skip to Main Content
4 de abril de 2020 | 06:32 pm

JUIZ SUSPEITA DE QUE ITABUNA FAÇA PARTE DA ROTA DO TRÁFICO DE CRIANÇAS

Tempo de leitura: 2 minutos

Mãe das crianças levadas de Monte Santo chora em depoimento à CPI

O juiz substituto da Vara Crime de Monte Santo, Luiz Roberto Cappio, manifestou nesta terça-feira, 30, a suspeita de que Itabuna esteja na rota do tráfico de crianças. Cappio está diretamente envolvido nas investigações de irregularidade nos processos de adoção de cinco menores de Monte Santo, caso que levou à prorrogação dos trabalhos da CPI do Tráfico de Pessoas.

A referência a Itabuna como rota do tráfico de seres humanos remete à década de 90, quando de fato houve denúncias de que crianças da cidade eram adotadas ilegalmente, com o envolvimento de agentes do judiciário. O juiz Luiz Roberto Cappio acredita que representantes deste poder continuem inseridos na atividade criminosa. “Suspeito que haja conivência de magistrados, agentes de saúde, e que a prática envolve outros estados, como São Paulo e Rio Grande do Sul”, afirma.

Nesta terça, os deputados integrantes da CPI ouviram em Brasília o juiz substituto, o promotor Luciano Tacques Ghignone, a advogada Isabella da Costa Pinto, do Centro de Defesa da Criança e do Adolescente Yves de Roussan (Cedeca), e Silvânia da Silva, mãe das cinco crianças que foram retiradas da família e levadas para São Paulo.

Silvânia contou à CPI que não recebera qualquer informação sobre o processo de perda da guarda. Segundo ela, os representantes do Conselho Tutelar apareceram na porta de sua casa, afirmando que ordem judicial para levar as crianças. O juiz Vítor Bizerra, que respondia pela comarca de de Monte Santo à época do processo, foi intimado, mas não compareceu à CPI. Com informações do jornal A Tarde.

Esta publicação possui 3 comentários
  1. tem que analisar supostas denuncias de conselhos tutelar justamente para nao ficar brechas ai eles assim atacam muito cuidado mesmo ficam de olho nas crianças e começam a criar denuncias ate que emfim agora se tem juiz no meio o que faz?

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top