skip to Main Content
31 de outubro de 2020 | 12:42 am

GOVERNO DA PERSEGUIÇÃO?

Tempo de leitura: < 1 minuto

Parece que o quarto mandato de Jabes Ribeiro como prefeito de Ilhéus vai começar já com uma marca, a perseguição contra a imprensa. Pelo menos, é o que se pode deduzir a partir de nota publicada no Blog do Gusmão.

Uma das vítimas da marca do governo que ainda não começou é o jornalista Maurício Maron, do Jornal Bahia Online. E a mentora da tática seria Adriana Ribeiro, esposa de Jabe, segundo o Blog do Gusmão, que informa ter Adriana passado a rejeitar o respeitado profissional e dirigente da Associação Bahiana de Imprensa (ABI) em Ilhéus num nível em que nem Isaac Albagli teria como interferir.

Resta a Adriana posicionar-se publicamente sobre a futura “indústria da malvadeza”, se verdadeira ou apenas mais uma da rede de intrigas do poder na Terra de Gabriela…

Esta publicação possui 8 comentários
  1. Mais uma vez, tenta-se criar fatos ou dá um destaque maior em alguns deles, com o intuito apenas de criar um clima desagradável, e até tumultuar as articulações de Jabes com as suas bases de apoio, para formação da sua equipe.

    O bom relacionamento com a imprensa é fundamental.

    Quem conhece bem o estilo de Jabes, mesmo os que são seus adversários, sabe que uma das suas marcas é o bom relacionamento com a imprensa.

    As tentativas de criar historias e plantar factoides na imprensa, com o intuito de ser tratado como o “Filho Prodigo”, não funcionará.

    As afirmações feitas envolvendo o nome da futura Primeira Dama, mesmo que tenham algum sentido, primeiramente são venenosas.

    .

  2. Comerçou antes da posses dos quatros anos que virão, vai ser anos de chumbo, triste Ilhéus, ressuscitou o passado de perseguição e peversidade.

  3. Conheço Adriana, e creio que isso é reportagem plantada de bisbilhoteiros de plantão, coisa de gente que não tem o que fazer, ou se tem o que fazer prefere trabalhar com armas vis e baixas.Baixaria de quem perdeu a eleição e até hoje não se conforma.

  4. Ahahahah isso não é novidade nenhuma. O JR volta com a corda toda, com gosto de perseguição. Aquele sorriso amarelo na campanha vai pra sensibilizar os bestas.Ele não é nada daquilo, ele não mudou, apesar de passar por oito anos de humilhação, mas volta com sede de vingança.

  5. Jabes nunca gostou de opiniões contrárias ás dele. A sua soberba não lhe permiti isso. Todos que estão ao seu lado são pianinhos. Isaac mesmo só mostra força com os outros, na frente dele é um cordeirinho. E o grupo sempre foi assim, não seria agora que iria mudar.

  6. Limites também existem para a atuação dos blogs e dos blogueiros. Eles não estão acima da lei, da ordem e da decência. Inventar estórias com a Sra. Adriana é de uma infelicidade e de uma falta de respeito que beira a estupidês.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top