skip to Main Content
4 de abril de 2020 | 01:48 am

NUVEM DE POEIRA

Tempo de leitura: 2 minutos

sócrates santanaSócrates Santana | soulsocrates@gmail.com

É como narra o escritor José Saramago no antológico O evangelho segundo Jesus Cristo sobre o maniqueísmo cristão: “Este bem que eu sou não existiria sem esse mal que tu és”.

A metáfora – nuvem de poeira – do governador Jaques Wagner levanta do subterrâneo da política, crônicas de uma guerra particular entre tucanos e petistas. A verborragia de dos dois ex-presidentes, FHC e Lula, reaparece de maneira extenuante com o paulatino crescimento de novas forças e alianças de poder no Brasil. A ascensão do PSD de Gilberto Kassab, bem como o despontar do PSB de Eduardo Campos e o prelúdio de uma rebelião peemedebista orquestrada de dentro do Palácio da Alvorada, reposiciona os mísseis de petistas e tucanos contra si.

A dicotomia entre PSDB e PT vem sendo corroída ao longo dos anos. O próprio jogo sucessório, a repetição dos discursos e a assustadora convergência de interesses entre personagens antes inconciliáveis, a exemplo de ACM e FHC, Paulo Maluf e Lula, diminuiu a distinção ética entre os dois partidos pelo próprio curso da história de quem governa e de quem faz oposição. Ora, é obvio que as diferenças continuam vivas, mas, o esforço argumentativo para estabelecer o antagonismo entre ambos vem sendo o grande desafio das agências de publicidade.

Apesar do freqüente enfoque negativo da opinião publicada, ainda resta aos petistas à vantagem de quem dirige o país. De quem pode cartear, impor regras e criar artifícios para enfraquecer o principal oponente, mas, nunca eliminá-lo. É como narra o escritor José Saramago no antológico O evangelho segundo Jesus Cristo sobre o maniqueísmo cristão: “Este bem que eu sou não existiria sem esse mal que tu és”.

O outro lado da moeda, obviamente, é tucano. Com a permissividade petista, Aécio Neves é inflado a lançar candidatura à presidência. É evidente que os efeitos colaterais são inevitáveis. O arsenal do PSDB vem acompanhado de uma avalanche de ataques e, inclusive, demarcações de projetos e interesses, a exemplo do embate sobre a redução das taxas de energia elétrica no país.

Enclausurados no ninho paulista por uma década, o PSDB insurge de um empoeirado cômodo carioca. O mistério dos bastidores é assistido pela alta cúpula do PT, sem perder de vista a articulação movediça de aliados, cada vez menos confiáveis, cada vez mais arredios. A guerra fria entre PT e PSDB, portanto, interessa a ambos os lados.

Este post tem um comentário
  1. O INTERESSE É DE MILHÕES DE BRASILEIRO,PT, PROUNI,BOLSA ESCOLA,BOLSA FAMÍLIA,BRASIL CARINHOSO,AGRICULTURA FAMILIAR,PISO SALARIAL DOS PROFESSORES,PAGAMENTO DA DIVIDA EXTERNA,HOJE O FMI NEM PISA MAIS NO BRASIL,SOMOS A 6 ECONOMIA MUNDIAL,SALARIO MINIMO,ERA 74 DÓLARES,HOJE 354 DÓLARES,HOJE OS AEROPORTOS ANDAM CHEIOS,POR QUE MAIS BRASILEIROS TEM CONDIÇÕES VIAJAR DE AVIÃO,MINHA CASA MINHA VIDA,32 REAIS,14 MILHÕES DE EMPREGO ATÉ AGORA, MAIS 20 UNIVERSIDADES FEDERAIS,MAIS BRASILEIROS PODENDO ANDAR DE CARRO,POBRES SE FORMANDO EM MEDICINA,DIREITO, ENGENHEIROS,O BRASIL É OUTRO,ATÉ EUROPEUS ESTÃO VINDO TRABALHAR NO BRASIL,LOGO, ESSE DEBATE É DE INTERESSES DE TODOS OS BRASILEIROS QUE VIU AS SUAS VIDAS MUDAREM.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top