skip to Main Content
23 de junho de 2021 | 01:47 am

INSS NÃO É RECOLHIDO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Há mais um caso esquisito a merecer atenção do Ministério Público na Prefeitura de Itabuna. Servidores se queixam de que a parcela do INSS descontada em seus contracheques não  é repassada para a Previdência. Não bastasse incorrer em apropriação indébita, a gestão municipal ainda compromete a aposentadoria do funcionário, além do requerimento de outros benefícios, como o auxílio-doença.

A atriz Eva Lima, que atuou na Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (Ficc), tomou um susto quando solicitou um extrato da Previdência. Apesar do desconto das parcelas em seu contracheque até setembro de 2012, o recolhimento dos valores ao INSS só ocorreu até julho de 2011.

Estranho, não?

Esta publicação possui 6 comentários
  1. Seu Pimenta!
    Vai lá na FICC agora e veja se ta funcionando, passei por lá e parece até um enterro com aquelas cruzes estampadas na Porta, três cruzes da paixão de Cristo,uma pra cada um, só faltou ta pendurada nelas o Vereador, a presidente e o Diretor financeiro. E sem falar na Praça do lixão em frente.

  2. Manda agora esses vereadores desalmados, (que receberam votos -de confiança – de gente de bem, diga-se de passagem), manda que eles aprovem as contas desse gestor sem corção – enganador!!!!

  3. todo mundo sabe disso menos o MP, porque com tantas falcatruas vieram ocorrendo durante o governo de Azevedo,inclusive contas rejeitadas, e denuncias dos funcionários e não tomaram providências, agora é tarde.É hora da limpeza dos bolsos dos pobres coitados que precisam dos salarios para comer.Os estagiarios estão sem receberem até hoje.

  4. A galera dessa última gestão deve ter feito MBA em 171 com a Máfia Siciliana. São muito competentes, mas para afanar o dinheiro público e, de quebra, levar uns trocados dos servidores. E dá para acreditar que mais de 40 mil eleitores queriam esse prefeito para mais um mandato? A cidade sumiria numa cratera formada pela reunião de todos os buracos que existem nela (e parecem rir de nossa cara), inclusive os rombos/buracos financeiros. Se duvidarmos, eles ganham o Nobel de Economia, porque fraudaram o erário em quatro anos e ninguém fez nada. Isso é um feito, caro eleitores e cidadãos. Merece prêmio, já que vivemos num país de fábulas. Seria apenas mais uma.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top