skip to Main Content
10 de agosto de 2020 | 08:04 am

CORINTIANOS DE ITABUNA CRIAM A SACI

Tempo de leitura: < 1 minuto

O Corinthians faturou a Taça Libertadores e inspirou os torcedores Nérope Martinelli e Marco Maciel a criar a Saci. Martinelli jura que nada tem a ver com lenda, folclore. “É a nossa Sociedade dos Amigos Corintianos de Itabuna (Saci)”, afirma em tom elucidativo e a quase dizer que é Saci e não… bambi.

Ele acredita que, na região onde predominam torcedores de times cariocas, a ideia vai ajudar a arrebanhar a nação de fiéis do Timão. E pra que esse negócio de Saci? Ele diz que é para acompanhar os jogos pela televisão – juntos – e fazer excursões à cata do Corinthians onde o bando de loucos estiver – seja em Salvador ou pelo Nordeste.

A dupla Martinelli e Maciel promete até brinde para os 10 primeiros a se inscrever na Saci. O contato é o email saciitabuna@gmail.com. Este blogueiro tentou descolar uma fotinha do torcedor roxo do Corinthians. “Sou fanático, mas não tenho camisa”, respondeu. Rolou uma montagem fuleira. Afinal, vale a intenção, né?

CAMPANHA ELEITORAL COMEÇA NESTA SEXTA

Tempo de leitura: 2 minutos

Políticos adversários se cumprimentam em cartório (Fotos Pimenta).

Encerrado o prazo de pedido de registro de candidaturas às 19 horas desta quinta-feira, 5, a partir de amanhã começa a campanha eleitoral dos candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador. São proibidos propaganda em outdoors, showmícios ou eventos assemelhados. O Horário Eleitoral começa no dia 21 de agosto.

A maioria dos partidos e coligações deixou para protocolar os pedidos de registro nos cartórios eleitorais de Itabuna para a última hora. Foi grande o movimento de advogados e dirigentes, que chegaram a fazer fila devido à lentidão dos sistemas informatizados.

A greve dos servidores da Justiça Eleitoral em campanha salarial também teve reflexos na demora. O clima de descontração e até abraços entre concorrentes na 28ª Zona Eleitoral.

Políticos da Frente Partidária registram candidaturas.

Neste ano também estão proibidos a produção, uso e distribuição de brindes, camisetas, chaveiros, bonés, canetas, cestas básicas ou outros bens ou materiais que proporcionem vantagem ao eleitor. Quem desrespeitar, pode responder por prática de compra de votos, emprego de propaganda proibida e até por abuso de poder. As denúncias podem ser feitas no site da Procuradoria Eleitoral e nos cartórios.

MULTAS

Pedido-de-registro-DEM

Representantes do DEM entregam pedidos de inscrição de candidaturas.

Bens públicos, de uso comum, como postes de iluminação, sinais de trânsito, viadutos, passarelas, pontes, paradas de ônibus, entre outros, também não podem ser usados na propaganda. Quem descumprir esta regra, poderá ser notificado para remover a propaganda irregular e restaurar o bem, sob pena de multa que varia de R$ 2 mil a R$ 8 mil.

A propaganda eleitoral em bens particulares está liberada e não depende de licença municipal e de autorização da Justiça Eleitoral, mas deve ser espontânea e gratuita, sendo proibido qualquer tipo de pagamento em troca do espaço utilizado. A propaganda não pode exceder o limite de 4 metros quadrados e nem contrariar a legislação eleitoral.

CARLOS SODRÉ DIZ QUE ITAPÉ PRECISA DE GOVERNO HONESTO

Tempo de leitura: 2 minutos
Sodré-PHS-Chapa-majoritária-de-Itapé-foto-PIMENTA

Sodré (c) diz que falta governo honesto em Itapé (Foto Pimenta).

O advogado e escritor Carlos Eduardo Sodré, 65 anos, disputará a prefeitura de Itapé, no sul da Bahia, após ter homologada candidatura pelo PHS. Ele terá como candidata a vice a professora Tilda Tammá (PV), na coligação que reúne também PCdoB e PSL.

Numa entrevista coletiva hoje à tarde em Itabuna, Sodré condenou as práticas políticas e a gestão de sua cidade natal. “É um absurdo o que se faz com Itapé e sua gente nos últimos 30 anos”, afirmou. Para o candidato, apesar de ter receita estimada em R$ 35 milhões anuais, não há obras e serviços, a educação e a saúde são precárias, crianças e jovens não têm perspectivas e o capital humano, a exemplo de professores com especialização e mestrado, atua em outros municípios.

Segundo Carlos Sodré, apesar de passar parte de sua vida em Itabuna e Salvador, não perdeu o vínculo afetivo com Itapé. “Volto com mais experiência. Sinto-me jovem para trabalhar por minha gente”. Segundo ele, o município precisa de governo honesto.

O prefeiturável criticou o que chama de “cortesia com dinheiro da prefeitura”, pagando “cestas básicas e cachaça” aos eleitores. O recurso público, disse, tem que ser empregado em oportunidades para população.

Para Sodré, “trancando a torneira do desperdício e o ralo da corrupção o dinheiro aparece e se poderá ter economia de R$ 450 mil por mês para investir”, concluiu. Ele enfrentará nas urnas o ex-prefeito Pedro Jackson Brandão, o Pedrão (PSB), e o delegado Humberto Mattos (PDT).

NEW LOOK

Tempo de leitura: < 1 minuto

O ex-prefeito de Buerarema, Orlando Filho, quase passa despercebido do eleitorado. Orlando repaginou o visual de tal forma que – pregam os maldosos – quase não era reconhecido na própria terra. Uma vasta cabeleira escondia os sinais da idade. Ele segue, assim, os passos de famosos políticos: Walter Pinheiro (PT) e Geddel Vieira Lima (PMDB).

Radicalizou: Orlando há quatro anos e o visual de agora.

ELEIÇÕES 2012: SISTEMA TRAVA REGISTRO DE CANDIDATURAS EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) registrou muita lentidão e atrapalhou o registro de candidaturas a vereador e prefeito em Itabuna. Para não perder prazos, o cartório eleitoral recebeu pastas e CDs dos partidos com todos os dados de cada candidato e concedeu protocolo provisório.

A inscrição definitiva será concedida assim que o sistema for finalmente restabelecido, o que deve ocorrer amanhã. Este também é o prazo para divulgação dos primeiros editais das candidaturas. O cartório fechou às 19h.

LISTA DE FICHAS-SUJAS DO TCM TRAZ AZEVEDO, MOACIR LEITE, GERALDO E FERNANDO GOMES

Tempo de leitura: 2 minutos

Ex-prefeitos Geraldo Simões e Fernando Gomes e prefeito Azevedo estão na lista dos fichas-sujas do TCM (Fotomontagem Pimenta).

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) liberou, finalmente, a lista dos políticos fichas-sujas na Bahia. A relação traz 915 nomes com contas rejeitadas no período de 2004 a 2010. De Itabuna, os principais nomes são os do prefeito Capitão Azevedo (DEM) e dos ex-prefeitos Geraldo Simões (PT) e Fernando Gomes (PMDB).

Azevedo figura na lista por ter as contas de 2009 e 2010 rejeitadas e constar uma representação criminal ao Ministério Público estadual contra ele. Geraldo teve contas rejeitadas em 2004 pelo TCM, mas foram aprovadas pela Câmara de Vereadores. Fernando Gomes teve todas as contas do último mandato (2005, 2006, 2007 e 2008) rejeitadas pelo tribunal.

CONFIRA LISTA COMPLETA AQUI

O tribunal informou que alguns gestores com contas rejeitadas no período de 2004 a 2011 conseguiram liminar judicial para excluir os respectivos nomes da lista, dentre eles está o ex-prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, que disputa o quarto mandato na Terra de Gabriela. Ele alega que suas contas, embora rejeitadas pelo TCM, foram aprovadas pela Câmara de Vereadores.

Confira alguns dos nomes do sul da Bahia que constam da lista:

Adailton Ramos Magalhães (Dai da Caixa), ex-prefeito de Ubatã
Agilson Muniz (sem partido), ex-prefeito de Ubatã
Adriano Clementino (PMDB), prefeito de Barro Preto
Alexandre Almeida (PMDB), prefeito de Ubaitaba
Alfredo Melo (PV), ex-presidente da Emasa-Itabuna
Alisson Mendonça (PT), vereador de Ilhéus
Antônio Costa, o Professor Costinha (sem partido), ex-presidente do Hblem
Antônio José do Prado, prefeito de Pau Brasil.
Antônio Mário Damasceno (PCdoB), prefeito de Itacaré
Capitão Azevedo (DEM), prefeito de Itabuna
Carlos Amilton Pereira, o Garrafão, ex-prefeito de Floresta Azul
Clóvis Loiola (PSDC), vereador e ex-presidente da Câmara de Itabuna
Dejair Birschner (PP), prefeito de Una
Dilson Argolo, o Dika (PTdoB), ex-prefeito de Uruçuca
Domingos Marques, Domingão (PSDB), prefeito de Aurelino Leal
Edvaldo Lima, o Galego (DEM), ex-prefeito de Itaju do Colônia
Edson Dantas (PSB), ex-presidente da Câmara de Itabuna
Geraldo Simões (PT), ex-prefeito de Itabuna e deputado federal
Isaías Mendes, ex-presidente da Emasa-Itabuna
Jailson Nascimento (PMN), vereador e ex-presidente da Câmara de Ilhéus
Jarbas Barbosa (PSB), ex-prefeito de Itacaré
Jeová Nunes (PT), prefeito de São José da Vitória
Joaquim Gally Galvão, o Gima (PR), ex-prefeito de Coaraci
José Bispo dos Santos, o Zé Pretinho (PDT), ex-prefeito de Una
José Mendonça (PP), vereador e ex-prefeito de Ipiaú
Maria José da Gama, ex-presidente da Fundação Marimbeta
Marcos Dantas (PP), prefeito de Itajuípe
Mardes Monteiro (PT), prefeito de Buerarema
Moacir Leite Júnior (PP), prefeito de Uruçuca
Newton Lima (PT), prefeito de Ilhéus
Orlando Filho (PRTB), ex-prefeito de Buerarema
Pedro Jackson Brandão, Pedrão (PSB), ex-prefeito de Itapé

VANE GANHA APOIO DO PSD E MAIS 2MIN DE TV

Tempo de leitura: < 1 minuto

O presidente do diretório itabunense do PSD, Delson Mesquita, afirmou, há pouco, ao PIMENTA que o partido fechou com a candidatura a prefeito de Vane do Renascer (PRB). A decisão foi tomada após avaliações do deputado Edson Pimenta e do vice-governador Otto Alencar, que optaram pelo prefeiturável.

O partido teve conversas nesta manhã com a petista Juçara Feitosa e com o próprio Vane. Delson Mesquita disse que a análise feita tanto pelo diretório local como pelo estadual apontou o candidato da Frente Partidária como o mais viável para bater o DEM e o prefeito Capitão Azevedo.

O apoio do PSD a Vane representará mais 4min04s diários de tempo de rádio e televisão no horário eleitoral. A chapa de Vane será composta por PRB, PSC, PCdoB, PV, PP, PPS e o PSD.

PROFESSORES QUEREM INTERMEDIAÇÃO DO MP EM NEGOCIAÇÕES COM GOVERNO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Professores da rede estadual, em greve há 86 dias, protestaram em frente ao Ministério Público do Estado, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), nesta quinta-feira (5). A categoria pediu que o órgão intermediasse a negociação com o governo. Eles também questionam o contrato feito pelo governo sem licitação para os aulões do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem).

Pais e estudantes também participaram do movimento e criticaram as aulas para os alunos do 3º ano. “Só são realizadas aulas de cinco matérias. Como vamos nos formar com apenas cinco matérias?”, reclama o estudante Daniel da Silva.

Leia mais na edição online d´A Tarde

PROJETO DÁ A ALUNOS DE COOPERATIVAS EDUCACIONAIS DIREITO A BOLSAS DO PROUNI

Tempo de leitura: < 1 minuto

Miralva é presidente da Coopedi.

A Comissão de Educação do Senado Federal aprovou, na última terça, 3, projeto de lei que permitirá aos estudantes de cooperativas educacionais concorrer a bolsas do Programa Universidade para Todos (Prouni), do governo federal.

O Prouni oferece bolsas integrais ou parciais no ensino em faculdades particulares  a estudantes de escolas públicas ou bolsistas de colégios privados. Eles concorrem desde que participem e obtenham bom desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O projeto teve como relator o senador gaúcho Pedro Simon (PMDB).

O projeto que prevê a concessão de bolsas do Prouni a alunos de cooperativas ainda passará por votação na Câmara dos Deputados e depois será levado à sanção da presidente Dilma Rousseff. Atualmente, os estudantes de cooperativas educacionais são enquadrados como alunos de escolas privadas.

“O projeto é interessante demais porque até agora os alunos das cooperativas são penalizados, por serem considerados de escola privada”, afirma a presidente da Cooperativa Educacional de Itabuna (Coopedi), Miralva Moitinho.

A professora diz que as cooperativas devem receber igual tratamento das escolas públicas na concessão de bolsas do Prouni, pois são estabelecimentos que “não têm fins lucrativos”.

E ITABUNA, Ó…

Tempo de leitura: < 1 minuto

Porto Seguro ganha hoje uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) 24h, inaugurada pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha, e o secretário estadual da Saúde, Jorge Solla.

E quem perguntar pela UPA de Itabuna, prometida em 2009, saiba que a resposta é a mesma de tempos atrás: nada.

Não por acaso, Jorge Solla – e, por consequência, Jaques Wagner – não tem sido bem-vindo ao município sul-baiano.

 

Back To Top