skip to Main Content
23 de novembro de 2020 | 03:43 pm

JABES DEFINE EQUIPE DE TRANSIÇÃO

Tempo de leitura: < 1 minuto

O prefeito eleito de Ilhéus, Jabes Ribeiro (PP), definiu os nomes da sua equipe de transição. A equipe será responsável pelo levantamento de informações do governo a fim de facilitar o processo de mudança de governo.

Os nomes anunciados, oficialmente, pelo prefeito eleito são o ex-reitor da Universidade Estadual de Santa Cruz, Joaquim Bastos, o procurador federal Israel Nunes, Isaac Albagli (presidente da Bahia Pesca), o consultor Carlos Mascarenhas, Vladimir Hughes, John Ribeiro (irmão de Jabes e diretor do escritório local da Bahia Pesca), Victor Veiga e Marcos Paulo Azevedo.

Abaixo, confira entrevista exclusiva concedida pelo prefeito eleito ao PIMENTA. Ele diz que seu secretariado terá perfil técnico, “mas com sensibilidade política” e que não haverá “loteamento de cargos”.

Esta publicação possui 2 comentários
  1. A sociedade Ilheense não tolera mais o descaso por parte do poder publico municipal em nossa cidade. Parece que os recursos do municipio caem num sumidouro sem fim, pois nem os serviços essenciais como uma misera merenda escolar estão sendo repassados. Deus ilumine o prefeito eleito, o Sr. Jabes Ribeiro, para que tenha a lucidez necessária ao convocar seu secretariado. Ja tem nomes cotados que não tem credibilidade com o povo, isso é pessimo. Esperamos que Jabes, reescreva seu nome na historia de Ilhéus de forma positiva e que deixe um legado honrado . Ultimanente nossa prefeitura virou objeto de enriquecimento ilícito com manobras fraudulentas, licitações falsas com laranjas e orçamentos falsos com percentuais acima do razoável. Ilhéus ja é caso de uma intervenção federal, é um absurdo o que estamos assistindo de forma impotente, sem reação por parte da sociedade. O que esperamos do Jabes, no seu quarto mandato, é que faça uma administração voltada pra Ilhéus e que ao deixar a prefeitura, ele seja lembrado de forma positivva e honrada, ao contrario do que vem acontecendo nos ultimos mandatos. Apesar de não ter votado no Jabes, por motivos obvios da sua ultima adiminstração, não torcerei jamais pelo insucesso da sua gestão, pois quem seria o grande prejudicado, é o povo de Ilhéus. Weldon Hagge (filosofo)

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top