skip to Main Content
20 de fevereiro de 2020 | 07:42 pm

CONFUSÃO SINDICAL DEIXA TRABALHADOR A PÉ

Tempo de leitura: < 1 minuto

Ônibus parados, trabalhadores e estudantes a pé – esse foi o cenário hoje em Ilhéus (foto Blog Rumas)

Um verdadeiro rebu envolvendo a disputa pelo comando do Sindicato dos Rodoviários de Ilhéus deixou grande parte da população da cidade a pé nesta segunda-feira, 12. O motivo foi um protesto coordenado por integrantes de uma chapa que não conseguiu participar da eleição da entidade, ocorrida hoje.

Apesar de contar com apoio maciço da categoria, a chapa 3 foi alvo de uma operação que teria sido articulada pelas empresas do setor de transporte coletivo. A estratégia utilizada foi incentivar a renúncia do próprio candidato a presidente pela chapa, que desistiu de participar da eleição alegando manipulação política no grupo, que tem por trás o vereador Jailson Nascimento (PMN) e o sindicalista e ex-candidato a deputado federal Bebeto (PSB). As outras duas chapas que disputaram o pleito são ligadas à União Geral dos Trabalhadores e à Força Sindical.

Quem acabou sofrendo as consequências dessa briga foi o usuário do transporte, já que os membros da chapa 3 articularam uma paralisação geral do serviço. Nas ruas, o que se via eram filas de ônibus parados, trabalhadores e estudantes a pé e muita confusão no trânsito. Com informações do blog Rumas.

Esta publicação possui 6 comentários
  1. Esta atitude tem nome baderna. Infelmente vivemos em um país sem lei e sem ordem, se as leis deste país fossem compridas boa parte destes baderneiros estavam na cadeia. Porque uma ruma de pelego paralisar uma cidade irresponsavelmente por causa de uma disputa de eleição de sindicato e nada acontecer, infelizmente vivemos em um país sem lei. Isso é uma prova para a população ficar atenta quando acontecer as greves e saber quem está por trás de tudo.

  2. bando de vagabundos, passando pelo centro de Ilheus, o que se pode ver são diversos onibus com pneu furado ou esvaziado, atrapalhando o transito e deixando diversas pessoas a pé. Caso de policia, cade nossos direitos de ir e vir, mas país de impunidade é isso aí infelizmente, me envergonho desta impunidade. Voce gerar prejuizo alheio é caso de roubo, depredação de patrimonio, cadeia nesses vandalos.

  3. Isto é uma tremenda palhaçada entre sindicalistas corruptos que brigam penas pelo poder de se corromperem. Veja o absurdo: problema entre diretores e o povo paga pela passagem e pela bandidagem. faça uma idéia se cada vez que um sindicato tiver um problema interno ter que paralisar uma categoria… para onde estamos indo ?Creio que estamos vivendo em todas as qreas uma democracia excessiva, que nos levará ao caos. Aguardem!

  4. Isso é o absurdo do absurdo. Esses trogloditas brigam entre eles e o cidadão é que tem que pagar por essa bandalheira. Se vivessemos num país sério, esses moleques iriam para a cadeia, eles adoram infernizar a vida do cidadão que não tem nada a ver com isso.

  5. Na nota existe erros. As duas chapas que ficaram ( 1 e 2) são da UGT. E a chapa 3 é da força sindical. A paralisação foi geral, e a chapa 3 tem total apoio dos rodoviários. Veja os fatos do dia de ontem no Blog Agravo ( http://www.agravo.blog.br , que cobriu de perto da confusão.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top