skip to Main Content
23 de setembro de 2020 | 07:46 pm

E POR FALAR EM GREVE…

Tempo de leitura: < 1 minuto

Educadores e participantes do II Simpósio Baiano de Licenciaturas, realizado em Salvador, aprovaram moção de apoio aos professores baianos. O documento pediu que governo baiano e APLB-Sindicato busquem solução para o impasse que perdura há quase 90 dias.

A moção cita que a reivindicação dos educadores é justa e que a continuidade da greve faz com que todos percam. “A situação não requer transferência de responsabilidades ou busca de culpados entre os envolvidos, mas sim, de urgente solução para o problema, uma vez que todos são vítimas: professores, alunos, Estado, enfim toda a população baiana”.

Esta publicação possui 2 comentários
  1. Ao todo, já ultrapassou os 100 dias parados (considerando o período de Greve da PM, quando muitas escolas deixaram de funcionar). Então, como é possível recuperar esses período letivo se 50% já foi perdido?????????????

  2. coitado destes educandos que é obrigado a passa por estes tipos de licenciados, que vivem nas sobras do medo do conformismo,do que é dando que se recebe que à educação é de grassa e que nós pais e mães, eleitores é que somos os culpados pelos maus políticos daqui à polco vão dizer que nós é que somos os culpados desta infame greve .

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top