skip to Main Content
27 de janeiro de 2021 | 04:23 pm

A DIFÍCIL MISSÃO DE ACABAR COM UMA MAMATA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O deputado federal Afonso Florence (PT/BA) é relator do Projeto de Decreto Legislativo que extingue o 14º e o 15º salários na Câmara. A proposta tramita na Comissão de Finanças e Tributação e tem enfrentado vários obstáculos para se viabilizar.

O relatório de Florence, favorável à extinção do benefício, ficou pronto em julho, quando as sucessões municipais mobilizaram grande parte dos deputados e esvaziaram a Câmara. Depois, as sessões extraordinárias do plenário esvaziaram a Comissão de Finanças.

A matéria estava na pauta desta semana, mas foi retirada. O relator acabou conseguindo agendar a votação na CFD para o próximo dia 28.

Se passar na Comissão de Finanças, a proposta irá ainda para a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), será discutida pelo Colégio de Líderes e finalmente, aos trancos e barrancos e com muita dificuldade, poderá chegar ao plenário.

Esta publicação possui 3 comentários
  1. Façam as contas e vejam a quantas vão nossos prejuízos com esses vampiros. É por isso que eles não mostram as contas do FUNDEB. Quando Joaquim chegar neles, todos vão ficar com cara de anjinho mal lavados… Está na hora de uama campanha nos moldes da Ficha limpa exigindo que o patrimônio deles tenham crescimento igual ao dos trabalhadores. Nós vamos viver para ver isso.

  2. EM PAPAI NOEL ACREDITA QUEM QUER, A REALIDADE É ESSA:

    As conclusões da CPI do Cachoeira elaboradas sob a ótica da tropa governista, representada por um relator designado pelo PT, acabaram saindo bem pior que a encomenda.

    Enquanto a expectativa era a de que o relatório fosse apenas uma peça de ficção montada para proteger a construtora Delta e seus contratantes governamentais, tratava-se de patrocínio à impunidade.

    Passaram ao terreno do espetáculo burlesco com o pedido de indiciamento de um grupo de jornalistas e a solicitação ao Ministério Público para abertura de investigação sobre a conduta do procurador-geral da República, Roberto Gurgel.

    http://oglobo.globo.com/pais/noblat/posts/2012/11/22/a-farsa-da-comissao-por-dora-kramer-476003.asp

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top