skip to Main Content
27 de fevereiro de 2020 | 11:23 am

XULA SAI DO PT E CRITICA PROJETO FAMILIAR DE GERALDO SIMÕES

Tempo de leitura: 2 minutos

Xula critica projeto familiar de GS.

O ex-candidato a vereador Ricardo Xula desfiliou-se do PT disparando críticas ao projeto “familiar” do deputado federal Geraldo Simões. “Não tenho como ficar em um partido em que só uma família domina”.

A carta de desfiliação foi entregue na última sexta, 23, momentos antes do almoço de aniversário de Geraldo. “Fiz questão de entregar a carta naquele momento, pois ele só trabalhou contra mim, contra a minha candidatura [a vereador]”. Só hoje o ex-candidato decidiu falar.

Técnico em radiologia, Ricardo Xula fundou o núcleo do PT no Jardim Primavera, do qual era presidente, e também integrou a diretoria do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde de Itabuna e Região (Sintesi). Segundo Xula, cerca de 50 pessoas ligadas a ele deixarão o partido.

Xula diz que a insistência de Geraldo com o projeto familiar resultou em derrota eleitoral “pior do que da outra vez”, numa referência às derrotas petistas em 2008, quando Juçara Simões teve pouco mais de 40 mil votos, e em 2012, quando acabou em terceiro lugar e obtendo 16 mil votos.

O agora ex-petista disse não ter decidido ainda o seu destino político-partidário, mas irá apoiar quem possa “bater de frente com Geraldo Simões” no campo progressista. Xula diz que as perseguições à sua candidatura começaram quando parte do grupo decidiu apoiar a eleição de Vane do Renascer.

Xula não acredita em mudança na direção do PT itabunense no processo eleitoral de 2013. Juçara é a candidata de Geraldo para a presidência do partido. O ex-petista diz que o grupo que retornou ao partido não terá força para enfrentar o grupo geraldista. “Geraldo, oferecendo horrores, filiou três vezes mais pessoas que os outros grupos”.

COLUNISTA FAZ DEFESA DE “BEST-SELLERS”

Tempo de leitura: < 1 minuto

Na contramão da crítica literária convencional (que costuma torcer o nariz a todo autor que vende muito), o colunista Ousarme Citoaian, do UNIVERSO PARALELO, disse nada ter contra os “best-sellers”. Ele destacou, entre estes, Os sete minutos, de Irving Wallace (grande êxito de vendas nos anos setenta), tratando da liberdade de expressão, em torno de um livro proibido por ser obsceno.

Para O. C., ninguém tem de prender-se à lista oficial dos críticos (da mesma forma com a lista dosmais vendidos), mas permitir-se o prazer da própria descoberta. Ao Pimenta, o colunista disse já ter lido “quase tudo” de Agatha Cristie, muito Connan Doyle (Sherlock Holmes), Raymond Chander, Ross Macdonnald e outros. “Nem só de Hemingway, Sthendal, Guimarães Rosa, Dostoiévski e Machado de Assis se faz o prazer da leitura”, brincou.

Para ver a coluna desta semana e o inteiro teor do comentário, clique aqui.

O PAINEL DE DINHO GÁS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Dinho Gás: painel eletrônico.

Relata o Blog do Gusmão que o presidente da Câmara de Vereadores de Ilhéus, Dinho Gás, resolveu abrir licitação para comprar painel eletrônico para as votações no plenário da casa legislativa.

O presidente da Câmara é criticado pela aquisição do painel eletrônico no “apagar das luzes” do seu mandato. A estimativa é de que a instalação do painel eletrônico custe, aproximadamente, R$ 200 mil.

Nas redes sociais, a aquisição em final de mandato é vista com desconfiança pelos internautas. O Regimento Interno da Casa, segundo especialistas, também terá que ser modificado para que o painel tenha alguma serventia.

DIRETOR SEM SALÁRIO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Mais uma revelação preocupante do diretor da Vigilância à Saúde de Itabuna, Florentino Souza Filho, feita hoje à tarde na Câmara de Vereadores (ver nota abaixo). Servidores que atuavam no combate à dengue foram dispensados pelo prefeito Capitão Azevedo, o que compromete ainda mais o controle de focos.

O próprio Florentino está em uma situação peculiar na Prefeitura. Chegaram a lhe avisar que ele estaria demitido, mas não houve publicação nem comunicação oficial a respeito. Ainda assim, o diretor informou que está fora da folha de pagamento desde 30 de setembro.

Diante de tal quadro, vereadores decidiram fazer um encaminhamento ao Executivo, solicitando providências emergenciais para assegurar o combate à dengue.

SEGUNDO VEREADORA, QUEM GOVERNA ITABUNA ATÉ 31 DE DEZEMBRO É A DENGUE

Tempo de leitura: 2 minutos

Florentino (centro) expôs o caos nas ações de combate à dengue em Itabuna

A informação de que Itabuna possui hoje o maior índice de infestação de dengue do Brasil (veja aqui) coincidiu com a ida do diretor do Departamento de Vigilância à Saúde do município, Florentino Souza Filho, à Câmara de Vereadores. Ele compareceu à sede do legislativo nesta terça-feira, 27, a convite do vereador Paulo Luna (PSDB), e não se preocupou com floreios. O diretor da Vigilância confirmou que seu setor é prejudicado, entre outros fatores, pelo deslocamento de agentes de combate a endemias para outras funções, fato já denunciado pelo PIMENTA.

Durante a sessão, a vereadora Maria do Carmo Ferreira, a Carmem do Posto Médico (PR), fez um pronunciamento-desabafo que chamou atenção. Com 28 anos de trabalho na área da saúde, ela observou que Itabuna está entregue à sujeira, o que ajuda a proliferar diversas doenças, inclusive a dengue.

“Não é possível garantir a saúde da população com a cidade suja do jeito que está”, afirmou a vereadora, acusando prefeito e secretários de omissão. Segundo Carmem, “Itabuna não tem prefeito, quem governa até 31 de dezembro é a dengue”. Ela disse ainda, sem citar nomes, que  secretários municipais não estão preocupados com a situação, pois pensam apenas em “encher os bolsos”.

O pronunciamento surpreendeu alguns vereadores, pelo fato de Carmem do Posto Médico ser de um partido da base do prefeito. Porém, mesmo pertencendo ao PR, a vereadora tem demonstrado independência com relação ao governo, já tendo criticado a gestão de Azevedo em pelo menos outra sessão.

ILHÉUS: FUNCIONÁRIOS DO HOSPITAL SÃO JOSÉ ENTRAM EM GREVE NESTA QUARTA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Funcionários do Hospital São José entram em greve amanhã.

Os funcionários do Hospital São José, administrado pela Santa Casa de Misericórdia de Ilhéus, deflagrarão greve a partir das 6 horas desta quarta-feira, 28, em protesto contra o atraso de salários. A instituição ainda não pagou os salários de setembro e outubro.

João Santana, dirigente do Sindicato dos Servidores da Saúde de Itabuna e Região (Sintesi), diz que a direção da Santa Casa ainda não informou quando deve começar a quitar os atrasados. O Hospital São José possui, aproximadamente, 300 funcionários.

João mostra-se preocupado com a situação dos funcionários porque, segundo ele, os salários dos dois outros meses não foram pagos e novembro já está no final.

NOVELA REPETIDA NO COMÉRCIO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Comerciários e lojistas de Itabuna voltam a travar um cabo de guerra ao som de canções de Natal.

Como a proximidade dos festejos de fim de ano coincide com as discussões em torno da campanha salarial dos trabalhadores, a necessidade de ampliação do funcionamento do comércio vira moeda na barganha.

Os comerciários reivindicam reajuste salarial de 12%, enquanto o segmento patronal oferece pouco mais da metade: 6,6%. As negociações estão travadas.

Fala o presidente do sindicato, Gilson Costa: “sem assinatura da Convenção Coletiva, o comércio, assim como as lojas do shopping e as do São Caetano, fica impedido de funcionar em horários especiais e no período natalino”.

O filme é repetido. No final, as partes se acertam e as lojas abrem em horário diferenciado no mês de dezembro. É assim todos os anos.

ITABUNA É TETRACAMPEÃO NACIONAL EM INFESTAÇÃO DE DENGUE

Tempo de leitura: 2 minutos

ÍNDICE É QUASE O DOBRO DE 2009, ANO EM QUE
MUNICÍPIO REGISTROU 15 MIL CASOS E 14 MORTES

Itabuna tornou-se tetracampeão nacional em infestação de dengue, de acordo com os números divulgados pelo Ministério da Saúde nesta terça, 27. O Levantamento de Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa) feito em outubro último revelou que 18,4% dos lares itabunenses têm criadouros do mosquito da dengue.

Itabuna está na lista dos 77 municípios brasileiros que correm risco de surto epidêmico da doença. A última vez em que o município sul-baiano liderou em infestação de dengue foi em 2009 (relembre aqui), quando foi detectada presença de criadouros do mosquito da dengue em 10,7% das casas pesquisadas.

Ilhéus também está na lista do risco de surto, mas com índice de infestação bem menor, equivalente a quase um terço (6,7%) do percentual registrado em Itabuna. São 21 os municípios baianos classificados como em situação de risco, dentre eles Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador.

O PIMENTA elaborou o ranking dos piores municípios brasileiros a partir do cruzamento de dados do Ministério da Saúde. Emas (PB) é vice-campeão em infestação predial de dengue. Além de Itabuna, outro município da Bahia faz parte da lista de campeões da dengue: Cafarnaum, com 12,1% é o quarto da lista, junto com Campo Redondo (RN).

Itabuna voltou a figurar com destaque na lista devido a diversas falhas técnicas no combate ao mosquito da dengue e, conforme denúncias, promover o desvio de função de vários agentes de combate à doença. O cenário para o verão é preocupante.

OS 6 PIORES DO PAÍS

Itabuna (BA) – 18,4%
Emas (PB) – 14,1%
Calumbi (PE) – 12,4%
Campo Redondo (RN) – 12,1%
Cafarnaum (BA) – 12,1%
Silvanópolis (TO) – 11,3%

QUEM NÃO REAGE, RASTEJA

Tempo de leitura: 2 minutos

Luiz Carlos Jr. | lcjr65@hotmail.com

Acho lamentável e estéril essa discussão sobre o termo Vadia. Compreendo o conceito do movimento e fecho com ele, porque não aceito a culpabilização da mulher que é vítima de violência seja ela puta, vadia, piriguete ou carola (aqui sim uma inversão de valores). Parabéns, Glória, pelo desabafo.

Acho estranho as pessoas se preocuparem tanto com o nome desse movimento. É apenas um grupo de mulheres e homens (um Salve para Aquilino Paiva, Marcelo Lins, Ilton Cândido, Victor Aziz, Valmir do Carmo, Marcelo Sena e muitos outros que não lembro os nomes) bradando contra a violência de gênero. A Marcha das Vadias não se arvora a ser a única e exclusiva representante da mulherada.

E aí uma pergunta urge: por que as pessoas que não concordam com o recorte do movimento não saem da frente da tela do computador e organizam um movimento mais amplo, que dignifique a família brasileira? Por que não tiram seus traseiros gordos e/ou magros da poltrona e vão para as ruas protestar?

Cadê a União Brasileira de Mulheres? O que faz o Conselho Municipal de Mulheres? Por que a Soledade e o Felipe Camarão Escaldado (na História, Felipe Camarão foi um índio que se converteu ao cristianismo e virou monarquista. Acho oportuno…) não organizam a tal Marcha das Marias?

Deixem quem quer ser vadia ou quer vadiar em paz e toma alguma providência na vida! Vamos mudar essa realidade perversa que vitima milhares de mulheres todos os anos, cada um a sua maneira.

Luiz Carlos Jr. é jornalista.

AZEVEDO E AS CONTAS

Tempo de leitura: < 1 minuto

O prefeito Capitão Azevedo (DEM) se movimenta para ter suas contas de 2009 aprovadas pela “Câmara dos Suplentes”. Pelas contas de bastidores ele teria os nove votos necessários, mas não quer se arriscar e tem chamado cada um dos “aliados” para conferir o terreno e “sensibilizá-los”.

Um dos vereadores suplentes sentou-se à mesa com o capitão. Eis a transcrição literal de parte da conversa entre ambos, narrada pelo vereador.

– Conto com seu voto pra aprovar minhas contas…

– O senhor está preparado para gastar dinheiro com advogados?

– Que dinheiro? Minhas contas estão bloqueadas. E eu não tenho dinheiro pra gastar com advogados.

– Como não tem dinheiro? Tem secretários seus que entraram no governo pobres e hoje fazem questão de mostrar que estão ricos. Não é por isso que o senhor está com problemas na Justiça?

A resposta do prefeito ao vereador, que promete votar pela reprovação das contas, foi um estrondoso silêncio.

Back To Top