skip to Main Content
31 de outubro de 2020 | 10:35 am

REBU NA EMBASA EM FEIRA

Tempo de leitura: < 1 minuto

A Embasa deve abrir investigação, nos próximos dias, contra um funcionário que mantém no ar um site de agenciamento de garotas de programa. A página na internet chama-se Elite Privê e foi registrada seis meses depois da admissão do assistente em informática na empresa estatal de saneamento. Traz garotas da capital baiana e de Feira de Santana.

Este post tem um comentário
  1. É ilícito manter um site de agenciamento de garotas de programa?

    Da Redação: O ilícito encontra-se no fato dele ser funcionário público.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top