os professores que reclamam do valor que o Estado oferece ao Jorge Portugal são os mesmos que pagam mensalidades caríssimas nos Galileus e Sistemas da vida. É, no mínimo, contraditório.

  11. Os professores que reclamam do valor que o Estado oferece ao Jorge Portugal são os mesmos que pagam mensalidades caríssimas nos Galileus e Sistemas da vida. É, no mínimo, contraditório.

  12. VOCE É UM GRANDISSIMO OPORTUNISTA…… COMO UMA AGUIA EM BUSCA DE SOBREVIVER, NÃO MEDE AS CONSEQUENCIAS. ENQUANTO OS DOCENTES SE ACABAM NA LUTA POR MELHORES SALARIOS, COM DOAÇÕES DE CESTAS BASICAS AOS COLEGAS Q NAÕ TEM OUTRA FONTE DE RENDA A NAO SER O ESTADO… MAS MEEEESMO ASSIM ESTÃO LUTANDO POR UMA ESCOLA DE QUALIDADE……….. ESTÃO SE SACRFICANDO POR UMA CAUSA JUSTA. COMO É Q O ESTADO ESBANJA 444 DESSA FORMA????? ESTAMOS VOLTANDO AO CRONELISMO…. TENHO CERTEZA JW É UM APRENDIZ DE ACM SÓ QUE SE ACM VOLTASSE A TERRA TENHO CERTEZA QUE ELE SERIA BEM DIFERENTE… OS TEMPOS SÃO OUTROS…. O XICOTE DE CORONÉ NÃO FUNCIONA MAIS NÃAAAAAAAAO CORONÉ WAGNER… VC TÁ ULTRAPASSADO ….OS TEMPOS SÃO OUTRO ACORDA PETISTA E WAGNER….
    LUCCA

  13. nunca pensei que fosse dizer isso!!!!SAUDADES DO NOSSO ANTIGO GOVERNADOR O SENHOR ACM.Wagner carioca,traídor,vai pro inferno.mas nao este que vc criou pra nós,outro.deixa que este aqui nós bahianos de verdade resolveremos.só em pensar que quando o senhor wagner foi ministro da justiça,ele teria sido o criador do projeto de arrancar do trabalhador o seguro desemprego e o FGTS.é um marginal.bebum safado!!!!!!!!!!!!

  14. CONCORDO COM A CRIS, PRIVATIZA-SE E QUEM PRIVATIZAR FAZ UM ESQUEMA DE COBRANÇA DE MENSALIDADES DIFERENCIADA QUEM PODE MAIS PAGA NAIS, QUEM PODE MENOS PAGA MENOS. TIPO ASSIM, FICARIA TRÊS FAIXAS DE MENSALIDADE, UMA MENOR PARA A CLASSE BAIXA, UMA INTERMEDIARIA PARA A CLASSE MEDIA E UMA MAIOR PARA A CLASSE ALTA. OS RICOS BANCARIAM OS MENOS AFORTUNADOS. SEI QUE É MUITO DIFÍCIL ISSO EM UM PAIS CAPITALISTA. MAS, NO FUTURO QUEM SABE??????????????

  15. Cheio de boas milhõs!!! Opsss!!! Digo: intenções.
    Quer ajudar? Desse seus aulões voluntariamente e não ganhando milhões pra isso.
    Como vc é bonzinho, rapaz… É muito bom saber o quanto se preocupa com os mais pobres…

  16. Zelão diz: – “O empresário não precisa justificar o lucro!”

    “Se a missão do professor é mesmo um sacerdócio, não dá para servir e adorar a “dois senhores.”

    Acredito que mais coerente a Jorge Portugal seria defender o”contrato com o Governo do Estado,” na sua condição de “empresário do ensino,” abrindo mão da condição de “professor” preocupado tão so com a educação dos jovens baianos.

    Ao “negociar” os seus serviços com o Governo do Estado, Jorge Portugal sabe que está fortalecendo – o já forte lado do poder – contra a classe dos educadores que lutam pelo reconhecimento justo do seu mister e, pela dignidade da profissão que escolheram como missão de vida.

  17. Cris…Privatização das escolas públicas?kkkk
    esssa foi muito boa!

    A educação é um dever do governo, este por sua vez, faz uma mera concessao ao poder privado para o funcionamento de instituições particulares.

  18. OS NEGROS NÃO PRECISAM DE COTAS ————————————————————–
    O conceito mais comum de cotas é o de uma medida governamental que cria uma reserva de vagas em instituições públicas ou privadas para as classes sociais mais desfavorecidas. É considerada uma ação afirmativa.
    “Os defensores do sistema de cotas justificam sua implantação, afirmando a necessidade desta para corrigir erros históricos como a escravidão dos negros. E se for desconsiderada essa ideia? Por exemplo: não sinta-se mais desfavorecido.Vá à luta. Não é preciso de cotas para mostrar que se pode concorrer com paridade a qualquer vaga disponível no mercado de trabalho ou em cursos de pós-graduação.” Os negros não precisam de cotas, precisam de respeito. Precisam de uma educação de qualidade no ensino público e que só logrará sucesso quando os professores forem vistos com a merecida dignidade .
    Valorizar o professor e qualificar o ensino público é o mesmo que realizar intervenções de proteção e melhoramentos na foz de um rio. Os alunos de escolas públicas, na sua maioria negros, só terão qualificação que os fará acreditar serem capazes quando seus professores sentirem-se valorizados e doarem-se inteiramente ao ensino público. Esta é a política de reparação que precisamos. Reparação da depreciação da educação pública e da desvalorização dos nossos mestres, pois, sem educação , não há futuro nem solução.
    ( Claudio Sanfront )

    O TEXTO ACIMA É A MAIS PURA REALIDADE, É POR ISSO QUE FATOS COMO ESSES ENVOLVENDO O Jorge Portugal JÁ VIROU ROTINA EM NOSSO PAÍS, AGORA QUERER TRANSFORMAR O CARA NA “Genir” DA VEZ É MUITA HIPOCRISIA, SÃO POR ESSAS E OUTRAS QUE O Lula TÁ AÍ ATÉ HOJE DIZENDO QUE O MENSALÃO NÃO EXISTIU E A GRANDE MAIORIA DOS BRASILEIROS ACHAM QUE A CULPA TODA É SOMENTE DO Maluf E DO Sarney.

  19. Faz-me rir Portugal!Quer dizer q a “nata” dos professores q vc colocou pra dar aula nesse APROVADO de mentirinha merecem esses milhões e nós não?Já que vc é tão altruísta, sempre do lado do mais fraco,ajuda esse governo tão pobrezinho e seus colegas professores! Dê essas aulas de graça!!!!

  20. Sim!!!, professor Jorge Portugal,

    Só agora neste momento e sob as condições que o governador criou é que foi possível descobrir os estudantes pobres da Bahia?
    Não compreendi a justificativa (desculpa) apresentada, pois a mesma ou talvez maior necessidade eles já teriam, independente da greve, pois os seus clientes (filhos da classe média) utilizam os seus serviços (ou da sua empresa) mesmo sem greve na rede particular e normalmente o fazem até obtenção da aprovação no curso desejado ou enquanto podem pagar.
    Teremos tempo para avaliar seu desejo de ajudar os pobres!!!

  21. Acima de tudo Jorge Porugal ( espero que nao seja parente da Alice)Voce pisou na bola e feio!!!!!Quem bem conhece sua clase é vc mesmo!poprtanto fez a sua merda, Aguente!Wagner naso está nem tchum pra vc.

  22. QUASE CHORO AQUI DIANTE DO “ALTRUÍSMO” DE JORGE PORTUGAL.ALTRUÍSMO MOVIDO POR MAIS DE 6 MILHÕES DE REAIS.ESSE PROFESSOR SÓ NÃO É MAIS CARA DE PAU DO QUE O DESGOVERNADOR DA BAHIA.VOU ATUALIZAR PRA ELE A MÚSICA DE GILBERTO GIL: “MAS A USURA DESSA GENTE,JÁ VIROU UM ALEIJÃO”.COM ESSE GOVERNADOR QUE AÍ ESTÁ,REALMENTE A CADA DIA A BAHIA SE TRANSFORMA MAIS EM HAITI.

  23. Espero q essas mensagens sejam levadas até Jorge Portugal!
    Prestem atenção no detalhe: “NATA”; “FICAR DO LADO DA GAROTADA”
    Faça-me uma garapa! Por 1.600.000 reais………

  24. Por que ñ questionou ao governo que, já que tem dinheiro para pagar à sua empresa, deveria ter dinheiro para a “RESPONSABILIDADE FISCAL”
    raiai

  25. Você ficou do seu lado, você biscou tirar lucro de uma situação. Rdiculo, quanto mais fala, mais piora, deveria se calar. Quer fazer trabalho social? Dê aula de graça.

  26. Engraçado é o Governo dizer q não tem dinheiro p pagar professor, q não pode aumentar despesa por conta da Lei de Responsabilidade Fiscal e blábláblá, mas pode pagar 250 reais por hora-aula desse “mestre”, além de transporte, hospedagem e alimentação… Não parece contraditório? Quem não tem, não tem!… Ou tem? Eis a questão!

  27. ô que lindo! Ainda existem pessoas altruístas nesse mundo! Então, faz o seguinte Jorge Portugal: Doe para os professores o dinheiro que você recebeu nessa ação tão solidária e comovente. E ainda tem a audácia de pronunciar? Por favor!

  28. Se ele é tão abnegado, porque não se propôs a fazer os aulões de graça, como era o projeto inicial? To percebendo é muito papo furado desse demagogo “de ponta”.

  29. Muito interessante a postura de alguns educadores em achar que após anos estudando numa escola pública com ou sem qualidade ,o estudante terá condições de passar no Enem ou no vestibular,só pq assistiu a aulões com professores Phd às vésperas das provas.Sinceramente,nunca vi nada de última hora dar certo.Imagine um aluno que durante toda vida escolar nunca aprendeu direito as quatro operações e que usa a calculadora para fazer prova,pq caso não a tenha ele não vai a lugar algum.Será que alguns aulões vão fazê-lo evoluir do básico,que mal sabe,ao assunto mais avançado?Se ele não sabe ler, escrever e interpretar textos são as aulas-show que vão ensiná-lo?Será que essas aulas compensam anos de estudo mal feito?Vão realizar o milagre de fazer um aluno que não sabe a estrutura da célula,sair de lá sabendo-a,conhecendo todos os processos que ocorrem nela e por fim entender tudo de genética?Creio que não,pois educação é um processo que requer tempo.
    Admirava muito vc Jorge,admirava mesmo,porém se vc é educador como eu,se vc fez quatro anos e meio de graduação, mais um ano de especialização e tem mais de dez anos de sala de aula em primeiro e segundo graus,vc sabe que ter base para um aluno é tudo.Ter uma boa alfabetização,um fundamental bem feito (como o nome já diz,é FUNDAMENTAL,parte talvez mais importante do processo ensino-aprendizagem) e um ensino médio reforçado é imprescindível para o sucesso no vestibular e Enem.Não adianta paliativos de última hora.Não sei pq deram para “se preocupar” com os alunos do terceiro ano só agora,há anos sei que a maioria deles não tem condições de enfrentar um vestibular com os alunos da rede particular.E não é pq os da particular possuem professores-fera não,é pq eles tiveram uma boa base,desde cedo têm uma boa educação e os pais,como estão pagando, cobram dos filhos boas notas,e da escola um ensino de qualidade.Muito diferente da escola pública,onde poucos são os pais que acompanham os estudos dos filhos e menos ainda são aqueles que exigem da escola.Esse comportamento pode ser resultado do baixo nível de escolaridade dos pais?Pode,claro,mas creio que ir à escola saber pq a aula acabou mais cedo ou a razão de não haver aula não exige canudo.Acompanhar o filho é simples,basta procurar o professor,diretor,coordenador…
    O que acontece é que no Brasil impera a ilusão de que por ser pública,por não ser paga,a escola não deve ser cobrada em suas atividades;é como se o Governo fizesse um favor ao povo dando estudo “grátis” à população.Quando na verdade ela é sustentada com o dinheiro dos impostos que todos pagam.Por quê o Governo não divulga uma propagando pedindo aos pais que acompanhem seus filhos nos estudos?Porque sabe que fazendo isso abrirá a janela do descaso que existe em relação a educação,e não é do interesse dele formar um povo bem informado e estudado,pois é uma ameaça a estrutura estabelecida.
    O que tem que existir é uma preocupação com todas as séries,com a educação no geral,estar preocupado com o terceiro ano é desculpa,é querer aliviar a preocupação dos vestibulandos,que são aqueles que mais podem causar barulho durante a greve,já que estão no final da reta.É apenas uma estratégia do Governo para mostrar a sociedade que ele não está de braços cruzados,e que está fazendo de tudo para que aqueles que estão no fim da reta não tenham seu ano perdido.
    O lado mais fraco da corda deve ser sim defendido,exigindo-se um ensino de qualidade,dando condições e autonomia à escola para que exerça suas atividades com competência e seriedade,e remunerando e respeitando o professor,profissional que hoje sofre com ameaças de violência e atitudes de desrespeito no ambiente de trabalho.
    Defender o lado mais fraco recebendo milhões é desrespeitar a classe a qual você diz fazer parte,e isso não é ético.Ou você se coloca professor ou empresário.Se está realmente penalizado com a situação dos alunos,dê aulas de graça,faça um mutirão com os melhores professores e ajude aos alunos,mas não compactue com essa farsa do Governo Wagner,que prega a Democracia mas exerce a ditadura.

  30. Fico contente com atitude do grande professor Jorge Portugal, graças a Deus ainda tem pessoas que se compadece com o sofrimento de alunos carentes que estão lutando por um lugar ao sol, muitos criticam Jorge Portugal, por emoção da politica e esquecem a razão (estudantes carentes), que não são filhos de professores que estudam em instituições de ensino privado e caros, que estudam na capital ou outros estados, essa greve é politica docentes, aqui em Ilhéus tivemos exemplo recentemente lider de greve da policia, que agora é candidato a vereador, ninguém bate prego sem estôpa não, tenham misericordia dessa classe sofrida que são os estudantes, nesse pais de mal politico, os pobre sofrem, aquem interressa ele ficarem sem estudar, quem manipula a massa, quem, tenho vários amigos (as) docentes que seus filhos estudam nos melhores clégios dessa amada terra Bahia, e os estudantes carentes que se f…..

  31. Realmente Jorge, será que tem filhos desses professores sem estudar? A guerra entre governo e professores continuam, e que perde com isso são os nossos filhos. Estou desesperada diante dessa situação, meu filho está em casa correndo o riso de ficar um ano sem estuda. Algo tem que ser feito.

  32. Professores da rede publica remunerados com o dinheiro das taxas e impostos que pagamos estao em greve tem quase tres meses, prejudicando os alunos. Quando nao estao em greve sao a categoria de funcionarios publicos que mais falta ao trabalho. Para mim -que escrevo do meu tablet e por isso a falta de acentos -, que sempre pude pagar a escola dos meus filhos nao faz diferenca. Para a maioria da populacao do estado e uma afronta e um desrespeito que deveria merecer repudio energico. NAO TRABALHAM E CONTINUAM RECEBENDO. QUANTO CUSTA ISTO?

  33. Você não precisa esperar que o governador ou o secretário te tire do projeto. Você mesmo podia colocar a mão em sua consciência e desistir dele.
    Por que você não desiste dele e começa a fazê-lo de graça, como você mesmo disse que queria?
    Você é e sempre foi muito demagogo, mas só agora a sua máscara caiu e todos puderam ver que você é e sempre foi movido a dinheiro.
    As contas que vazaram na mídia do montante que sua empresa lucrou com o estado, nesses últimos anos, já diz tudo.

  34. Jorge Portugal, afinal você é licenciado ou bacharel? Em quê mesmo? Gostaria que respondesse porque eu já li de tudo sobre sua formação aqui na internet. Por isso não lhe chamarei “Professor”.
    Sinto um mister de raiva e pena de você.
    Raiva, porque você usa os seus critérios elitizados para separar professor de ponta de professor medíocre, literalmente falando. Agora você começa dizendo que “Nesse ínterim, recebo telefonema do secretário Oswaldo Barreto me propondo criar 24 “cursinhos Pré-Enem”, entre a capital e o interior, com aulas interdisciplinares, reunindo a nata do professorado baiano…” O secretário usou o termo “nata”? Se não, espero sua definição para “nata”.
    Fico indignada porque diante das câmeras, muitas pessoas ficam por aí defendendo bandeiras contra disciminação, preconceito e outras bandeiras mais. Mas, na prática a bandeira é outra. Fica aí para você pensar e refletir “de ponta” e “nata”.
    Sinto pena, porque você está tendo uma oportunidade de evoluir espiritualmente e acabou ficando no mesmo degrau, visto que ninguém retrocede na evolução espiritual.
    Não me decepcionei com você porque não costumo esperar coisas de alguém que eu não conheço profundamente. Aliás, dificilmente eu me engano com as pessoas.
    Estarei emanando muitas luzes para ver se voceê ainda encontra um jeito de sair do caminho escuro que está começando a trilhar.
    Lhe perdoo pelos danos morais que me causou, porque sei que quem vai lhe julgar não sou eu. Você sabe que não podemos escapar à Lei de Causa e Efeito.
    Muita Luz, Paz e Serenidade!

  35. O lado mais fraco é o teu Portugal?

    toma vergonha seu PICARETA,

    ficar do lada das criças pobres?

    vc foi dar aula a 8 reais hora aula?

    a quem vc pensa q ingana?

  36. Essa “nata” tem o mesmo nível que eu e os demais professores do magistério público estadual.

    Alguns colegas estaduais que conheço tem qualificação formação superior a essa “nata”, como pós-graduações, formação continuada, mestrado, etc.

    Entretanto o Sr. Wagner decide pagar R$ 250,00 por hora aula aos “aliens”, enquanto paga míseros R$ 8,40 aos mestres concursados e efetivos.

    Saibam que a melhor experiência que um professor pode adquirir é “enfrentando” diariamente classes de alunos de escolas públicas.

    Já estou trabalhando em outra área. Meu requerimento de afastamento temporário (interesse particular) não tarda. Com isso, quem perde é a sociedade!

  37. Não sei, não, mas tenho a forte impressão de que esse texto foi escrito pela equipe de marketing do governo Wagner. Não é possível que um professor de redação (onde foi mesmo que Jorge obteve a graduação?)seja tão incipiente em seus argumentos, tão pueril em suas colocações, tão apedeuta e seus raciocínios. Sou capaz de apostar que seu Jorge, se tivesse lido, nem teria gostado do texto: “você que está me lendo” é de uma ausência estética digna de piedade; apresentar os professores de cursinho como “acostumados a colocar os filhos da classe média no ensino superior” é típico de quem não está acostumado com o dia a dia da educação, afinal , todo educador sabe que o professor de cursinho é apenas o profissional que coroa todo um processo que tem seu início no primeiro ano da formação básica; recuso-me, também, a acreditar que seu Jorge acredite, mesmo, nos os aulões de 250,00 reais a hora como atitudes capazes de ” melhorar o ensino médio no Brasil”. Não! decididamente, esse texto não pode ter sido escrito por seu Jorge. Até porque duvido muito que ele considere partidária toda a mídia que veiculou a notícia do projeto. Penso em seu Jorge como um homem que respeita a democracia. Um homem assim não chamaria de “desinformados” os frequentadores das redes sociais. Decididamente, isso não é coisa de poeta, nem de professor, nem de quem quer, de fato, ver o país livre da ignorância e dos fossos sociais. Que pena, que seu Jorge não leu o texto que os marketeiros de Wagner o mandaram assinar e publicar.

  38. Conheço sim professor que tem seu filho na escola pública. Se o professor vive só com o salário da escola pública não dá para pagar escola de qualidade particular não. Se informa gente.

  39. Conheço sim professor que tem seu filho na escola pública. Se o professor vive só com o salário da escola pública não dá para pagar escola particular de qualidade. Se informa gente!

  40. VENHAMOS E CONVENHAMOS NÃO VEM AO CASO SE O FILHO DE VCS ESTUDAM NA ESCOLA PARTICULAR OU PÚBLICA…CADA UM SABE DE SÍ, DE SUAS CONDIÇÕES,ENTRETANTO É FATO ! O ÚNICO PREJUDICADO SÃO OS ALUNOS, DA REDE PUBLICA,O TEMPO Ñ PERDOA…QUEM QUER ESTUDAR E Ñ PODE OPTAR POR UM ENSINO PARTICULAR RESTA APENAS A TERRÍVEL SITUAÇÃO DE IMPOTÊNCIA,AGORA…SE VC LUTA POR CAUSA PRÓPRIA,SEUS DIREITOS,ETC…SÃO NOSSAS CRIANÇAS QUE TEM DE PAGAR ?
    NUNCA VOTEI NO PT NOS TEMOS O HÁBITO SEMPRE DE CULPAR OS GOVERNANTES E NOS ABSORVERMOS DE NOSSAS FALHAS…CLARO ! CONCORDO QUE OS PROFESSORES DEVEM SER BEM REMUNERADOS ENTRETANTO Ñ DEVEMOS ESQUECER QUE UM DIA JÁ ESTIVEMOS DO OUTRO LADO…SENTADOS SEDENTOS DE SABER…QUANTAS VEZES JÁ OUVI RECLAMAÇÕES DE QUEM ESTAVA QUERENDO CONCLUIR SUA FACULDADE,SUA GRADUAÇÃO E OS PROFESSORES ENTRAVAM EM GREVE ?
    VAMOS PARAR DE HIPOCRISIA; A QUESTÃO É FINANCEIRA OU SEJA PARTICULAR,CADA UM LUTANDO POR SEUS INTERESSES PRÓPRIOS.
    EM QUALQUER SÉRIE/ANO/ETAPA/MODALIDADE FICA O PREJUÍZO…AGORA VCS PODEM DORMIR…BOA NOITE ! P.S ESPERO QUE O PREÇO TENHA SIDO JUSTO…

  41. Venho através deste blog fazer um apelo,que os verdadeiros educadores tenham compaixão dos filhos dos pobres.O movimento de greve deixa sequelas irreparavéis nos alunos .Eu temo pela saúde mental dos alunos,poís nem precisa ser um especialista da área para saber que com tanta pressão que os professores colacam nos alunos,quando termina a greve , isso os afetará num futuro próximo.Infelizmente muitos não terão consciência da sua ignorança,e poucos serão subempregados,e outras maginalizados, aumentando o indíce de violência que já impera na nossa sociedade de barbaríe,todos sofremos com esta vilência.

  42. Venho através deste blog fazer um apelo,que os verdadeiros educadores tenham compaixão dos filhos dos pobres.O movimento de greve deixa sequelas irreparavéis nos alunos .Eu temo pela saúde mental dos alunos,poís nem precisa ser um especialista da área para saber que com tanta pressão que os professores colacam nos alunos,quando termina a greve , isso os afetará num futuro próximo.Infelizmente muitos não terão consciência da sua ignorança,e poucos serão subempregados,e outras maginalizados, aumentando o indíce de violência que já impera na nossa sociedade de barbaríe,todos sofremos com esta violência.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top