skip to Main Content
8 de março de 2021 | 10:12 am

BUERAREMA: JUSTIÇA COMEÇA A OUVIR ACUSADOS DE COMPRA DE VOTOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Orlando: investigado pela PF.

A Justiça começou a ouvir nesta segunda, 16, personagens envolvidos na compra de votos nas eleições de 2010 em Buerarema, no sul da Bahia. O ex-prefeito Orlando Filho, ex-secretários, vereadores e um ex-vereador serão ouvidos no caso (veja aqui).

No dia da eleição, em 3 de outubro de 2010, foram presos o então secretário de Administração e Finanças do governo local, Eribaldo Lima, além dos ex-secretários  Paulo Reis e Gilberto Magno de Lima, o Maru. A polícia apreendeu R$ 100 mil em dinheiro com os acusados de compras de voto.

Já no dia 9 de dezembro do mesmo ano, a Polícia Federal deteve o ex-prefeito Orlando Filho e os vereadores Roque Borges e Marlúcia Guirra. O grupo era acusado de comandar compra de votos para deputados e ex-deputados, a exemplo de Cláudia Oliveira (PTdoB), Jutahy Júnior (PSDB), Benito Gama (PTB) e Heraldo Rocha (PSDB).

Esta publicação possui 5 comentários
  1. A prática da compra de votos é a grande responsával pela perpetuação dos maus no poder. Surpreendente é o Deputado Juthay mergulhado nessa maracutária.Se o Gal.Juracy fosse vivo morreria de vergonha.

  2. E esses pilantras ainda são candidatos novamente, vota povo besta , abestalhado, otários de macuco, um dia , quem sabe daqui a cem anos vocês vão saber votar .

  3. E esses mesmos caras de pau estão querendo novamente enganar a comunidade de Buerarema. Fora ORLANDO FILHO!!! “ACORDA BUERAREMA”

  4. Agora sim… a justiça tarda mais nao falha… todos que desacatam a mora e a etica tem q ser punido….parabens a justiça e a policia federal…

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top